ILHÉUS: OBRA DO GOVERNO RUI COSTA, SEM CONTROLE DE RUÍDOS, PREJUDICA ADOLESCENTE COM EPILEPSIA

Obra da estação elevatória. Imagem: Blog do Gusmão.

Reportagem Emilio Gusmão.

Uma adolescente de 14 anos, moradora da quadra C do loteamento Mares do Sul, bairro São Francisco, na zona sul de Ilhéus, sofre diariamente com a poluição sonora emitida por uma obra da EMBASA, vizinha ao prédio em que reside.

A jovem tem epilepsia com crises parciais complexas e a mãe, desesperada, tem denunciado a insensibilidade dos diretores da Emprenge, empresa contratada pela EMBASA (vinculada ao Governo do Estado) para construir uma estação elevatória de esgoto no local.

A Emprenge já recebeu um aviso sobre os danos à saúde que o barulho pode provocar na jovem, mesmo assim, segundo a família o problema continua.

Na última segunda-feira, 06, a TV Santa Cruz fez uma reportagem sobre o caso. Veja.

Segunda a mãe, após o início da barulheira sua filha passou a ter mais crises e os médicos decidiram aumentar a dosagem da medicação.

Relatório médico do neurocirurgião Cleber Candido, emitido no dia 24 de julho, recomenda à jovem qualidade de vida e de sono como medidas terapêuticas.

Imagem enviada pela mãe da adolescente.

A psicóloga Ana Luize de Souza Dunga, por meio de uma declaração emitida no dia 23 de julho, recomenda a diminuição de sons, barulhos e ruídos intermitentes para a remissão dos sintomas.

Imagem enviada pela mãe da adolescente.

A mãe gravou um vídeo com os ruídos originados da obra. Segundo ela, a “zuada, muitas vezes, acontece também durantes as madrugadas. Veja.

O Blog do Gusmão tentou ouvir a direção da EMBASA em Ilhéus. Até o fechamento desta reportagem não conseguimos contato.

Atualizado às 11h32min., de 08 de agosto de 2018.

A Embasa enviou resposta, leia aqui.

EM ENTREVISTA A CAIO FÁBIO, MARINA DIZ QUE ‘GRAÇAS A DEUS, O ESTADO É LAICO’

Foto: Reprodução/Youtube / Estadão Conteúdo.

Do Portal Terra.

Ao participar do programa de entrevistas do pastor Caio Fábio nesta segunda-feira, 6, a candidata à Presidência da República nas eleições 2018 pela Rede, Marina Silva, reafirmou suas convicções como evangélica e defendeu o Estado laico. Ao final da conversa, após as palavras de apoio de pastores, ela disse, emocionada, que espera não envergonhá-los. 

“Só posso agradecer e pedir a Deus que não sejam envergonhados por minha causa aqueles que confiam em Deus”, disse a candidata. O pastor respondeu que “não tem esse risco”. A entrevista, no Programa Papo de Graça, não constava em sua agenda oficial, mas foi divulgada pelo Facebook. Procurada, sua assessoria disse que foi um equívoco de agenda, mas pretende corrigir.

A frase de Marina foi em resposta a um vídeo passado durante o programa do pastor Ed René declarando ser seu eleitor. Em seguida, em oração, Caio Fábio disse que há grande chance de elegerem “uma oliveira, uma macieira” ao invés de um “espinheiro”. O pastor declara apoio à candidata desde 2014.

Em determinado momento da entrevista, que durou mais de uma hora, Marina foi questionada pelo Pastor Neil Barreto sobre como ela pretende conciliar sua fé com a Presidência. Marina disse que “graças a Deus, o Estado é laico”.

“Estado laico não é Estado ateu, como ele mesmo disse (pastor Neil). Estado laico, que assegure direitos das pessoas, inclusive direito à liberdade religiosa, direito a não ter nenhuma religião, e os direitos de um modo geral”, afirmou, acrescentando que quando era católica, até 1997, não lhe faziam essa pergunta.

Segundo a candidata, nos 16 anos em que foi senadora, nunca apresentou um projeto que fosse na contramão do Estado laico. Questionada sobre o aborto, reafirmou ser contra, mas defendeu a realização de um plebiscito.

Discretamente, Marina vem tentando se contrapor a Jair Bolsonaro (PSL), que também busca conquistar parte do eleitorado evangélico. No mês passado, a candidata se reuniu, na capital paulista, com um grupo de pastores, composto em sua maioria por presbiterianos, batistas e luteranos, que já a apoiaram anteriormente.

Veja o programa.

SECRETARIA DE CULTURA DE ILHÉUS DIVULGA VENCEDORES DO CONCURSO CRÔNICAS DE GABRIELA

Imagem: Secom/Ilhéus.

A Secretaria de Cultura de Ilhéus divulgou, nesta terça-feira, 7, os vencedores do Concurso Crônicas de Gabriela. Realizado em parceria com a Academia de Letras de Ilhéus e Livraria Papirus, o concurso escolheu três trabalhos por conterem originalidade, criatividade e ineditismo.

Rafhael Andrade Gonçalves, do município de Jitaúna, conquistou o primeiro lugar, com a crônica “Nem cravo, nem canela, flor de graxa do Malhado”. O segundo classificado foi Gabriel Sales Macedo, de Itabuna, com o texto “Especiarias para uma janta diuturna”. O terceiro lugar ficou para Gracielle Sales Macedo, de Ilhéus, com a crônica “Cravo, canela e passas”.

Os vencedores receberão um kit de livros de Jorge Amado, incluindo “Gabriela, cravo e canela”, patrocinado pela Livraria Papirus. O primeiro lugar recebe um smartphone, e todos os participantes receberão certificado de participação fornecido pela Secult. O concurso teve como objetivo recordar os 60 anos do romance “Gabriela, Cravo e Canela”, do escritor Jorge Amado, e possibilitar sobre a reflexão do papel da mulher na sociedade.

A solenidade de premiação está marcada para sexta-feira, 10, a partir das 17 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus, durante as festividades do aniversário do escritor. O secretário da Cultura, Pawlo Cidade, afirma que “concursos que estimulem a criatividade literária e enalteçam nossos principais escritores fortaleçam nossa memória serão sempre incentivados. Já fizemos um concurso de poesia, agora este de crônicas, e depois será a vez do romance”.

A comissão julgadora foi composta por Josevandro Nascimento, Maria José Caldas Schaun, Gustavo Cunha Carvalho da Silva, Neuza Maria Kerner Vieira e Geraldo Lavigne de Lemos, membros da Academia de Letras de Ilhéus.

CONFIRA AS 36 OPORTUNIDADES DE TRABALHO DO SINEBAHIA ITABUNA

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nesta quarta-feira, 08.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna.

OPERADOR TELEMARKETING (PCD)

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

10 VAGAS 

AUXILIAR DE ESTOQUE (PCD)

Não exige escolaridade

Não exige experiência

1 VAGA 

REPOSITOR DE MERCADORIA (PCD)

Não exige escolaridade

Não exige experiência

1 VAGA

(mais…)

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES APROVA ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA DA FIOL

Trecho da Fiol. Imagem: Elói Côrrea.

O Diário Oficial da União publicou, na edição dessa terça-feira, 07, despacho do ministro dos transportes, Valter Casimiro Silveira, que aprova os estudos de viabilidade técnica e econômica (EVTE) referentes ao processo de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), do trecho de Ilhéus até Caetité. Os estudos foram contratados, através de uma licitação pública, pelo Governo do Estado da Bahia com o propósito de dar celeridade ao processo de implantação do equipamento, com a retomada das obras. 

Com o relatório de aprovação emitido pela Secretaria Nacional de Transportes Terrestre e Aquaviário, vinculada ao Ministério dos Transportes, fica estabelecido que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já está autorizada a abrir o processo de licitação de concessão da Ferrovia. 

O EVTE abrangeu todo o traçado da FIOL e atualizou os estudos da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (FICO) até a cidade de Água Boa, no Mato Grosso. A FIOL é uma obra do Governo Federal e está inserida no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da União, com licitação prevista ainda para 2018. 

O trecho de Ilhéus até Caetité já está mais de 70% concluído. Ao todo, já foram investidos mais de R$ 3.3 bilhões em toda a extensão da Ferrovia, no território da Bahia.

Com informações da Secom/BA.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 6 VAGAS DE EMPREGO NESTA QUARTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nesta quarta-feira, 8, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Muitos candidatos se antecipam e preenchem as vagas por meio do site Mais Emprego.

Por esse motivo, acontece do pretendente ir até o SAC e não encontrar a oportunidade anunciada pelo Blog do Gusmão.

Recomendamos aos candidatos que se cadastrem no site quando forem a uma agência do SineBahia.

PORTEIRO

Ensino Médio completo

Ter habilitação categoria B

Experiência comprovada na função

01 VAGA 

AUXILIAR DE DEPOSITO

Ensino Médio completo

Experiência mínima de 06 meses com registro em carteira de trabalho

01 VAGA 

ZELADOR

Ensino Fundamental completo

Experiência mínima de 06 meses com registro em carteira de trabalho

01 VAGA                       

(mais…)

RECÉM-NASCIDA FOI ENCONTRADA QUASE SUFOCADA DENTRO DE GUARDA-ROUPAS

Imagem ilustrativa. Fonte: Google.

Uma recém-nascida foi encontrada quase sufocada dentro de um guarda-roupas, pela moradora do imóvel, que estranhou o choro da bebê. O fato ocorreu no bairro Nova Cidade, em Vitória da Conquista, nessa segunda-feira, 06.

A Polícia Militar foi chamada, constatou o fato e acionou o Samu 192, que levou a recém-nascida ao Hospital Esaú Matos. O conselho tutelar também foi comunicado do fato.

Durante averiguação sobre quem teria abandonado a recém-nascida, a proprietária do imóvel relatou que a sua neta esteve no local, mas não tinha conhecimento que ela estava grávida.

