PT TRANSFORMOU PÓLO DE INFORMÁTICA DE ILHÉUS “NUM VALE DO SILÊNCIO”, CRITICA ZÉ RONALDO

Zé Ronaldo culpa Wagner e Rui pelo fracasso do Pólo de Informática de Ilhéus.

O candidato ao governo do estado, Zé Ronaldo, criticou o abandono do Pólo de Informática de Ilhéus.

Para o ex-prefeito de Feira de Santana, o Pólo de Informática de Ilhéus, “era para ter sido o Vale do Silício baiano, mas foi transformado num Vale do Silêncio”, fazendo referência à região da Califórnia, nos Estados Unidos, onde estão localizadas as maiores empresas de informática do mundo.

Segundo Zé Ronaldo, antes da eleição de Jaques Wagner, em 2005, o Pólo de Informática de Ilhéus tinha mais de 70 empresas, gerava mais de cinco mil empregos, com faturamento anual acima de R$2 bilhões e respondia por mais de 50% do Imposto sobre Serviços (ISS) de Ilhéus.

“O Pólo de Ilhéus chegou a ser responsável pelo atendimento de 20% da demanda nacional de computadores fixos e portáteis. Mas o PT não fez a lição de casa, que era melhorar a infraestrutura e facilitar o acesso aos mercados internacionais, por isso as empresas deixaram a Bahia e seguiram para Minas Gerais”, pontua Zé Ronaldo, explicando que as empresas, descapitalizadas, chegaram a recorrer ao governo petista em busca de crédito para investimento, mas devido aos juros abusivos preferiram seguir para Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais.

FACULDADE MADRE THAÍS COMEMORA DIA DO FARMACÊUTICO COM SERVIÇOS À POPULAÇÃO

Foto: Ascom/Madre Thaís

Na semana em que se comemora o Dia Internacional do Farmacêutico a Faculdade Madre Thaís (FMT) realizou ações com objetivo de integrar os alunos do curso à população.

A assistência farmacêutica foi levada à comunidade por meio do projeto “Farmacêuticos em Ação”, que visa a melhoria dos serviços de saúde da população, bem como promover a valorização do profissional de farmácia.

A ação foi realizada na manhã de terça-feira, 25, no estacionamento da Faculdade Madre Thaís, na Avenid. Itabuna. Foram disponibilizados à população testes de glicemia, aferição de pressão, exame micológico, instruções de como conservar e descartar medicamentos e coleta de medicamentos vencidos.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 23 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Sinebahia Itabuna oferece uma vaga para instalador de bateria de automóvel.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nesta quinta-feira, 27.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna.

OPERADOR TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

10 VAGAS 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (PCD)

Exclusivo Para Pessoas Com Deficiência

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir CNH ‘B’

1 VAGA 

AUXILIAR DE LOJA (PCD)

Exclusivo Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Fundamental Completo

Não exige experiência

1 VAGA 

(mais…)

STF JULGA CANCELAMENTO DO TÍTULO DE 3,4 MILHÕES DE ELEITORES, METADE EM REDUTO DO PT

Plenário do STF. Foto: Carlos Moura.

De O Globo.

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga, na tarde desta quarta-feira, pedido do PSB para que os eleitores com títulos cancelados por não terem feito o cadastramento biométrico possam votar nestas eleições. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 3,4 milhões de pessoas estão nessa situação por não terem comparecido à revisão eleitoral, entre 2016 e 2018. O presidente do PSB, Carlos Siqueira, alega que é injusto que “esses eleitores fiquem de fora de um momento tão decisivo para o país”. Já o TSE diz que uma decisão favorável do STF ao pedido pode prejudicar o calendário eleitoral.

O maior número de eleitores com títulos cancelados está no Nordeste, região em que Fernando Haddad (PT) lidera as pesquisas sobre a disputa presidencial. Nordestinos representam 45% do total de 3.368.447 eleitores que não fizeram o cadastramento da biometria, de acordo com os dados do TSE. O Sudeste aparece em segundo lugar, com 20% deles. O Sul tem 16% do total; o Centro-Oeste, 10%; e o Norte, 9%.

Siqueira destaca que é “um número expressivo de eleitores”, muito parecido com o que deu a vitória à ex-presidente Dilma Rousseff em 2014. Ela venceu Aécio Neves (PSDB) por uma diferença de 3.459.963 votos.

— É um número expressivo de eleitores que podem ser impedidos de votar por uma simples revisão, sendo, em muitos casos, eles estão em regiões mais remotas, com dificuldades de informações, transporte, condições financeiras. Mesmo que não seja possível no primeiro turno, haverá o segundo turno também — diz Siqueira.

O TSE enviou ao ministro Luís Roberto Barroso, relator da ação do PSB, longo parecer em que se posiciona contra a suspensão do cancelamentos desses títulos. No texto, a área técnica da Corte detalha todas as dificuldades que enfrentaria para inserir esses eleitores nesta eleição, como a revisão de cadernos de votação e urnas. Cita que a demanda envolveria “custos e eventuais licitações ou aditamentos de contratos já firmados”, bem como a “requisição das Forças Federais para suporte logístico, dada a urgência que a operação requer”.

“À luz das informações prestadas pelas áreas técnicas deste tribunal superior, eventual suspensão das normas autorizadoras do cancelamento dos títulos eleitorais implicará o comprometimento do calendário eleitoral, a par dos elevados custos exigidos para o refazimento das diversas etapas do pleito”, diz a presidente do TSE, ministra Rosa Weber.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) e a Advocacia-Geral da União (AGU) também se manifestaram contra o pedido. Em seu parecer, a ministra Grace Mendonça (AGU) pondera que o prazo para a mudança é exíguo, o que poderia trazer riscos de fraude para as eleições.

ILHÉUS E ITABUNA RECEBEM CLASSES HOSPITALARES E DOMICILIARES PARA ESTUDANTES ENFERMOS

Três classes hospitalares e duas domiciliares serão implantadas em Ilhéus e Itabuna, no sul da Bahia, nesta quarta-feira, 26. As duas cidades são as primeiras do interior a receber a ação, promovida pela Secretaria da Educação do Estado, em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

A iniciativa faz parte do Programa Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (Sarahdo), que visa garantir a continuação do ensino de estudantes enfermos (Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos/EJA), que se encontram nos leitos hospitalares ou em atendimento médico domiciliar.

Os secretários estaduais da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e da Educação, Walter Pinheiro, estarão presentes na implantação do projeto em Ilhéus e Itabuna.

O atendimento educacional especializado, personalizado e humanizado aos estudantes será feito por 14 professores da rede estadual de ensino, que passaram por formação continuada em Classe Hospital (Atendimento Domiciliar), ministrada pela Secretaria da Educação do Estado.

Por mês, serão atendidos 1,3 mil estudantes, no Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, bem como nos hospitais Manoel Novaes e Calixto Midlej Filho, em Itabuna. O serviço também será implantado no Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC) e no Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico (GAPO), ambos em Itabuna.

Programação em Ilhéus e Itabuna:

(mais…)