365 NOVAS CHANCES

Por Natália Lima.            

É chegado o último mês do ano. Dezembro bate na porta com um gorro de natal, mesas fartas, fogos de artificio e o sentimento de amor e renovação em cada coração. Não apenas festas e espumantes, dezembro se trata de uma conversa intima, muito além do que vestir uma cor e pular as sete ondinhas. É olhar para trás e saber que mais um ciclo se fechou para outro iniciar, é entender que sempre teremos uma nova chance. O que podemos fazer melhor em nosso presente para que nos espere o extraordinário em nosso futuro?

Comece modificando suas crenças e experimentando o desapego nos pequenos detalhes. Que tal passar um dia sem navegar na web? Parece uma tarefa difícil e alguns até diriam que impossível. Aos poucos vamos superando limites e conquistando novas formas de enxergar o nosso entorno, indo além do dito e da consciência tática da maioria. Pare de procrastinar, de culpar o mundo pelo seu fracasso, leia bons livros que estejam ligados ao seu propósito de vida, estabeleça datas para o alcance de tais objetivos e nunca se esqueça de estar com pessoas que te motivam, torcem por você e querem o seu bem.

(mais…)

ALISTAMENTO MILITAR OBRIGATÓRIO PODE SER FEITO NO SAC DE ILHÉUS

O alistamento militar obrigatório para os jovens brasileiros do sexo masculino, em 2019, poderá ser feito no período de 2 de janeiro a 30 de junho, para os cidadãos nascidos no ano de 2001. Em Ilhéus, o alistamento é realizado no escritório da Junta do Serviço Militar, localizado no SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão), na Rua Eustáquio Bastos, 308, sala 12, centro da cidade.

O alistamento militar é um processo importante para o recrutamento de pessoal para o exército brasileiro e é obrigatório para todo cidadão com idade igual ou superior a 18 anos. São documentos necessários ao procedimento: comprovante de residência, carteira de identidade ou certidão de Nascimento ou carteira de trabalho e CPF (Certidão de Pessoa Física).

De acordo com o secretário da Junta do Serviço Militar em Ilhéus, Adailson Ricardo de Jesus Arcanjo, o horário de atendimento é das 7 às 12 e das 13 às 15h30min, de segunda a sexta-feira. Ele informa que o procedimento pode ser feito também através do site www.alistamento.eb.mil.br.

Os jovens que não fizerem o alistamento no período de 2 de janeiro a 30 de junho estarão sujeitos ao pagamento de multa e a outras sanções, como, por exemplo, não poder requerer passaporte ou ocupar cargos públicos. A estimativa é de que cerca de cinco mil jovens compareçam para o alistamento militar em Ilhéus.

Texto: Secom Ilhéus.

MÉDICOS DO HOSPITAL COSTA DO CACAU DÃO PRAZO DE 10 DIAS AO INSTITUTO GERIR

Médicos do HCC ameaçam entrar em greve.

Por meio de uma carta protocolada nesta quarta-feira, 26, os médicos do Hospital Costa do Cacau deram prazo de 10 dias ao Instituto Gerir para que apresente proposta de pagamento dos salários atrasados de setembro, outubro, novembro e dezembro (prestes a findar) de 2018.

Os médicos questionam também o desabastecimento de insumos e a saída de firmas terceirizadas. Segundo informações colhidas pelo Blog do Gusmão, a falta de materiais básicos diminuiu bastante o número de cirurgias eletivas realizadas pelo hospital.

Na mensagem encaminhada à diretoria do Gerir, os profissionais informam ter ciência de que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) tem feito repasses regulares à administradora do hospital. A comprovação está no portal Transparência Bahia.

Se a questão não for resolvida, o corpo clínico ameaça entrar em greve e formalizar denúncias na SESAB, Ministério Público, Conselho Regional de Medicina e Sindicato dos Médicos.

Caso a greve aconteça, os atendimentos de urgência e de emergência serão prejudicados. Usuários do SUS de Ilhéus e região, bem como, milhares de turistas que visitam o sul da Bahia na alta temporada estarão sob risco de vida.

Em relação aos atrasos, a Sesab divulgou a seguinte nota.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia informa que realiza pagamentos regulares e consecutivos ao Instituto Gerir, que faz a gestão do Hospital Regional Costa do Cacau, sendo o último realizado em 11 de dezembro de 2018, no valor de R$ 5.328.650,46. Além das auditorias do SUS e das fiscalizações contratuais periódicas nas quais todos os fornecedores estão submetidos, a Sesab instaurou sindicância a fim de apurar os questionamentos levantados pela imprensa sobre o pagamento dos trabalhadores.

AOS SETE GUARDIÃES

Por José Eli da Veiga, publicado nesta quarta-feira (26/12) no jornal Valor.

O último meio século de história da China é evidência empírica de que liberdade política e democracia não são condições necessárias ao desempenho econômico, do qual tanto depende o desenvolvimento. E não foi outro o pressuposto da decisão que – pela primeira vez, desde 1937, e pela quinta vez, na história do Brasil – fechou sine die o Congresso, com o Ato Institucional nº 5.

Achando-o “insuficiente”, o recém quarentão e ainda meio obscuro ministro da Fazenda Delfim Netto se empenhou em convencer o marechal Costa e Silva a dar guinadas ainda mais despóticas, “absolutamente necessárias para que este país possa realizar o seu desenvolvimento com maior rapidez”.

Eis uma das pérolas a reluzir em dez páginas que deveriam ser leitura obrigatória para a conclusão do ensino médio: o capítulo “A Missa Negra”, do livro A Ditadura Envergonhada, de Elio Gaspari. Ótima ajuda para entender as subsequentes dezenas de atos complementares e verdadeiro tsunami de decretos-lei. Destes, foram cinquenta só na quinzena do apagar das luzes de 1968. Alguns bem cômicos, como mostrará visita ao http://www.planalto.gov.br .

Há 50 anos o Brasil era a nação que mais prometia. Hoje, chega no máximo a ser forte exportador de produtos agropecuários

Entre as perguntas suscitadas por tamanho festival tirânico, uma merece especial atenção de governantes nostálgicos da ‘missa negra’: como explicar a incompetência da ditadura brasileira em produzir, ao menos parcialmente, os feitos da homóloga chinesa e, mutatis mutandis, sul-coreana e chilena?

Há cinquenta anos, era o Brasil a nação que mais prometia no quarteto. Hoje, porém, chega no máximo a ser forte exportador de produtos agropecuários e minerais, inteiramente alijado do confronto geoeconômico central deste início de século, em torno de semicondutores, inteligência artificial, robótica, internet das coisas, nano e biotecnologias. Certamente porque a embriaguez das espetaculares taxas de crescimento colhidas no quinquênio 1969-1973 pela “ditadura escancarada” induziu fantasias estratégicas muito discrepantes das ‘Quatro Modernizações’ chinesas, consolidadas desde 1976 pela rápida vitória de Deng Xiaoping e amplamente divulgadas em 18 de dezembro de 1978.

(mais…)

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 30 VAGAS DE TRABALHO

Uma vagaa para motorista entregador no Sinebahia Itabuna.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nessa quinta-feira, 27.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO (PCD)

Vaga exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

Possuir curso de vigilante ou Bombeiro Civil

20 VAGAS 

MOTORISTA ENTREGADOR

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir curso MOPP

Possuir CNH ‘AB’

1 VAGA 

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 VAGA 

(mais…)

BINHO ALVES ANIMA RÉVEILLON DE UBAITABA COM SUCESSOS DO ARROCHA

Binho Alves. Foto: divulgação.

O cantor Binho Alves anima a festa de final de ano na Praça Cultural, no centro de Ubaitaba, com um show repleto de sucessos. O evento “Binho Alves Retrô” é promovido pela Prefeitura de Ubaitaba. A gestão da prefeita Suka Carneiro deseja que a festa de réveillon fique marcada na memória do público da cidade.

Binho Alves, artista do arrocha, é autor das músicas “Um Novo Amor”, “Sem Medo de Amar”, “Me liga Amor” e “Não Vou Chorar” – disponível em várias plataformas online. 

O show está programado para segunda-feira, dia 31, a partir das 22h, na Praça Cultural.  As irmãs Mabel e Raquel Salvador farão a abertura com um show acústico.

ITABUNA: EMPRESAS PODEM SER ABERTAS, ALTERADAS E EXTINTAS VIA INTERNET

Equipe da Juceb Itabuna. Foto: Ascom ACI.

A Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb) aprovou mudanças recentes na forma de constituição, alteração e extinção de empresa, que já estão sendo realizados 100% digital. Dentre as novidades destaca-se o recebimento de livros contábeis via internet, que torna o serviço mais ágil e diminui a necessidade de atendimentos presenciais.

O coordenador do escritório da Juceb em Itabuna, Evaldino Carvalho, explica que todos os serviços de constituição, alteração e extinção de empresas já estão sendo realizados de modo online. Os livros contábeis de diário e razão, que antes eram restritos aos sistemas das empresas, agora serão compartilhados com o sistema da Junta.

(mais…)

MÁRIO AUMENTA O VALOR DA TARIFA E LANÇA PROJETO DE REELEIÇÃO

Joguete eleitoral: candidato à reeleição, Mário Alexandre não vai conceder reajuste da tarifa em 2020.

O decreto do prefeito Mário Alexandre (nº 133, de 24 de dezembro de 2018) que reajustou a tarifa do transporte coletivo de Ilhéus, traz algumas curiosidades nas entrelinhas (leia aqui).

Mário Alexandre “vinculou” o aumento à aquisição de 34 veículos novos com prazos bem elásticos. As empresas São Miguel e Viametro deverão colocar em circulação 14 veículos novos até o dia 30 de julho de 2019, e mais 20 até o dia 30 de julho de 2020.

A majoração de R$ 3,50 para R$ 3,80 também está “vinculada” ao erguimento de 10 abrigos para passageiros (sem prazo definido), e à criação de um aplicativo para smartphone que possibilite a previsão dinâmica do horário de chegada dos ônibus. O prazo de implementação vai até o dia 30 de março de 2019.

Curiosamente, Mário avisa no decreto que não será concedido reajuste em 2020 (ano de eleição municipal), quando ele tentará permanecer na prefeitura por mais 4 anos. Também não estabeleceu sanções às empresas caso as “vinculações” não sejam cumpridas. Ao invés de “condicionar” o reajuste aos ônibus novos, abrigos de passageiros e aplicativo, o prefeito preferiu apenas vincular sem prever uma possível revogação do decreto com punições às concessionárias.

Seriam brechas para impedir questionamentos no poder judiciário? Fica a pergunta.