DAVIDSON E CORONEL: MAIS UM ATENTADO À SIMBOLOGIA COMUNISTA

Foice e martelo espremidos por Coronel e Davidson. A realidade é muita dura para os sonhadores.

Por Emilio Gusmão.

Antes de ser definido como suplente do atual presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Ângelo Coronel, na disputa por uma vaga no Senado, o comunista Davidson Magalhães já namorava o PSD, partido considerado de direita, ou, de maneira mais compreensiva, de centro- direita.

O partido de Oto Alencar minou a senadora Lidice da Mata pelas beiradas e o primeiro passo foi um bem planejado processo de cooptação do PC do B da Bahia.

Como Davidson buscava manter-se na Câmara dos Deputados, Oto e Coronel lhe ofereceram alguns municípios governados pelo PSD, para que ele pudesse conquistar mais votos e saísse das urnas como titular da vaga, ao invés da suplência conquistada em 2014.

Ideologia às favas, Davidson iniciou pré-campanha em Ibicuí, Gongogi, Camacan e Ibirapitanga.

Dentre os partidos com representantes no Congresso Nacional, o PC do B é o mais rico simbolicamente. Traz consigo a foice, o martelo e toda uma história de lutas heroicas. É também uma cepa do velho partidão (PCB).

Mesmo que tenha defendido a ditadura do proletariado (um erro histórico revelado primeiramente pelo “Relatório Kruschev” em 1956, e destruído no desmoronamento do bloco soviético, em 1989), o Partido Comunista do Brasil tem um passado de grandes exemplos, constatado facilmente na abnegação de vários militantes que dedicaram suas vidas ao combate à iniquidade. Pedro Pomar e Maurício Grabois, fundadores do PC do B, foram assassinados no exercício da luta partidária.

Quem leu biografias de Luiz Carlos Prestes, Carlos Marighella e a autobiografia de Gregório Bezerra*, e ficou tocado pelos exemplos notáveis de obstinação, humildade, honestidade e coerência, pode ter dificuldades para aceitar o comportamento político de Davidson Magalhães, que apesar dos pesares, ainda se considera comunista.

Como presidente do PC do B da Bahia, Davidson ficou calado diante do alijamento da senadora Lídice da Mata da chapa do governador Rui Costa. Calou-se por já ter negociado com Oto e Coronel em seu benefício. O problema é do PSB? É claro que sim. Contudo, o silêncio é mais uma prova do afastamento do PC do B da “luta de classes” (lamentável para um partido comunista). Ignorou a expulsão de Lidice da chapa e aceitou a suplência de um político convencional e aristocrata.

Pode parecer bobagem a citação de referências históricas e ideológicas diante de uma realidade política clientelista e de fisiologismo. No caso em análise não é. O autor do texto não é comunista. Considera-se, apenas, um admirador de algumas personalidades do movimento, e, nesta análise, não consegue se desvincular da questão simbólica.

Por conta dela, Anita Leocádia, filha de Prestes, protestou em 2012 quando o PC do B tentou anular a cassação do mandato do “Cavaleiro da Esperança”, ocorrida no Senado Federal em 1948.

Anita Leocádia chamou o episodio de “oportunismo imoral”.

 

*Os três foram lideranças comunistas exemplares. Não pertenceram ao PC do B.

POLÍCIA MILITAR FORMA NOVOS SARGENTOS

Imagem: Alberto Coutinho (Secom/BA).

A cerimônia de formação de 181 sargentos da Polícia Militar da Bahia foi realizada na manhã dessa quarta-feira (26), na Vila Militar, no bairro do Bonfim, em Salvador. Os policiais participaram do curso de formação e aperfeiçoamento de praças, que teve duração de 45 dias. Outros 56 sargentos foram graduados em Feira de Santana e 19 em Ilhéus. Ao todo, a Polícia Militar eleva a patente de 256 policiais militares do estado.

O subcomandante geral da PM, coronel Antônio José Barbosa Reis, destacou que a formação representa o reconhecimento pelos serviços prestados por cada um dos sargentos. “É um reconhecimento da corporação para esses policiais que estão na carreira há muitos anos, e, agora, recebem uma nova formação”.

O curso realizado foi voltado para cabos que tiveram disciplinas de policiamento ostensivo geral, direitos humanos, direito militar aplicado, legislação, polícia comunitária, tiro policial, policiamento de trânsito , entre outro temas.

O comandante do curso de formação e aperfeiçoamento de praças, coronel Paulo Coutinho, explicou a contribuição do processo de aperfeiçoamento. “No curso é trabalhada a liderança, porque agora esses policiais passam a exercer a graduação de sargento, que representa o elo entre o comando e a tropa, que é fundamental para o exercício das atividade no dia a dia”.

Homenagem

Durante a cerimônia foi realizada uma homenagem ao sargento José Luiz da Hora, sequestrado e morto em junho deste ano, no bairro da Santa Cruz. José Luiz era cabo e integrava a turma de sargentos graduada nesta quarta-feira. A esposa do sargento, Eliana Eliza da Hora, esteve na cerimônia acompanhada por outros familiares para receber a honraria em memória do marido.

Da Secom/Bahia.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 34 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nesta sexta-feira, 26.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Não exige escolaridade

Não necessita experiência

5 VAGAS 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

10 VAGAS 

AUXILIAR EM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS

Ensino Médio Completo

Curso Técnico em laboratório ou Enfermagem

Experiência mínima de 6 meses na função

1 VAGA 

(mais…)

IGREJA NOSSA SENHORA DAS VITÓRIAS É REQUALIFICADA GRAÇAS À DETERMINAÇÃO DE UMA DEVOTA

Igreja Nossa Senhora das Vitórias. Imagem: site da Prefeitura de Ilhéus.

Texto do jornalista Jonildo Glória.

A Igreja estava repleta de fiéis e amigos. No final da missa a música executada por uma avó chorosa e as mensagens emocionavam a todos. Então, o padre, Paulo Brandão, presidente da celebração, convidou a mãe para o encerramento da solenidade religiosa. Todos esperavam palavras da saudade de uma infância e adolescência do filho a quem ela tanto ama e que há um ano foi para casa do Pai.

De fato, foram palavras de fé carregadas da coragem para desafiar a indiferença. Mônica Moura Costa convocou a todos para requalificar o santuário onde, como a maioria ali presente, viveu a criancice e adolesceu para se tornar uma adulta crida no que se vos foi dito “façam tudo o que Ele mandar”.

Portanto, uma das mais antigas igrejas do Brasil, Nossa Senhora das Vitórias, em Ilhéus, vai passar por uma requalificação. O Padre Paulo Brandão ouviu entre a surpresa e o espanto o projeto da recuperação da área externa, do frágil telhado, da pintura desgastada, da implantação de uma pintura temática religiosa na parede externa ao lado do cemitério, da confecção de fitas para que, como os principais santuários do mundo, para que os fieis ilheenses possam ir a Igreja cumprir os seus preceitos.

Mônica Moura Costa (médica). Imagem: Jonildo Glória.

Depois da autorização do bispo D. Mauro Montagnoli e da Prefeitura Municipal, as obras foram iniciadas com a perspectiva determinada da médica e professora do curso de medicina da UESC – um dos mais bem avaliados do Brasil. O começo foi a substituição e recuperação, do gradil da frente do templo.

O artista plástico Rildo Moreira, conhecido como Rildo Foge, está responsável para pintar, na parede lateral, um mosaico com imagens e temas sagrados. As fitas coloridas de Nossa Senhora da Vitória para que possam ser amarradas no gradil, já foram confeccionadas e estão disponíveis a 1 real cada. A pintura da Igreja e a reforma do telhado também estão no projeto.

Sensibilização

Não há tempo, nem recursos para que o projeto esteja concluído até a festa da Padroeira da cidade de Ilhéus. Toda despesa está custeada, inicialmente, pela médica, por isso ela sensibiliza, como a CNBB  estabeleceu este, o ano nacional do laicato ela faz um apelos aos católicos:

“Queridos amigos, dia 15 de agosto será a festa da nossa Padroeira. Nossa Senhora das Vitórias. Nosso Santuário necessita de cuidados. Através de um trabalho coletivo estamos realizando a campanha de revitalização desse cenário religioso, fonte de fé e devoção. Movidos pela fé, vamos agradecer e louvar à nossa Padroeira. Peço sua colaboração na aquisição das fitinhas para Nossa Senhora que, posteriormente, serão oferecidas em sinal do nosso amor e gratidão. Conto com cada um de vocês. Sua ajuda será fundamental.”

Sempre acompanhada por sua mãe, Heloína Moura Costa, drª Mônica fala sobre a sua infância, não esconde a fé a confiança. “sofri muito, mas a mão da mãe de Jesus sempre me amparou. Essa igreja precisa voltar a ser um santuário procurado pelos devotos e por todos que buscam o amparo de Nossa Senhora,” afirma com a convicção dos vencedores.

Reforma do gradil. Imagem: Jonildo Glória.

História

A igreja está situada no Teresópolis, ao lado do cemitério com o mesmo nome. É o principal santuário mariano de Ilhéus. É um dos templos católicos mais antigos do Brasil. Segundo o Orbe Seráfico, de Jaboatão, o templo foi erguido em meados do século XVI, tem sua origem ligada ao início dos confrontos armados entre os colonos de Ilhéus e a nação Aimoré, relata Macedo e Ribeiro (1999).

De acordo com a historiadora Maria Luiza Haine, “A igreja das Vitórias é um belo prédio do nosso patrimônio cultural, inclusive pela localização, mas não está entre os monumentos considerados importantes. Foi completamente modificada depois que sofreu vários incêndios. Segundo os historiadores e segundo os conceitos mais modernos de patrimônio cultural, a igreja representa um patrimônio cultural de singular valor, pois traz toda uma lenda que envolve a fé cristã dos colonos portugueses à época das invasões francesa e holandesa no Brasil e uma tradição de fé que perdura até nossos dias”.

MINISTÉRIO PÚBLICO ABRE INSCRIÇÃO PARA ESTÁGIO EM DIREITO

O Ministério Público estadual abriu inscrições para a seleção de estagiários do curso de Direito na Promotoria de Justiça Regional de Ilhéus. São oferecidas duas vagas, sendo uma para a própria sede em Ilhéus e uma para as demais promotorias da regional, localizadas nos municípios de Canavieiras, Itacaré, Una e Uruçuca. Podem se inscrever alunos que estejam cursando pelo menos a metade do curso de bacharelado em Direito em uma das instituições de ensino superior conveniadas com o Ministério Público. Os candidatos selecionados recebem uma bolsa-auxílio no valor de R$ 645,50.   

Os interessados podem se inscrever até o próximo dia 14 de agosto (terça-feira), entre 8h30 às 12h e das 14h às 17h30, na sede da Promotoria de Ilhéus, localizada na Avenida Vereador Marcus Paiva, nº 480, bairro Cidade Nova. No ato da inscrição é necessário informar o local onde se pretende realizar o estágio, se em Ilhéus, Canavieiras, Itacaré, Una ou Uruçuca. É necessário a apresentação de fotocópia autenticada do documento de identidade, duas fotos 3×4 (iguais e recentes), e o comprovante do pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 30.

A prova de seleção será realizada no dia 26 de agosto (domingo), das 8h às 11h na Faculdade Madre Thaís, na Avenida Itabuna,  nº 1491, bairro Conquista, em Ilhéus. A prova objetiva conta com 50 questões, sendo 11 de conhecimentos de língua portuguesa e 39 de conhecimentos jurídicos. Mais informações sobre a inscrição e a prova podem ser consultadas no Edital 217/2018, publicado no caderno Administrativo do Diário da Justiça Eletrônico (DJE) do último dia 11 de julho.

Informações da Promotoria de Justiça Regional de Ilhéus.