POLÍCIA MILITAR PRENDE FALSO MÉDICO

Imagem ilustrativa.

A Polícia Militar deteve um falso médico na última sexta-feira, 9 de novembro, em Tanhaçu, no sudoeste da Bahia. Segundo a PM, o suspeito identificado como Saullo Emídio de Almeida, de 27 anos, atuava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e a denúncia foi feita por outros médicos da própria unidade.

Segundo informação do delegado Edson Souza, Saullo utilizava o nome e o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) de outro profissional.

O delegado ainda afirmou ao portal Folha do Vale, que o suspeito concluiu o curso de medicina na Bolívia, em 2017, mas não foi aprovado pelo Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira, conhecido como Revalida.

A reportagem do portal Folha do Vale tentou contato com o advogado do suspeito, mas ele não foi encontrado. O espaço fica à disposição para os devidos esclarecimentos.

Saullo foi autuado pela prática dos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da medicina e permanecerá custodiado na carceragem da referida unidade policial até ulterior deliberação judicial.

O Revalida é realizado anualmente pelo Inep e é feito para brasileiros e estrangeiros que se formaram em medicina no exterior poderem validar seu diploma e atuar como médicos no Brasil.

O exame é sempre realizado em duas etapas. A primeira consiste em uma prova de múltipla escolha. Já a segunda é uma prova clínica, na qual os candidatos passam por diversas estações que simulam atendimentos a pacientes.

Com informações do site Folha do Vale.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *