SINDSEFAZ CONSIDERA “MADURA” DECISÃO DO GOVERNO DE MANTER TETO DE DESEMBARGADOR NO ESTADO

Cláudio Meirelles, diretor de Organização do Sindsefaz. Foto: Ascom.

O governo estadual vai modificar a PEC que trata do teto salarial no serviço público da Bahia. A proposta que foi enviada à Assembleia Legislativa no dia 29 de novembro passado propunha alterar o teto de salários, que estava vinculado ao vencimento de desembargador, passando para o vencimento de governador.

A mudança se deu após uma semana de intensas mobilizações dos fazendários e várias articulações com a liderança do governo na Assembleia, com a Casa Civil, a Secretaria de Administração e a Presidência da Alba. Agora, serão consideradas as decisões que beneficiam categorias que conquistaram na justiça o direito ao teto de desembargador. É o caso dos fazendários do Estado, que estão resguardados por uma ação vitoriosa do Sindsefaz (Sindicato dos Fazendários do Estado da Bahia), que transitou em julgado desde 22 de agosto de 2016.

Para o Sindicato, foi uma vitória dos fazendários. Mas foi também uma atitude madura do governo, que voltou atrás após perceber que tal medida provocaria mais danos que benefícios. “A mudança do teto traria uma economia de 0,17% na folha salarial do Estado, mas em contrapartida, iria provocar um colapso nas contas públicas, caso se confirmasse a aposentadoria de centenas de fazendários, com impactos diretos na arrecadação”, diz Cláudio Meirelles, diretor de Organização do Sindsefaz.

Cláudio diz que a proposta, como estava, além de ser ilegal, porque desrespeitava a decisão judicial, acima citada, que garante aos fazendários o teto de desembargador, também trazia insegurança jurídica quando à remuneração dos servidores do Fisco, principalmente aqueles que estão em condições de se aposentador (com abono permanência).

“Isso acontece porque, como muitos funcionários da Secretaria da Fazenda (Sefaz) recebem remuneração acima do vencimento do governador, eles teriam que trabalhar pelo menos mais 5 anos para levar à aposentadoria o que excederia o novo teto fixado”, diz Cláudio. Ele explica que este é o entendimento da Procuradoria do Estado, que exige 5 anos ininterruptos, ou 10 anos interpolados, para acumulação de “vantagem pessoal”, rubrica onde estaria o excedente ao teto.

(mais…)

ÔNIBUS COM DEFEITO: PASSAGEIROS SOBEM LADEIRA DA PRINCESA ISABEL ANDANDO

Imagem extraída de vídeo no Youtube,

O Blog do Gusmão recebeu um vídeo que mostra usuários do transporte coletivo de Ilhéus subindo a ladeira da Avenida Princesa Isabel andando. Todos estavam dentro de um ônibus da empresa São Miguel, mas foram obrigados a descer pois o carro não teve força para vencer a ladeira.

O fato inusitado e perigoso aconteceu na manhã desta sexta-feira, 07.

Em contato com o blog, a direção da empresa São Miguel informou que o carro está em conserto.

Justificou que um entupimento no filtro impediu o motor de atingir a rotação ideal para subir a ladeira.

SINEBAHIA ITABUNA TEM 84 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Sinebahia Itabuna tem uma vaga para encarregado de supermercado.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis na próxima segunda-feira, 10.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO (PCD)

Exclusivo para Pessoas Com Deficiência

Não exige escolaridade

Não exige experiência

5 VAGAS 

MOTORISTA CAMINHÃO MUCK

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir certificado em Muck

1 VAGA 

ENCARREGADO DE SUPERMERCADO/ FRENTE DE CAIXA

Ensino Superior Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na carteira com gestão de varejo

1 VAGA 

(mais…)

ACUSADOS DE ESTELIONATO TENTARAM SACAR R$ 45 MIL DE UM BANCO

Kaique Moreira e Edson Oliveira foram presos em flagrante. Foto: Ascom Polícia Civil.

Investigadores da Polícia Civil prenderam dois homens acusados de estelionato na manhã de quinta-feira, 6, em Planalto, cidade do sudoeste da Bahia. Edson Oliveira dos Santos Filho, de 33 anos, e Kaique Moreira de Souza, 28, tentavam sacar R$ 45 mil de uma agência bancária.

Segundo o delegado Sérgio Fabiano de Carvalho, o dinheiro era proveniente de uma transferência bancária fraudulenta. “Estamos apurando o envolvimento de criminosos de outros estados na prática desses delitos”, comentou.

A dupla foi autuada em flagrante na unidade policial e deve ser encaminhada para audiência de custódia.