GLOBO VAI ADAPTAR MAIS UM LIVRO DE JORGE AMADO SOBRE O SUL DA BAHIA

Após duas adaptações de Gabriela, Cravo e Canela chegou a vez do romance Cacau. Fotos: Internet.

A Rede Globo vai adaptar mais uma obra de Jorge Amado cuja trama acontece no sul da Bahia. Trata-se do romance Cacau, de 1934, que pertence à fase engajada do escritor grapiúna com a ideologia comunista.

Dessa vez será uma série para a TV que será dirigida por Ricardo Linhares. Segundo informações do colunista Daniel Castro, do UOL, terá de oito a doze episódios. “É um Jorge Amado que nunca foi produzido, e que eu vou adaptar para uma minissérie”, conta Linhares à coluna Notícias da TV. “Não há uma previsão de estreia, pois ainda estou escrevendo a sinopse. Tive que interrompê-la quando participei de Deus Salve o Rei, e retomei após a novela. Devo entregar [à direção da Globo] no fim deste mês.

A obra de Jorge Amado recebeu doze adaptações para a televisão. As de maior sucesso e benéficas para Ilhéus foram duas adaptações de Gabriela, Cravo e Canela, em 1975 e 2012, a primeira uma novela e a segunda uma minissérie que foi ao ar no centenário de nascimento do escritor.

Resumo do romance Cacau.

Filho de industrial, o sergipano José Cordeiro, conhecido como Cearense, não quer ser patrão: é operário e orgulha-se de sua atividade. Mas acaba despedido da fábrica por ter se relacionado com uma colega de trabalho, cobiçada também pelo patrão, seu próprio tio. Cearense decide procurar serviço em outro lugar.

Duas opções se apresentam: São Paulo, ou a zona cacaueira, no sul da Bahia. Cearense escolhe a segunda, a região de Itabuna e Ilhéus, como tantos outros homens e mulheres que vai conhecendo na viagem de barco rumo à região. Ali, na zona do Pirangi, na Fazenda Fraternidade, desenrola-se sua história, tendo como pano de fundo as condições de trabalho nas plantações de cacau, onde os trabalhadores são obrigados a aceitar uma situação de semi-escravidão.

Branco, cabelos louros, alfabetizado, Cearense destoa dos demais trabalhadores e chama a atenção de Mária, filha do coronel dono da Fraternidade. A relação com a moça vai colocá-lo mais uma vez diante da possibilidade de se tornar proprietário. No entanto, Cearense se mantém firme do lado dos trabalhadores – fala mais alto sua consciência.

Resumo copiado do site jorgeamado.com.br .



One response to “GLOBO VAI ADAPTAR MAIS UM LIVRO DE JORGE AMADO SOBRE O SUL DA BAHIA

  1. O Romance Cacau, faz parte da segunda trilogia com temas correlatos . A Primeira foi da fase política, retratada em três volumes de Subterrâneos da Liberdade, sobre o Estado Novo e as implicações políticas da ditadura Vargas. Já o Cacau, é o terceiro romance da trilogia Carnaval, Suor e Cacau, sendo a meu entender, o mais densamente fiel ao clima e cultura vigentes nos primórdios da cacauicultura na Bahia. Uma viagem incrível. Uma excelente leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *