O ALEMÃO QUE REVOLUCIONOU OS ESTUDOS INDÍGENAS NO BRASIL

Do DW.

Considerado o pai da etnologia no país e pioneiro da linguística, Curt Nimuendajú dedicou mais de 40 anos ao estudo dos povos indígenas brasileiros. Seu acervo foi destruído no incêndio do Museu Nacional.

O pesquisador alemão, sentado, durante expedição no Brasil. Fonte: Museu de Arqueologia e Etnologia da USP.

Após a morte do pesquisador Curt Nimuendajú, em 1945, houve uma intensa disputa entre instituições científicas para comprar o seu acervo, um dos mais importantes sobre os indígenas do Brasil. Afinal, por mais de quatro décadas, o alemão que se naturalizou brasileiro realizou trabalhos de imersão em comunidades de todo o território nacional. Há exatos 100 dias, completados nesta terça-feira (11/12), seu pequeno tesouro foi destruído no incêndio que atingiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro.

“Nimuendajú é o pai fundador da etnologia brasileira, com obra mais alentada e relevante que a de todos nós que o sucedemos.” A definição do famoso antropólogo Darcy Ribeiro sinaliza a importância da contribuição do pesquisador de origem alemã para o estudo dos povos indígenas no Brasil.

Aos 20 anos de idade e sem formação acadêmica, Nimuendajú, que então ainda se chamava Kurt Unckel, deixou um próspero emprego na fábrica de lentes da Zeiss, na Alemanha, onde havia recebido treinamento de mecânica ótica. Com dinheiro emprestado pela irmã, ele rumou para o Brasil.

De acordo com informações encontradas pela antropóloga Elena Welper, que estudou intensamente a vida e a obra do pesquisador, a motivação mais forte para a viagem do jovem ao Brasil foi a realização de um sonho de infância.

Em depoimentos, amigos e familiares relatam que, desde muito cedo, ele demonstrou interesse “exclusivo” por índios e mapas. Além de passar horas na sala de leitura de Jena, sua cidade natal, estudando intensamente revistas e mapas, ele liderava “brincadeiras de índios” que incluíam expedições de caça e acampamentos.

Pouco se sabe sobre o que o jovem fez nos dois primeiros anos de sua estadia, embora haja indícios de que tenha trabalhado em uma loja de ferragens de um alemão e participado de uma expedição ao sertão paulista.

Em 1905, ele finalmente se juntou aos apapocuva, povo guarani do estado de São Paulo que hoje é conhecido por nhandeva. Já em sua primeira imersão, que durou dois anos, o pesquisador produziu uma monografia cujo valor é reconhecido até hoje, A lenda da criação e destruição do mundo na religião dos apopokuva-guarani, publicada em 1915.

Após passar por um ritual de batismo nessa comunidade, recebeu o nome indígena que adotou oficialmente, Nimuendajú – “aquele que fez sua morada”. O primeiro nome foi “abrasileirado” para Curt, e, em 1922, ele se naturalizou brasileiro, tendo abandonado o sobrenome original.

A profundidade do contato com as comunidades estudadas se tornou a principal marca de seu trabalho, como destaca o antropólogo João Pacheco de Oliveira, professor e pesquisador do Museu Nacional.

“Nimuendajú foi bastante inovador em relação ao modo de realizar etnografias. Ele foi um investigador de campo absolutamente dedicado aos índios, tinha uma relação de imersão muito forte, e vivia com eles dentro de um processo de adaptação quase absoluta aos modos de ser dos indígenas”, afirma.

“Não é um pesquisador que vem e observa as coisas da varanda para o centro da aldeia, mas alguém que cria uma relação muito densa e forte com essas populações. Curt realizou uma etnografia radical, solidária, comprometida com os índios e a defesa de seus interesses”, acrescenta.

Embora não tivesse formação específica em sua área de atuação e atuasse de forma independente, sem vínculos com instituições científicas, não tardou para que o pesquisador despertasse interesse pelo seu trabalho no exterior. A principal fonte de renda de Curt vinha justamente da venda de coleções de objetos culturais indígenas para instituições de outros países, em especial para o Museu de Gotemburgo, na Suécia.

(mais…)

VÍDEO: GUARDA MUNICIPAL DE ILHÉUS É ACUSADO DE AGREDIR PASSAGEIRO DE ÔNIBUS

Magnaldo. Imagem extraída do vídeo que circula na WEB.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que passageiros de um ônibus acusam o guarda municipal Magnaldo de ter agredido outro passageiro. O episódio aconteceu ontem, 11, em Ilhéus. Veja a gravação.

Hoje (12), em contato com o Blog do Gusmão, o comandante da Guarda Municipal de Ilhéus, Leonardo Bandeira, explicou que o passageiro supostamente agredido disse palavrões ao guarda, depois que o servidor havia pedido licença para entrar no veículo.