Os militares foram até a casa da neta da mulher que encontrou a bebê, mas ela negou que fosse a mãe da recém-nascida. Porém, a jovem demonstrou nervosismo. Então, a jovem foi encaminhada ao hospital materno infantil Esaú Matos, onde a médica a examinou confirmando que ela havia parido há pouco tempo. Só então a jovem confessou que era a mãe da criança, que fez o parto sozinha e abandonou a bebê na casa da avó, dentro do guarda-roupa.

O esposo da jovem ficou surpreso e alegou que não tinha conhecimento da gravidez da sua companheira.

A bebê e a mãe ficaram internadas no hospital. O caso foi apresentado na delegacia e será apurado pela Polícia Civil.

Com informações do Blitz Conquista.

CHATEADO COM A SITUAÇÃO DA CIDADE, AILTON ENFERMEIRO AFIRMA QUE ILHÉUS SÓ TEM “BUNDA MOLE”

Com outras palavras, Ailton Enfermeiro afirma que Ilhéus só tem glúteos flácidos. Imagens: Agravo e Google.

Áudio que circula no Whatsaap, do trabalhador da saúde Ailton Enfermeiro, convoca os ilheenses para uma revolta em benefício da cidade.

Reconhecido por seus desabafos contundentes nas redes sociais, Ailton defende o homem Mario Alexandre, mas questiona a gestão do prefeito.

Ouça e tire suas conclusões.

FUNCIONÁRIOS DOS CORREIOS PODEM ENTRAR EM GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Os trabalhadores rejeitam aumento de 2,21% abaixo da inflação. Imagem de arquivo.

Trabalhadores dos Correios de todo o Brasil podem parar suas atividades por tempo indeterminado a partir das 22h de hoje. A paralisação será decidida em todo o Brasil em assembleias da categoria. Na Bahia, os encontros da categoria serão realizados em Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Itabuna, Teixeira de Freitas.

Em Salvador a decisão ou não da greve vai ser no Sindicato dos Eletricitários da Bahia (Sinergia), às 19h30.

A mobilização acontece devido às medidas que tiram direitos dos funcionários da empresa, como corte do vale-alimentação em períodos de licença médica por acidente de trabalho; diminuição no pagamento de adicional noturno; aumento de jornada de trabalho aos sábados sem pagar hora extra; rebaixamento da gratificação de férias entre outros ataques.

Além desses a direção dos Correios quer substituir os motociclistas por motoboys. Um projeto de sucateamento para justificar a privatização.

Só na Bahia, cerca de 6 mil trabalhadores poderão parar suas atividades caso seja aprovado o estado de greve, na noite de hoje.

JUSTIÇA SUSPENDE AGROTÓXICOS À BASE DE GLIFOSATO, ABAMECTINA E TIRAM

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pode ser multada se não cumprir a decisão de reavaliar os ingredientes (Foto: Thinkstock).

Do Globo Rural.

A Justiça Federal em Brasília (DF) decidiu suspender por um prazo de 30 dias os registros de todos os agrotóxicos que contenham abamectina, glifosato e tiram, até que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conclua procedimentos de reavaliação toxicológica. A concessão de registros de novos produtos com esses ingredientes também está suspensa.

A decisão foi tomada na última sexta-feira (3/8) pela juíza federal substituta Luciana Raquel Tolentino de Moura, da 7ª Vara Federal do Distrito Federal, que mandou notificar imediatamente a própria Anvisa e União. Ela mandou citar também o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para se manifestar sobre o assunto, caso tenha interesse.

De acordo com a decisão, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária tem até o dia 31 de dezembro deste ano para dar prioridade às reavaliações dos três princípios ativos citados na ação. Se não cumprir a determinação, está sujeita a multa diária de R$ 10 mil. O órgão, ligado ao Ministério da Saúde, tem que informar também quem será funcionário responsável, que pode sofrer processos civil, administrativo e penal caso não atenda a ordem judicial.

A magistrada acolheu ação do Ministério Público Federal (MPF) contra a União e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pedindo uma reavaliação toxicológica de diversos ingredientes de agrotóxicos por um prazo de 180 dias. Pedia também a suspensão de registros atuais e da concessão de novos até que esse trabalho tivesse sido feito.

O processo é de 2014 e tinha entre as partes interessadas as empresas Monsanto, Nortox e FMC, além da Aprosoja Brasil e Sindicato da Indústria de Defensivos Agrícolas. Segundo a juíza, empresas e entidades alegaram, entre vários motivos, a “ausência de interesse de agir” da Anvisa e pediam também a inclusão do Ibama no processo, já que o órgão também analisa ingredientes de agrotóxicos.

“Fora disponibilizado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária tempo mais que suficiente para efetivar a reavaliação”, afirma a magistrada, ressaltando que a agência sabe do potencial nocivo dos ingredientes citados. “Desde então, os procedimentos não foram concluídos e a autarquia tem reiteradamente prorrogado a sua finalização”, acrescenta.

No entendimento da juíza Luciana Raquel, a “excessiva demora“ em fazer a reavaliação dos produtos se configura abuso de direito e ”desproporcional“ quanto o direito à saúde e ao desenvolvimento sustentável.