POLICIA CIVIL PRENDE PAI ACUSADO DE ESTUPRAR DUAS FILHAS

Zé Lanzudo. Imagem: Ascom/PC.

Uma operação conjunta que envolveu policiais de Amargosa e Santa Inês, resultou no cumprimento do mandado de prisão de José Souza Fontes, de 61 anos, o “Zé Lanzudo”, na manhã desta sexta-feira, 10.

Ele é acusado de estuprar as duas filhas, atualmente com 14 e 16 anos, desde quando elas completaram 10 anos.

Os crimes só deixaram de acontecer a alguns meses, quando o Conselho Tutelar da cidade foi acionado e levou o caso às autoridades.

José Souza chegou a fugir da cidade de Santa Inês e se refugiou no bairro da Urbis II, em Amargosa, mas foi encontrado pelos policiais quando se preparava para fugir para São Paulo.



2 responses to “POLICIA CIVIL PRENDE PAI ACUSADO DE ESTUPRAR DUAS FILHAS

  1. Arábia Saudita A legislação penal saudita prevê até pena de morte por decapitação para o crime de estupro. O juiz do processo deve avaliar se o caso contém agravantes, a exemplo de se tratar de um estuprador em série, sendo acrescida as 100 chibatadas protocolares. E no Um dos países com legislações penais mais rígidas do mundo, o Irã determina pena de morte para os condenados por crime de estupro. Em alguns casos, o juiz pode determinar que o condenado seja chicoteado antes da execução por enforcamento ou decapitação. Esse criminoso, suíno infiel, certamente se não isolado no “seguro”, será condenado à pena capital dentro dos Sistema. Lembra-nos os animais endogâmicos, por instintivo, irracional e desumano. Al-sharia nele.

  2. Arábia Saudita A legislação penal saudita prevê até pena de morte por decapitação para o crime de estupro. O juiz do processo deve avaliar se o caso contém agravantes, a exemplo de se tratar de um estuprador em série, sendo acrescida as 100 chibatadas protocolares. E no Irã. Um dos países com legislações penais mais rígidas do mundo, o Irã determina pena de morte para os condenados por crime de estupro. Em alguns casos, o juiz pode determinar que o condenado seja chicoteado antes da execução por enforcamento ou decapitação. Esse criminoso, suíno infiel, certamente se não isolado no “seguro”, será condenado à pena capital dentro dos Sistema. Lembra-nos os animais endogâmicos, por instintivo, irracional e desumano. Al-sharia nele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *