DENÚNCIA CONTRA NOVO SECRETÁRIO DE SAÚDE NÃO FOI ADIANTE POR FALTA DE PROVAS

Geraldo Magela. Imagem: site Teixeira no Ar.

Na última sexta-feira, 20, o pretenso secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, entrou em contato com este blog para explicar uma denúncia contra ele e o ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo.

A acusação feita por procuradores da Prefeitura de Itabuna, durante o governo do sucessor de Azevedo, o ex-prefeito Vane do Renascer, trata sobre suposta improbidade administrativa. Azevedo e Magela (então secretário de saúde de Itabuna em 2014) teriam utilizado recursos do governo federal destinados à reforma de postos de saúde para quitar a folha de pagamento do funcionalismo.

No dia 13 de maio de 2014, o juiz federal Victor Passos Silva decidiu não acatar a denúncia por falta de provas. O município apelou e os autos foram remetidos para o Tribunal Regional Federal da Primeira Região. A sentença não foi alterada e o processo foi arquivado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *