TCM REJEITA CONTAS DE CARLOS ANDRÉ, PREFEITO DE SANTA CRUZ DA VITÓRIA

Carlos André, prefeito de Santa Cruz da Vitória.

O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quinta-feira, 06, rejeitou as contas do prefeito de Santa Cruz da Vitória, Carlos André de Brito Coelho, referentes ao exercício de 2017. O gestor extrapolou nos gastos com pessoal. O prefeito foi multado em R$17.200,00, que corresponde a 12% dos seus subsídios anuais, mais outra multa de R$6 mil pelas demais irregularidades identificadas nos relatórios.

A despesa total com pessoal correspondeu a 67% da receita corrente líquida do município no exercício, superior, portanto, ao limite de 54% estabelecido na LRF. O relator do parecer, conselheiro substituto Ronaldo Sant’anna, alertou que a administração municipal deve adotar medidas de redução do percentual para evitar a reincidência.

A receita arrecadada pelo município alcançou o montante de R$14.732.544,17 e as despesas realizadas foram de R$15.486.187,34, o que indica um déficit orçamentário de R$753.643,17, configurando desequilíbrio das contas públicas.

O relatório técnico registrou a tímida cobrança da Dívida Ativa Tributária do município. Além disso, foram apontadas irregularidades no acompanhamento da execução orçamentária, entre elas, falhas no sistema SIGA, do TCM, e desrespeito aos princípios constitucionais e regras legais no que diz respeito a licitação pública.

Em relação às obrigações constitucionais, o prefeito aplicou 25,25% da receita na manutenção e desenvolvimento do ensino, quando o mínimo exigido é 25%. No pagamento da remuneração dos profissionais do magistério foi investido um total de 73,32% dos recursos advindos do FUNDEB, sendo o mínimo 60%. Nas ações e serviços de saúde foram aplicados 16,78% dos recursos específicos, também superando o percentual mínimo de 15%.

COMÉRCIO DE ILHÉUS VAI ABRIR EM HORÁRIO ESPECIAL A PARTIR DO DIA 10

O Sindicato do Comércio Varejista de Ilhéus decidiu alterar o horário de funcionamento das lojas entre os dias 10 a 16 de dezembro deste ano, período que antecede o Natal.

De 10 a 14 (segunda a sexta-feira) o comércio vai abrir das 09 às 20 horas.

Dia 15 (sábado) das 09 às 18 horas.

Dia 15 (domingo) não haverá expediente comercial.

O horário de funcionamento a partir de 17 de dezembro ainda não foi decidido, mas será divulgado em breve.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 10 VAGAS PARA PEDREIROS

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nessa sexta-feira, 07.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO (PCD)

Exclusivo para Pessoas Com Deficiência

Não exige escolaridade

Não exige experiência

5 VAGAS 

EDUCADOR SOCIAL / MÚSICO

Ensino Médio Completo

Experiência com crianças e adolescentes  na área musical

1 VAGA 

ELETRICISTA INDUSTRIAL

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir cursos na área

1 VAGA 

(mais…)

PICADAS DE ABELHAS LEVAM 20 PESSOAS PARA O HOSPITAL EM BRUMADO

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste.

Pelo menos vinte pessoas foram atendidas no Hospital Professor Magalhães Neto, em Brumado, no início da noite de ontem (quarta-feira, 05), após serem atacadas por um enxame de abelhas na Avenida Coronel Santos, entrada da BA-262.

As abelhas estavam alojadas em um veículo, numa oficina mecânica da região. No momento em que o mecânico pretendia iniciar os reparos de manutenção, os insetos sobrevoaram a via e atacaram pedestres e condutores de veículos. Apavorados, os populares corriam desnorteados em busca de abrigo contra as abelhas, o que por pouco não provocou acidentes.

O ataque durou cerca de 20 minutos, o suficiente para causar ferimentos e levar vários atingidos à unidade de saúde. As abelhas se dispersaram pouco depois.

Desequilíbrio ambiental

O caso de Brumado é emblemático, pois estudos científicos apontam a diminuição das populações de abelhas no mundo, principalmente na Europa. Esses insetos polinizadores são fundamentais para a reprodução de inúmeras espécies vegetais.

O declínio das abelhas vem ocorrendo por inúmeros motivos, dentre eles: a destruição dos seus habitats; uso abusivo de pesticidas; invasão de espécies exóticas, como a vespa asiática que ataca as colmeias, o ácaro Varroa que chupa seus líquidos internos, o parasita Nosema apis que afeta seu aparelho digestivo; e a mudança climática. Contudo, ainda faltam dados conclusivos, precariedade que impede a ciência de afirmar o que está ocorrendo realmente.

Com informações do Achei Sudoeste e do El Pais.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 15 VAGAS NESSA SEXTA-FEIRA

Sinebahia Ilhéus tem uma vaga para operador de ressonância magnética.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa sexta-feira, 07, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

ENGENHEIRO MECÂNICO (VAGA PARA JOVEM APRENDIZ)

Ensino Superior em Engenharia Mecânica a partir do 6° semestre

Possuir curso de Informática Intermediaria

01 VAGA 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (VAGA PARA JOVEM APRENDIZ)

Ensino Superior em Administração ou Economia a partir do 6° semestre

Experiência mínima de 06 meses comprovada na função

Possuir curso de Informática Intermediaria

01 VAGA

GARÇOM

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Residir em Serra Grande ou Uruçuca

Disponibilidade de horário

01 VAGA

(mais…)

COAF ENCONTRA MOVIMENTAÇÃO ANORMAL EM CONTA DE EX-ASSESSOR DE FLÁVIO BOLSONARO

Flávio Bolsonaro. Foto: Alex Silva/Estadão.

Segundo reportagem do Estadão, um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) encontrou movimentação anormal de R$ 1,2 milhão em uma conta no nome de um ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) – filho mais velho do presidente eleito Jair Bolsonaro. A operação que carece de explicações ocorreu entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017.

O documento foi anexado pelo Ministério Público Federal à investigação que deu origem à Operação Furna da Onça, realizada no mês passado e que levou à prisão dez deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Fabrício José Carlos de Queiroz foi exonerado do gabinete de Flávio Bolsonaro no dia 15 de outubro deste ano. Registrado como assessor parlamentar, Queiroz é também policial militar e, além de motorista, atuava como segurança do deputado.

O Coaf informou que foi comunicado das movimentações de Queiroz pelo banco porque elas são “incompatíveis com o patrimônio, a atividade econômica ou ocupação profissional e a capacidade financeira” do ex-assessor parlamentar.

O relatório também cita que foram encontradas na conta transações envolvendo dinheiro em espécie, embora Queiroz exercesse uma atividade cuja “característica é a utilização de outros instrumentos de transferência de recurso”.

O nome de Queiroz consta da folha de pagamento da Alerj de setembro com salário de R$ 8.517. Ele era lotado com cargo em comissão de Assessor Parlamentar III, símbolo CCDAL- 3, no gabinete de Flávio Bolsonaro. Conforme o relatório do Coaf, ele ainda acumulava rendimentos mensais de R$ 12,6 mil da Polícia Militar.

A reportagem completa esta neste link.

O SOFRIMENTO DAS MÃES DE CRIANÇAS NASCIDAS COM MICROCEFALIA

Da Agência Fiocruz.

Tão vulneráveis quanto as crianças nascidas com microcefalia em decorrência da zika nos últimos três anos, no Brasil, são suas mães e outras mulheres envolvidas em seus cuidados diários. Numa rotina sistemática de consultas médicas, atividades de estímulo e de recuperação de suas crianças, elas tiveram que largar o trabalho – o que impacta na renda da família -, abandonar projetos pessoais e enfrentar as dificuldades de um sistema de saúde despreparado para atender seus filhos. Esses dados são parte dos resultados da pesquisa Impactos Sociais e Econômicos da Infecção pelo Vírus Zika, que foram apresentados na última sexta-feira (30/11), no auditório da Fiocruz Pernambuco. Desenvolvido em conjunto pela Fiocruz Pernambuco, Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e London School of Hygiene and Tropical Medicine, o estudo mostra que avós, tias e irmãs adolescentes também são figuras importantes na rotina de atendimentos terapêuticos e nas atividades domésticas.

Os pais, quando presentes na vida cotidiana dessas crianças, são responsáveis por manter o sustento da família e ajudar em atividades domésticas que visam tornar mais leves os cuidados centrados nas mães. Com dados coletados de maio de 2017 a janeiro de 2018, nas cidades do Recife, Jaboatão dos Guararapes (PE) e Rio de Janeiro, a pesquisa, além de descrever o impacto da Síndrome Congênita da Zika (SCZ) nas famílias, estimou o custo da assistência à saúde das crianças com SCZ para o Sistema Único de Saúde (SUS) e para suas famílias – 50% tinham renda entre um e três salários mínimos – e identificou os impactos nas ações e serviços de saúde e na saúde reprodutiva.

Em relação às despesas, verificou-se que o custo médio com consultas em um ano foi 657% maior entre as crianças com microcefalia ou com atraso de desenvolvimento grave causado pela síndrome (grupo 1) do que com crianças sem nenhum comprometimento (grupo 3 – controle). A quantidade de consultas médicas e com outros profissionais de saúde foram superiores em 422% e 1.212%, respectivamente. Já os gastos das famílias com medicamentos, hospitalizações e óculos, entre outras coisas, ficaram entre 30% e 230% mais elevados quando comparados com as crianças sem microcefalia, mas com manifestações da SCZ e com atraso de desenvolvimento (grupo 2) e com as do grupo 3, respectivamente.

Entre as dificuldades do dia a dia, essas famílias também esbarraram numa assistência de saúde insuficiente e fragmentada, com problemas no cuidado, ausência de comunicação entre os diversos serviços especializados, assim como entre níveis de complexidade. Para os profissionais de saúde, a epidemia deu visibilidade às dificuldades de acesso de outras crianças com problemas semelhantes, determinados por outras patologias/síndromes congênitas. Revelou, ainda, que as ações governamentais continuam centradas no mosquito transmissor e na prevenção individual, sem atuação sobre os determinantes sociais.

(mais…)

GUIA DO ESTUDANTE DESTACA CURSOS DA UESC

Uma pesquisa nacional do Guia do Estudante (GE) para a edição de 2019 classificou vários cursos de graduação da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) neste ano.  O GE é uma publicação da Editora Abril, voltada para estudantes e profissionais da educação. A edição com os dados sobre a UESC já está nas bancas e disponível também no site da revista.

O Curso de Bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais Lea-In, da UESC, implantado através de uma parceria com a Universidade de La Rochelle, na França, completa 15 anos de atuação e recebeu as quatro estrelas do Guia do Estudante.  O curso de Biomedicina, que teve nota 5 no Enade manteve as suas 4 estrelas no Guia. O curso de Enfermagem também foi estrelado na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante.

Por sua vez o curso de Comunicação Social – Rádio e TV (Rádio, TV e Internet), que teve elevadas de três para quatro estrelas, reflete os esforços de estudantes, professores, técnicos e gestores de projetos de pesquisa, ensino e extensão para oferecer uma formação de qualidade, afinada com as necessidades acadêmicas e de mercado, bem como comprometida com a construção de um sujeito integral, consciente de seus direitos e deveres como cidadão e como profissional ético.

A avaliação é feita por mais de três mil professores de todo o Brasil, mediante preenchimento de questionários respondidos pelos coordenadores dos cursos, de forma prévia e voluntária. É possível analisar no máximo 35 cursos da região, em que o profissional reside, desde que não tenha vínculo com a instituição.