O comandante suspeita que o passageiro em questão tem raiva dos guardas municipais de Ilhéus, porque, segundo Bandeira, ele já foi detido pelos servidores por furtar equipamentos públicos.

Por outro lado, Bandeira disse ao blog que o guarda “usou de força excessiva” e errou por não ter acionado a Guarda Municipal logo após o ocorrido.

Em nota, o comandante explica que todas as providências estão sendo tomadas para a devida apuração dos fatos. Clique aqui para ler.

SELEÇÃO DA DEFENSORIA PÚBLICA TEM 77 VAGAS E SALÁRIO DE ATÉ R$ 2.614

O processo seletivo da Defensoria Pública do Estado da Bahia abriu 77 vagas para contratação temporária de profissionais com ensino médio, técnico e superior, além de formar cadastro reserva.

As vagas de nível superior são para graduados em: Direito; Administração; Ciências Contábeis; Secretariado Executivo; Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Tecnologia em Rede Computadores; Jornalismo; Design; Produção; Audiovisual; Arquitetura; Engenharia Civil; Engenharia Elétrica e Pedagogia. A função de agente administrativo exige apenas ensino médio. Há três vagas para técnicos em informática. A remuneração dos cargos varia de R$ 1.543,99 a R$ 2.614,65.

Confira no edital os quadros de distribuição das vagas por cidade ou região.

As inscrições vão até o próximo dia 16, um domingo, no site de seleção da UNEB. A taxa varia de cinquenta a setenta reais.

As provas estão marcadas para 27 de janeiro de 2019, também um domingo, em: Salvador Irecê; Barreiras; Itaberaba; Serrinha; Itabuna; Eunápolis; Teixeira de Freitas; Vitória da Conquista; Santo Antônio de Jesus; Juazeiro; Caetité; Jacobina; Feira de Santana; Paulo Afonso; Jequié e Alagoinhas.

NOTA DE RETRATAÇÃO E COMPOSIÇÃO CIVIL

No dia 06 de junho de 2018, o Blog do Gusmão informou aos seus leitores que a Valec estava disposta a destinar recursos de compensação ambiental (em torno de R$ 22 milhões) para o município de Ilhéus.

Com base nos relatos de duas fontes com livre trânsito na Valec – também ouvidos pelo vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal – informamos a versão de um comportamento supostamente inadequado do prefeito Mário Alexandre, durante reunião ocorrida em janeiro de 2018, na sede da Valec em Brasília (DF), que teria inviabilizado o aporte de recursos.

Por meio desta nota, a título de retratação e composição civil, informamos que um e-mail da assessoria de comunicação da Valec, enviado ao então secretário de comunicação, Alcides kruschewsky, no dia 14 de junho de 2018, apresenta outra versão sobre a presença do prefeito Mário Alexandre na sede da empresa.

Publicamos abaixo a íntegra do e-mail enviada pela Valec.

Clique sobre a imagem para ampliá-la.

Em tempo, a título de retração e composição civil, admitimos que não dispomos de provas materiais quanto ao suposto estado de embriaguez do prefeito Mário Alexandre, durante a reunião ocorrida na Valec em janeiro de 2018.

VÍDEO: FUTURA MINISTRA RELATA ENCONTRO COM JESUS NUMA GOIABEIRA

Damares Alves.

Escolhida para comandar o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos no governo Bolsonaro, a pastora Damares Alves revela, no vídeo abaixo, a experiência que teve ao ver Jesus subir num pé de goiaba na casa do pai dela.

O evento narrado ocorreu na infância da futura ministra. Ela deu seu testemunho num culto evangélico. Assista.

SINEBAHIA ITABUNA TEM 77 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Há duas vagas para o cargo de manicure.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis na próxima quinta-feira, 13.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

MOTORISTA CAMINHÃO MUCK

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir certificado em Muck

1 VAGA

PEDREIRO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

10 VAGAS

SERVENTE DE OBRAS

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

15 VAGAS

(mais…)

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 20 VAGAS DE EMPREGO NESSA QUINTA-FEIRA

Uma das vagas é para o cargo de auxiliar de recepção.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa quinta-feira, 13, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

AUXILIAR DE RECEPÇÃO

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Residir preferencialmente na Zona Sul de Ilhéus

Disponibilidade de horário

01 VAGA

OFICIAL DE SERVIÇOS GERAIS

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Residir preferencialmente na Zona Sul de Ilhéus

01 VAGA

OPERADOR DE EMPILHADEIRA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir CNH categoria AB
Apresentar Curso Atualizado

08 VAGAS

(mais…)

NASCIDOS EM DEZEMBRO PODEM SACAR ABONO SALARIAL A PARTIR DESSA QUINTA

Os trabalhadores que nasceram no mês de dezembro vão poder sacar o abono salarial do PIS a partir dessa quinta-feira, 13 de dezembro. O prazo vai até 28 de junho de 2019.

Têm direito ao abono as pessoas que trabalharam pelo menos trinta dias com carteira de trabalho assinada em 2017. O valor varia de R$ 80 a R$ 954, conforme o número de meses trabalhados.

O benefício é restrito aos trabalhadores que receberam, em média, até dois salários mínimos por mês ao longo do último ano e estão inscritos há pelo menos cinco anos no PIS. Além disso, a empresa onde o funcionário prestou serviço deve ter informado todos os dados da relação de emprego ao governo federal.

FEIRA DE ADOÇÃO DE CÃES E GATOS NO HERNANI SÁ

Evento vai começar às 10h desse domingo.

O Instituto Planeta dos Bichos vai realizar sua última feira de adoção de cães e gatos em 2018. O evento está marcado para 10 horas do próximo domingo (16), na praça do bairro Hernani Sá, na zona sul de Ilhéus, com o apoio da prefeitura.

A presidente do instituto, Maria da Conceição Barbosa (Ceiça), explica que “os animais já estão vacinados, ou seja, só precisam mesmo é de atenção, companhia e cuidados”. “No dia da feira, a Clínica Casa do Bicho estará com um estande, onde médicos veterinários irão fornecer orientações de como adotar e cuidar de um amigo de quatro patas”, complementa.

AGRICULTORES DE URUÇUCA RECEBEM MUDAS DE CACAU

O secretário Águido Muniz participou da entrega das mudas aos agricultores. Imagem: Secom-Uruçuca.

Na segunda-feira (10), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a Prefeitura de Uruçuca entregou mudas de cacau a agricultores de Barrocão. O secretário Águido Muniz informou que ainda nssa semana os produtores do Assentamento Rochedo também vão receber mudas.

Conforme a prefeitura, a distribuição das plantas ocorre desde 2017, por determinação do prefeito Moacyr Leite (DEM), que conseguiu o apoio de agricultores familiares e da Biofábrica de Cacau para disponibilizar as mudas.

PSOL: MARÃO NÃO PODE AUMENTAR PASSAGEM DE ÔNIBUS SEM ANUÊNCIA DA CÂMARA

Prefeito Marão. Foto: Secom-Ilhéus.

Ontem (11), o Conselho Municipal de Transporte e Trânsito recomendou ao prefeito Mário Alexandre (PSD) o aumento da passagem de ônibus de R$ 3.50 para R$ 3.80.

Um folheto digital do PSOL, que circula nas redes sociais (veja aqui), veicula texto sobre o rito do aumento da passagem em Ilhéus.

Segundo o cartaz, o artigo 101 da Lei Orgânica do Município subordina o reajuste da tarifa à anuência da Câmara de Vereadores. No entanto, diz a publicação, em 2017 o prefeito concedeu o aumento sem consultar o Legislativo.

O Blog do Gusmão consultou hoje (12) a cópia da Lei Orgânica do Município disponível no site da Câmara de Vereadores. Nessa versão, o trecho da lei citado pelo cartaz aparece no artigo 111.

Ontem, o site oficial da Câmara de Vereadores informou que todos os parlamentares se posicionaram contra o reajuste da passagem. Os internautas que leram apenas o título da matéria podem ter pensado que os vereadores votaram contra o aumento.

Na verdade, os edis apenas expressaram suas opiniões. O próprio texto da Câmara informa que “o aumento da passagem não passa pelo Legislativo ilheense”. “Um projeto de Lei que está em trâmite tenta trazer apreciação do aumento da passagem ao crivo dos vereadores”, completa.

Contudo, a informação da Câmara parece contradizer o artigo 111 da Lei Orgânica do Município, que diz: “As tarifas dos serviços públicos deverão ser fixadas pelo Executivo, tendo-se em vista a justa remuneração, mediante a anuência do Poder Legislativo”. De acordo com o aplicativo do Dicionário Aurélio, anuência significa: “consentimento que implica aprovação”.

De duas, uma: ou existe um conflito de interpretação sobre o procedimento correto para o reajuste da passagem e ele está centrado na palavra “anuência”, ou o artigo 111 da Lei Orgânica foi alterado e, por consequência, a versão disponível no site da Câmara está defasada.

Atualizado às 9h50min.

Em contato com o Blog do Gusmão, o vice-prefeito José Nazal (REDE) explicou que a exigência da anuência da Câmara foi revogada na última gestão do ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP).

Portanto, a versão da Lei Orgânica disponível para consulta no site da Câmara está defasada há anos.