PLANO FRANCÊS PARA CONTER DESMATAMENTO IMPORTADO PODE IMPACTAR O BRASIL

Presença de bois na Floresta Nacional de Jamanxim. Pecuária estimula invasão de terras públicas e desmatamento. Foto: Bernardo Camara.

Reportagem de O Eco.

Produtos como soja, carne bovina e óleo de palma vindos de áreas desmatadas ilegalmente não terão espaço nas prateleiras dos mercados franceses. Pelo menos não no médio e longo prazo. Na semana passada, o governo da França anunciou 17 medidas para deter até 2030 o que eles chamam de ‘desmatamento importado’, ou seja, a perda de florestas vindo da compra de produtos florestais ou agrícolas de áreas desmatadas ilegalmente. A medida significa que o país levará em conta o fator ambiental nas escolhas de parceiros comerciais.

As importações européias de produtos agrícolas — da carne bovina e soja da América Latina até o dendê do sudeste da Ásia e o cacau da África — são responsáveis ​​por mais de um terço do desmatamento.

A Estratégia Nacional contra o Desmatamento Importado (SNDI), como é chamado o plano francês, poderá ter impacto na soja transgênica produzida no Brasil. Isso porque fazendeiros europeus importam soja do Brasil para alimentar o gado e outros animais como porcos e frangos. Conforme aumenta a demanda externa, aumenta o desmatamento relacionado com a expansão do cultivo do produto.

A barreira de produtos brasileiros em mercados como o europeu foi um dos motivos que fez o presidente eleito, Jair Bolsonaro, voltar atrás na ideia de fundir o ministério do Meio Ambiente com a Agricultura. Representantes de setores do agronegócio voltados para a exportação temiam que a medida criasse uma barreira para os produtos brasileiros.

Em 2006, após uma campanha do Greenpeace denunciando a derrubada da floresta amazônica para o cultivo de soja, o produto brasileiro sofreu com barreiras no mercado internacional. Isso levou à moratória da soja, um acordo entre o setor de soja, produtores e mercado se comprometendo a não comercializar nem financiar a soja produzida em áreas que foram desmatadas no bioma Amazônia.

(mais…)

SARAMPO: NOTA PÚBLICA DA SECRETARIA DE SAÚDE DE ILHÉUS

Nota Pública da Saúde

O chefe de Setor da Vigilância à Saúde, vinculado à Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau), Gleidson Santana Souza, informa que, nesta sexta-feira, dia 22 de novembro, a Diretoria de Vigilância à Saúde do Estado recebeu do Ministério da Saúde os resultados confirmatórios do sequenciamento genético para o vírus do sarampo (vírus selvagem) genótipo D8 de dois casos suspeitos de Ilhéus, que são contatos indiretos do caso importado vindo de Manaus no último dia 31 de agosto. Esses dois casos foram notificados pela Sesau no dia 12 de setembro deste ano. O vírus é do mesmo genótipo circulante no Estado do Amazonas e na Venezuela.

Diante desta confirmação, a Sesau continua em alerta para a ocorrência de casos suspeitos de sarampo e informa que a partir da notificação do caso importado, em 31 de agosto, todas as condutas foram adotadas para a interrupção da cadeia de transmissão da doença, entre elas a investigação epidemiológica de todos os casos notificados, com coleta de material biológico; bloqueio vacinal seletivo em tempo oportuno; varredura e intensificação vacinal nas áreas dos casos suspeitos e em áreas de maior circulação de pessoas, como aeroporto, rodoviária, bancos, comercio, sindicatos dos taxistas , rodoviários, porto, escolas, Sac e outros.

Também foram realizadas capacitação de profissionais de saúde no manejo clínico de pacientes com suspeita de sarampo; busca ativa de casos em ficha de atendimento nas unidades de saúde e hospitais; monitoramento dos contatos diretos e indiretos; elaboração de nota de esclarecimento e Informe Epidemiológico, além de reuniões diária – Sala de Situação com técnicos da Secretaria de Saúde e do Núcleo Sul para definições de estratégias e avaliações.

A Sesau contou com o apoio do Núcleo Sul, que disponibilizou equipes de vacinação e carro no apoio à coordenação de Imunização. Apesar de todas as ações desencadeadas desde o início de setembro, mantém-se o alerta epidemiológico para a ocorrência de possíveis casos novos. É essencial a manutenção de vigilância ativa para a detecção oportuna de casos suspeitos e adoção de respostas rápidas para a prevenção de surtos.

Segundo Gleidson Souza, essas providências foram fundamentais para quebrar a cadeia de transmissão do vírus e evitar um surto de sarampo em Ilhéus. Também enfatiza que o alerta se estende até dia 24 de dezembro próximo, quando termina o monitoramento para que o município possa garantir que ficou livre dessa contaminação.

Por fim, o Setor da Vigilância à Saúde recomenda a notificação imediata de todo caso suspeito de sarampo que se enquadre na seguinte definição: pessoa com febre e exantema acompanhada de tosse e, ou, coriza e, ou, conjuntivite, independentemente da idade e da situação vacinal anterior, ou pessoa que apresente esses sintomas e que tenha se deslocado para área de risco neste mesmo período.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, potencialmente grave, transmissível e extremamente contagiosa. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema e em até quatro dias após.

ALERTA: SESAB CONFIRMA DOIS CASOS DE SARAMPO EM ILHÉUS

Foto: IG/reprodução.

O site Correio informa que a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) confirmou dois casos de sarampo no Sul da Bahia, precisamente em Ilhéus. Os pacientes possuem o mesmo tipo selvagem da doença, compatível com o paciente que veio doente de Manaus (AM), em setembro.

Segundo a Sesab, a primeira suspeita era de que o vírus fosse vacinal, visto que os dois haviam sido vacinados há pouco tempo, mas um segundo exame realizado pela Fiocruz comprovou a compatibilidade com o vírus que circula no Amazonas e na Venezuela.

Por causa disso, a secretaria determinou que os municípios notifiquem imediatamente qualquer caso suspeito da doença em pacientes que apresentarem os sintomas: pessoa com febre e exantema (erupções na pele), acompanhada de tosse, coriza ou conjuntivite, independente da idade, situação vacinal anterior, deslocamento para áreas de risco nos últimos 30 dias ou contato com pessoas que tenham se deslocado para áreas de risco nesse período.

A Bahia não tinha casos autóctones da doença desde 1999. Em setembro de 2018, quando foi confirmado o caso importado de Manaus, a Sesab imediatamente orientou o município de Ilhéus a intensificar as ações de vacinação, vigilância, prevenção e controle.

Foram notificados em Ilhéus oito casos suspeitos e, destes, dois foram confirmados. Quatro ainda permanecem em investigação e outros dois foram descartados.

O caso registrado em setembro era de um homem, de 38 anos, que trabalhava na construção civil, em Ilhéus – mas que teria vindo doente de Manaus.

O homem, natural da capital amazonense, foi internado em Ilhéus, após apresentar sintomas da doença no dia 17 de agosto. O paciente foi atendido no dia 23 de agosto e medicado na Unidade do Pronto Atendimento (UPA) Zona Sul, em Ilhéus – recebeu alta por não apresentar mais risco de transmissão.

Segundo a Sesab, à época, mais de 400 pessoas que tiveram contato com o paciente foram vacinadas para evitar contaminação. O laudo que confirmou que o rapaz foi infectado pela doença saiu no dia 14 de setembro.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 22 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Sinebahia Itabuna tem uma vaga para mecânico de caminhão a diesel.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis na próxima segunda-feira, 26.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

AUXILIAR DE LIMPEZA (PCD)

Exclusivo para Pessoas Com Deficiência

Não exige escolaridade

Não exige experiência

5 VAGAS 

MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO/AGENTE DE DISCIPLINA (PCD)

Exclusivo para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Possuir curso de vigilante

5 VAGAS 

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO (PCD)

Exclusivo para Pessoas Com Deficiência

Não exige escolaridade

Não exige experiência

(mais…)

ILHÉUS: MULHER É PRESA ACUSADA DE TRÁFICO DE DROGAS

Daniele Gonçalves dos Santos. Foto: Ascom Polícia Civil.

Daniele Gonçalves dos Santos, de 34 anos, foi presa nessa quinta-feira, 22, no bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus, por investigadores da Polícia Civil.

Daniele é mais um alvo da Operação Lâncome, deflagrada em setembro deste ano, que prender 18 criminosos. Segundo a polícia, ela companheira do traficante Carlos Alberto Coe dos Santos, o “Carlinhos Orea”, que está preso.

De acordo com o delegado Evy Paternostro, coordenador da 7ª Coorpin, Daniele integrava uma quadrilha que atuava no tráfico de drogas, homicídios, roubos e corrupção de menores, em Ilhéus e Itabuna.

Ainda segundo Evy, a traficante recebia ordens do companheiro. “Além de fracionar e distribuir as drogas, Daniele também era responsável por gerenciar e receber valores do tráfico”, disse o delegado.

ÓRGÃOS PÚBLICOS NÃO PODEM MAIS EXIGIR RECONHECIMENTO DE FIRMA E CÓPIAS AUTENTICADAS

Nova lei vai diminuir o movimento nos cartórios.

Do site de O Globo.

Entra em vigor nesta sexta-feira, após 45 dias de sua sanção, a “Lei da Desburocratização”, que prevê, entre outros pontos, a dispensa de autenticação de cópias e a não-exigência de determinados documentos pessoais para o cidadão que tiver de lidar com órgãos do governo. A nova lei foi aprovada no início de setembro, pelo Senado, e seguiu para sanção do presidente Michel Temer. Em outubro, Temer sancionou a lei, mas deu prazo de 45 dias para sua aplicação.

Pela nova legislação, os órgãos públicos de todas as esferas administrativas não poderão exigir do cidadão o reconhecimento de firma, autenticação de cópia de documento, além de apresentação de certidão de nascimento, título de eleitor (exceto para votar ou registrar candidatura) e autorização com firma reconhecida para viagem de menor se os pais estiverem presentes no embarque.

A regra para o reconhecimento de firma, a partir de hoje, será a seguinte: o servidor público deverá comparar a assinatura do cidadão com a firma que consta em seu documento de identidade. Já no caso da dispensa da autenticação de cópia de documento, haverá apenas a comparação entre original e cópia, podendo o funcionário atestar a autenticidade. Já a apresentação da certidão de nascimento poderá ser substituída por cédula de identidade, título de eleitor, identidade expedida por conselho regional de fiscalização profissional, carteira de trabalho, certificado de prestação ou de isenção do serviço militar, passaporte ou identidade funcional expedida por órgão público.

(mais…)

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 13 VAGAS NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

Sinebahia Ilhéus tem uma vaga para salgadeiro (a).

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis na próxima segunda-feira, 26, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

VENDEDOR INTERNO (PCD)

Vaga exclusiva para Pessoas com Deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses na função

01 VAGA 

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino fundamental Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Preferencialmente residir na Zona Sul de Ilhéus

02 VAGAS

CHAPISTA DE LANCHONETE
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

01 VAGA

(mais…)