O DIA EM QUE O SECRETÁRIO BENTO LIMA PERDEU A COMPOSTURA E O DECORO

Secretário Bento Lima em momentos animalescos de ameaças ao Blog do Gusmão no fórum de Ilhéus.

A história lamentável de um “advogado” que desrespeitou a casa da justiça ao trocar as leis pelos punhos.

Na última sexta-feira, 14, estava marcada uma audiência de conciliação entre o editor deste blog, Emilio Gusmão, e o secretário de administração de Ilhéus, Bento Lima.

O secretário processou o blog motivado por uma nota sobre a empresa RBS, que aluga máquinas pesadas para a Prefeitura de Ilhéus.  O texto informa que coincidentemente a mesma empresa venceu uma licitação em Una, quando Bento Lima prestava serviços jurídicos à gestão passada da cidade vizinha.

O contrato da RBS com a Prefeitura de Ilhéus é alvo de investigação da Polícia Federal, após o desencadeamento das operações Sombra e Escuridão e Elymas Magus. Até o exato momento não há denúncia do Ministério Público Federal ou decisão da justiça capaz de comprometer os atuais gestores públicos de Ilhéus.

Ao chegar no 1º andar do prédio anexo do Fórum Epaminondas Berbert de Castro, Bento Lima se aproximou de Emilio Gusmão e desferiu duas tapas intimidatórias em seu rosto. O editor, que estava de cabeça baixa, levantou-se e exigiu respeito.

Daí em diante, Bento Lima atingiu o desequilíbrio emocional absoluto. Disposto às vias de fato, partiu para cima de Emilio Gusmão com o objetivo de agredi-lo fisicamente. Mesmo sendo advogado, o secretário de administração não respeitou a casa da justiça e partiu para a luta corporal. Foi contido por dois advogados. Tomado pela raiva, pronunciou vários xingamentos e não economizou palavras de baixo calão contra o editor. Aproximadamente dez pessoas assistiram as cenas lamentáveis. Todas ficaram estarrecidas, principalmente quando Bento Lima deu um grande empurrão em sua advogada, Janaina Araujo.

Bento dá um empurrão em sua advogada e desafia soldados da PM.

A tentativa de agressão física e as ofensas contra o editor foram registradas e serão colocadas à disposição da justiça. O advogado da vítima recomendou que o vídeo não fosse divulgado, por enquanto.

A Polícia Militar foi chamada. Dois policiais tentaram conter Bento Lima, que muito descontrolado desafiou a dupla: “Me algemem. Só saio daqui algemado”. Um dos militares advertiu que se o escândalo continuasse, ele seria retirado à força do fórum.

Orientado por seu advogado, Emilio Gusmão não participou da audiência. A conciliadora Quelle Cruz registrou o atrito em ata. A advogada de Bento Lima tentou justificar a confusão, que na visão do seu cliente aconteceu por conta das publicações do blog.

O ato lamentável prova que infelizmente o principal secretário do governo Mário Alexandre não tem preparo para a vida pública. Na força física e na intimidação judicial quer calar o blog e evitar qualquer tipo de informação ou questionamentos sobre seus atos administrativos. Quer gerir a cidade da mesma forma como determina os rumos da sua vida particular, ou seja, não quer dar satisfações a ninguém.

Ressaltamos que em nenhum momento nos referimos à vida intima do secretário Bento Lima. Todos os textos que fazem menção a ele se referem a assuntos de interesse coletivo.

Além de nos intimidar com processos, Bento decidiu partir para a força física, pois sabe que os textos do blog estão amparados na Constituição Federal e no direito concreto e estabelecido à liberdade de imprensa e manifestação do pensamento.

Vale lembrar que em agosto deste ano, ao ser questionado pelo blog sobre o valor de quentinhas pagas pela Prefeitura de Ilhéus, o secretário nos fez ameças por telefone (clique aqui).

O Blog do Gusmão vai manter sua postura e não vai recuar diante das ameaças, mesmo que representem perigos a integridade física do editor.

Em tempo: o Blog do Gusmão responde a processos movidos pelo prefeito Mário Alexandre e pelo secretário Bento Lima. Em caráter excepcional pedimos contribuições aos nossos visitantes para cobrir as despesas com advogados. Até o momento nossa “vakinha” atingiu 33,25% da meta. Seu apoio é muito importante, clique aqui.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *