VACINAÇÃO: GOVERNO MARÃO CORTA GRATIFICAÇÕES E TÉCNICOS DE ENFERMAGEM SE RECUSAM A VACINAR

Mais uma barbeiragem do governo Marão.

Conforme nota divulgada nesta quinta-feira, 30, pela secretaria de saúde de Ilhéus, apenas 40% das crianças do município foram vacinadas.

Segundo um especialista que trabalha na prefeitura, a principal causa desse baixo percentual foi o corte das gratificações dos técnicos de enfermagem vacinadores. A suspensão foi determinada pelo prefeito Mario Alexandre e pela ex-secretária de saúde Elisângela Oliveira. Sem o adicional, parte dos servidores se recusa a fazer o serviço. “O governo não deveria ter tomado essa atitude sem conversar com os profissionais. Tá faltando gestão e diálogo”. afirma a fonte.

A aplicação de vacinas não faz parte das atribuições dos técnicos de enfermagem. Em Ilhéus, esses profissionais só podem fazer esse serviço quando recebem capacitação do Núcleo Regional de Saúde Sul (antiga 6ª Dires), órgão da secretaria de saúde da Bahia. As atualizações são periódicas, pois sempre surgem novas vacinas que necessitam de novos procedimentos e orientações. “Não é um trabalho tão fácil quanto parece. As gratificações serviam de incentivo aos profissionais”, afirma a fonte.

Além de vacinar várias crianças, os técnicos vacinadores também devem preencher, em computadores, o sistema de informações do programa nacional de imunização. “É um trabalho demorado que exige paciência. Em outros municípios, por haver mais servidores capacitados dentro dos postos, ocorre a divisão dos serviços. Em Ilhéus um só funcionário tem que fazer tudo”.

Servidores da saúde ouvidos pelo blog, também culpam o Núcleo Regional de Saúde Sul, uma vez que em outros municípios, enfermeiros (as) devidamente capacitados treinam os técnicos dentro dos postos, com o apoio das coordenações de imunização. “Essa imposição só acontece em Ilhéus. É por isso que a secretaria tem poucos vacinadores. Eles não são exigentes com as cidades mais distantes. Aqui eles ficam cobrando certificados”, justificam.

BAHIA E ALAGOAS TÊM A GASOLINA MAIS CARA DO NORDESTE

Segundo o índice de preços da empresa de gestão de frotas Ticket Log (IPTL), os Estados da Bahia e de Alagoas têm a gasolina mais cara do Nordeste, R$ 4,69, ante R$ 4,45, preço praticado nos postos de combustíveis do Maranhão, o menor valor na região. Os motoristas baianos sentiram no bolso um aumento de 39% pelo litro do combustível, no comparativo com o menor preço médio registrado em fevereiro: R$ 3,36.

O levantamento, que traz dados de 18 mil postos credenciados de todo o País, também mostrou que, pelo segundo mês consecutivo, Sergipe concentrou o preço médio mais caro do etanol, R$ 3,80, ante R$ 3,40 do litro no Piauí. Os sergipanos também pagaram mais caro pelo diesel S-10, R$ 3,59.

Em julho, o Ceará deixou de ocupar a posição da gasolina mais cara do Nordeste, para ver nas bombas uma redução de 3% no preço do litro, R$ 4,59, ante a média de R$ 4,76, registrada em junho.

Paraíba e Pernambuco também se destacam com os melhores preços do diesel e GNV na região. Nos postos paraibanos, o preço médio do diesel foi de R$ 3,43, e os motoristas pernambucanos pagaram em média R$ 2,59 pelo GNV. Pelo segundo mês consecutivo, o Rio Grande do Norte registrou o GNV mais caro da região, R$ 3,28, ante R$ 2,85 da média nacional.

POLÍCIA CIVIL INCINERA MAIS DE UMA TONELADA DE MACONHA

Foto: Ascom/Polícia Civil.

Mais de uma tonelada de maconha prensada foi incinerada pela equipe do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), da Polícia Civil, nesta quarta-feira, 29, no forno de uma indústria na Região Metropolitana de Salvador.

A droga é resultado de uma apreensão ocorrida, no bairro de Pau da Lima, em Salvador. Representantes do Ministério Público da Bahia e da Vigilância Sanitária supervisionaram a incineração, devidamente autorizada pela Justiça.

Este ano, mais de duas toneladas de drogas já foram incineradas pelas unidades do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) de Salvador e interior da Bahia. Com a incineração realizada pelo Gerrc, esse número sobe para três toneladas de drogas destruídas em 2018.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO HOSPITAL REGIONAL COSTA DO CACAU

Com relação às informações veiculadas a respeito de atrasos no pagamento de proventos dos médicos que atuam na unidade de saúde, o Hospital Regional Costa do Cacau esclarece:

1 – Não procede a informação de que os médicos estão há 4 meses sem receber. Este fato é pontual, e refere-se apenas às duas equipes do ambulatório de cirurgia geral e ortopedia, que em decorrência de problemas burocráticos, tiveram esse atraso. Mas, informamos que não é de 4 meses e sim de 3.

2 – A diretoria do HRCC tem desenvolvido esforços, dedicando total prioridade, no sentido de solucionar o quanto antes a questão e já nos próximos dias o pagamento de todos os profissionais médicos estará normalizado.

3 – A Diretoria do hospital tem informado sistematicamente a esses profissionais o andamento das providências tomadas, tendo inclusive realizado uma reunião na última segunda-feira e outra nesta quinta-feira, em que o assunto foi discutido e todas as explicações dadas.

4 –O Instituto GERIR reafirma o seu compromisso com a transparência da sua gestão, a eficiência no atendimento aos seus usuários e a determinação em garantir todas as condições necessárias para que os seus colaboradores possam com tranquilidade exercer as suas funções.

TRABALHO: SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 58 VAGAS NESTA SEXTA-FEIRA

Cinco vagas são para perfumistas.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nesta sexta-feira, 31.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna

OPERADOR TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

10 VAGAS 

PERFUMISTA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

5 VAGAS

OPERADOR DE CAIXA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

4 VAGAS

(mais…)

SECRETARIA DE CULTURA LANÇA EDITAL MANOEL BARRETO PARA FORTALECER A CAPOEIRA

Foto: Clodoaldo Ribeiro.

Mestres, contramestres ou grupos de capoeira de Ilhéus já podem inscrever projetos para o edital Manoel Barreto, a partir desta quinta-feira, 30. O chamamento público é um concurso promovido pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), com o objetivo de selecionar propostas para o desenvolvimento da capoeira em diversos bairros e distritos de Ilhéus, organizar as solicitações e a distribuição de recursos financeiros. A inscrição fica aberta até 15 de outubro e os projetos podem ser executados entre janeiro e fevereiro de 2019. Serão contemplados 10 grupos, com prêmios de R$ 2,5 mil.

Segundo o secretário municipal da Cultura, Pawlo Cidade, o edital baseia-se em princípios para garantir a simplificação, ampliação e descentralização da distribuição de recursos para a capoeira de Ilhéus. “Contempla atividades como batizados e troca de cordões, aquisição de materiais, realização de ações de formação (seminários, oficinas, cursos) e outras formas de criação e apresentação que propiciem o acesso à capoeira”, enfatiza.

Manoel Barreto de Oliveira (Mané Barreto) nasceu em Malhador (Sergipe), em 26 de janeiro de 1930. Foi portuário desde os 18 anos de idade, e se tornou um dos precursores da capoeira na beira do cais, organizando rodas, sobretudo nos terreiros de candomblé. Mané foi de um tempo em que a capoeira tomava conta das ruas de Ilhéus. Casou-se com Maria Soledade Cardoso (dona Maricota), com quem teve nove filhos. Dois seguiram a trajetória do pai e se tornaram mestres de capoeira: Dui Barreto e Santos Barreto e um contramestre Chico Barreto. Morreu em 8 de dezembro de 1988, dia da padroeira dos capoeiristas, Nossa Senhora da Conceição. O edital Manoel Barreto homenageia o mestre Mané Barreto por sua história e tradição na capoeira de rua de Ilhéus.

Com informações da Secom/Ilhéus.

PREFEITA DE MARAÚ É CONDENADA POR DISTRIBUIR CESTA BÁSICA NA CAMPANHA DE REELEIÇÃO

Gracinha Viana. Imagem: Ascom-Maraú.

Em sentença publicada nessa quarta-feira, 29, o juiz eleitoral José Ayres Júnior julgou procedente a denúncia contra a prefeita de Maraú, Gracinha Viana (PP), numa ação de investigação judicial eleitoral e condenou a gestora a 8 anos de inelegibilidade, com a consequente cassação do diploma por ter vencido as eleições de 2016. Conforme decisão, a prefeita conseguiu votos de maneira ilegal.

Em 2016, a então candidata à reeleição “em conjunto com seu candidato a vice-prefeito, se valeu do poder econômico empregado na campanha para distribuir bens materiais e vantagens aos eleitores, consubstanciado na distribuição de cesta básica em estabelecimento comercial que presta serviços ao município de Maraú”. A denúncia foi acatada pelo juiz, que chamou a prática do fisiologismo de “câncer”.

Gracinha Viana poderá recorrer. Caso a sentença seja confirmada nas instâncias superiores, a prefeita de Maraú será afastada do cargo.

Com informações do Marau Notícias.

Comentário do blog.

Devido a vários recursos permitidos pela legislação brasileira, os prefeitos nessa situação normalmente conseguem ficar no poder por muito tempo, e, em alguns casos, concluem os mandatos.

ROBÔ CADEIRANTE DESENVOLVIDO EM CAETITÉ IDENTIFICA PONTOS SEM ACESSIBILIDADE

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste.

Alunos do Centro Técnico de Educação Profissional (Cetep), em Caetité, desenvolveram um robô cadeirante. O projeto piloto tem ganhado repercussão em todo país e foi apresentado na Feira de Ciências da Bahia, em Salvador, onde conquistou o segundo lugar na categoria “Empreendedorismo”. Segundo o professor Emílio Aurélio, a ideia surgiu a partir de um estudo sobre a acessibilidade desenvolvido em sala de aula.

O objetivo foi chamar atenção dos alunos para o problema da falta de acessibilidade em Caetité e no país. Acoplado ao robô, um computador gera imagens de pontos onde o deficiente físico encontra problemas para se locomover. A proposta é ajudar a melhorar a realidade dessas pessoas.

Do protótipo ao formato atual, o projeto tem três anos e, segundo o professor, novas parcerias foram firmadas a fim de buscar agregar valor à iniciativa, entre eletricistas, engenheiros e técnicos em informáticas. “O projeto já está cumprindo o seu papel e ajudando a modificar os espaços para cadeirantes”, destacou. Vale ressaltar que o robô é feito de PVC, 100% ecologicamente correto.

Com informações do site Achei Sudoeste.