Secretaria de saúde de Ilhéus assina contrato de R$ 4 milhões com clínica de familiares de Marão

COTI e o governo Marão: aumento de 652% no teto do contrato. Fotos: O Sarrafo/reprodução e Secom/Ilhéus.

O Diário Oficial de Ilhéus na edição de sexta-feira, 01 de fevereiro, publicou o extrato do novo contrato do Fundo Municipal de Saúde com a clínica COTI, que pertence a dois familiares diretos do atual prefeito. Antes de assumir o comando do município, o médico ortopedista Mário Alexandre atendia normalmente no local.

De acordo com o contrato anterior (veja aqui), renovado no dia 02 de fevereiro de 2018, a Coti recebeu cerca de R$ 25 mil por mês, já o novo prevê que a clínica poderá receber cerca de R$ 168 mil mensais, durante dois anos. Caso receba o previsto, por serviços de ortopedia e traumatologia aos usuários do SUS, a COTI terá um faturamento de mais de R$ 4 milhões, ao longo de 24 meses, oriundos da secretaria municipal de saúde. O aumento em relação ao contrato anterior é de 652%.

Em 2017, a COTI recebeu do Fundo Municipal de Saúde cerca de R$ 309 mil. Em 2018, até outubro, recebeu R$ 237 mil.

Vale explicar que o novo contrato apenas faz uma previsão com aumento do valor máximo. Não podemos afirmar que a COTI recebeu acima dos R$ 25 mil, teto do contrato anterior.

Por volta das 13h27min., tentamos manter contato com o secretário de saúde, Geraldo Magela, por meio do telefone final 4829, a fim de solicitar esclarecimentos. Tentamos três vezes, mas não conseguimos falar com o gestor.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *