Magela esclarece aumento no salário de Érica Silva

Érica Silva e Geraldo Magela. Fotos: Chico Andrade/PMI/reprodução.

Em contato com o BG nesta segunda-feira, 14, o secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, negou que a reforma administrativa vai aumentar o salário de Érica Silva, chefe do setor de alta e média complexidade, para R$ 4.500 (relembre aqui).

A enfermeira que hoje recebe R$ 2.500, com a reforma receberá R$ 3.200, valor menor do que é pago às servidoras da mesma profissão que trabalham 40 horas, aprovadas no último concurso público, em 2016. Magela explicou que o reajuste também será concedido à chefia da atenção básica, ou seja, não será um benefício exclusivo.

Ele também esclareceu uma polêmica espalhada no Whatsaap sobre outros valores pagos a Érica, que recebeu três diárias (novecentos reais) para um treinamento em Vitória da Conquista entre os dias 10 a 12 de janeiro, sendo que os demais servidores envolvidos receberam uma ou duas.

De acordo com o secretário, ocorreu um erro no setor de recursos humanos da pasta e Érica Silva, que não teve nenhuma culpa no caso, vai devolver o valor de uma diária.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *