SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 07 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nesta quarta-feira, 18, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Muitos candidatos se antecipam e preenchem as vagas por meio do site Mais Emprego.

Por esse motivo, acontece do pretendente ir até o SAC e não encontrar a oportunidade anunciada pelo Blog do Gusmão.

Recomendamos aos candidatos que se cadastrem no site quando forem a uma agência do SineBahia.

GERENTE DE ESTOQUE

Superior completo em Administração, Logística ou Gestão de Estoque

Experiência em CTPS

01 VAGA 

AUXILIAR DE LABORATÓRIO

Curso técnico em Laboratório ou Enfermagem

Conhecimento em Informática

Experiência em CTPS

01 VAGA 

CONFEITEIRO

Ensino fundamental completo

Residir preferencialmente na zona Sul

Experiência em CTPS

01 VAGA 

(mais…)

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 35 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nesta quarta-feira, 18.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna (18.07)

AGENTE DE VENDAS DE SERVIÇOS (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Incompleto

Não necessita experiência

1 VAGA 

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Não exige escolaridade

Não necessita experiência

5 VAGAS 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

10 VAGAS

(mais…)

EX-PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO ILHEENSE DE SURF PROPÕE METAS PARA O ESPORTE

Dirceu Góes. Imagem: Blog do Anderson.

Em novo texto enviado ao Blog do Gusmão, o ex-presidente da Associação Ilheense de Surf, Dirceu Góes, expõe sua opinião sobre o esclarecimento da denúncia relacionada a um evento de surf em Olivença, que teria custado ao município R$ 197 mil.

O episódio foi devidamente explicado, não restando nada, a esse respeito, que possa desabonar a conduta do governo do prefeito Mario Alexandre.

No texto abaixo, Dirceu Góes, amante e entusiasta do surf, propõe metas para o esporte em Ilhéus.

Caro Emílio Gusmão,

O episódio do pagamento de R$197 mil pela Prefeitura de Ilhéus para um campeonato de surf que não houve serviu para destacar, na minha ótica, três pontos de vista e incentivar o debate sobre o assunto.

Primeiro, destaco o contrato fiduciário jornalístico do Blog do Gusmão com os seus leitores ao denunciar o patrocínio nebuloso e depois investiga-lo, por conta própria, ao ponto de detectar a amplitude da ordem de pagamento de nº 4381, para saber que bancou infraestrutura de atividades diversas. Essa é uma das facetas da responsabilidade social que se espera do jornalismo sério e comprometido com a verdade dos fatos.

Segundo, que o surf é um esporte praticado em Ilhéus ao longo dos últimos 44 anos e, por isso mesmo, muito querido de várias gerações que se divertiram e ainda se divertem nas ondas das praias do Norte, do Centro, do Sul e em Olivença. Na cidade há quem realmente ame o surf e saia em sua defesa todas as vezes em que se detecte qualquer ameaça à sua integridade. Nesse aspecto, em meu nome e no de Pauletty Campos reafirmamos o nosso compromisso com o esporte.

Terceiro, mostra-se urgente e necessário que a Secretaria de Turismo e Esportes do Município, associada à Secretaria de Comunicação, definam e divulguem qual a política de fomento aos esportes em Ilhéus. Com isso, vão possibilitar que as associações legalmente estabelecidas possam vir a contar com o apoio e parte do patrocínio garantidos pela prefeitura para a realização dos eventos esportivos programados por essas entidades.

Particularmente no que diz respeito ao surf, já passou da hora de um encontro em conjunto dos dirigentes da Associação Ilheense de Surf e da Associação de Surf de Olivença com os gestores municipais, em vista de promover competições que possam revelar novos atletas, movimentar o comércio e o turismo em nossas praias, além de projetar Ilhéus, mais uma vez, no cenário do surf brasileiro.

Atenciosamente,

Dirceu Góes.

AUDIÊNCIAS PÚBLICAS DISCUTEM AMPLIAÇÃO DO PARQUE NACIONAL DE ABROLHOS

Observação da baleia jubarte no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Imagem: Instituto Baleia Jubarte.

Do site O Eco.

O Presidente do ICMBio, Paulo Carneiro, afirmou nesta segunda-feira, 16, que as audiências públicas para discutir a ampliação do Parque Nacional Marinho de Abrolhos “estão previstas para ocorrer ainda neste segundo semestre de 2018”. O calendário de audiências públicas foi interrompido em maio de 2012. A declaração foi divulgada em matéria no site do ICMBio, após uma reunião entre Carneiro e o Presidente da Comissão Especial de Governança dos Oceanos da OAB-RJ, Leandro Mello Frota.

O órgão, responsável pela administração das unidades de conservação federais, afirma ainda que “a proposta de ampliação do Parque Nacional de Abrolhos segue normalmente e necessitando ainda de aprofundamentos quanto ao melhor entendimento quanto aos diferentes usos ocorrentes no território como um todo. Para tanto estão em processo de finalização estudos que visam sanar lacunas importantes neste sentido”.

Leia mais.

ROTA DO CHOCOLATE FORTALECE TURISMO E NEGÓCIOS

Fazenda Provisão, localizada à margem do Rio Almada, no distrito do Rio do Braço. Imagem: Secom/BA.

Além da produção de chocolate na região sul do estado, o turismo rural também se constitui numa alternativa para a economia. A conservação do meio ambiente garantida pelo cultivo do cacau, que necessita de sombras, e a exuberância da natureza são atrativos para turistas do Brasil e do Exterior.

Para consolidar o turismo rural, o Governo do Estado está implantado a Rota do Chocolate, o primeiro roteiro turístico temático da Bahia, que  abrange os municípios de Ilhéus e Uruçuca e a Rodovia Jorge Amado (Ilheus-Itabuna).

No roteiro, os turistas conhecerão a cultura do cacau e a produção do chocolate, por meio de visitas a fazendas de cacau com acervo histórico-arquitetônico, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental.

Prédio antigo, típico da elite do cacau, que persiste no distrito do Rio do Braço. Imagem: Secom/BA.

A Fazenda Yrerê, localizada às margens da rodovia Ilhéus-Itabuna, é um exemplo bem sucedido deste novo processo. A fazenda atrai cerca de 2.500 turistas por ano, que visitam áreas de produção de cacau, do cultivo à colheita, e também degustam o chocolate produzido na fazenda, além de outros produtos regionais, como doces e artesanatos. A Yrerê foi indicada pela Embratur como um dos melhores produtos do segmento turístico no país.

Com informações da Secom/Bahia.