Servidores afastados por Marão estão depressivos, afirma presidente da APPI

Osman Nogueira. Foto: Thiago Dias/Galera de Ilhéus.

O presidente da Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI), Osman Nogueira, disse ao Blog do Gusmão nesta segunda-feira, 4, que alguns servidores municipais afastados pelo prefeito Mário Alexandre estão depressivos. O afastamento em massa de 268 funcionários ocorreu no último dia 07 de janeiro (veja a lista).

“Se não fossem as atividades do sindicato que procuram levantar o moral dessas pessoas, algumas já teriam cometido alguma besteira contra si mesmas. Outras sequer conseguem levantar da cama”, disse o sindicalista.

Nos últimos dias, o sindicato tem feito campanha para arrecadar cestas básicas para os servidores que já estão em dificuldades financeiras. Nessa terça-feira, 05, a arrecadação  de donativos será no Centro de Convenções Luis Eduardo Magalhães, durante a Jornada Pedagógica promovida pela secretaria municipal de educação.

Os servidores aguardam julgamento do recurso no TJ/BA contra a decisão do juiz Alex Venicius Miranda, da 1ª vara da fazenda pública de Ilhéus, que motivou o ato administrativo do prefeito. Antes de assinar o decreto, Mário Alexandre prometeu não afastar ninguém até o último recurso judicial possível.

De acordo com Osman Nogueira, o decreto do prefeito tem vários erros. Dentre eles, afastou pessoas reintegradas pela Justiça do Trabalho, sindicalistas com direito à imunidade e funcionários que já haviam aderido ao Plano de Demissão Voluntária (PDV).  Os equívocos deram origem a recursos administrativos já protocolados.

“O prefeito até agora não pagou a multa de 40% do FGTS determinada por uma sentença judicial. Queremos também que ele pague os sete dias tralhados do mês de janeiro, uma vez que o decreto afastou temporariamente”, disse Nogueira.

Rui reafirma educação como prioridade de governo durante abertura dos trabalhos da Alba

Foto: Manu Dias.

O governador Rui Costa participou na tarde desta segunda-feira, 4, da abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em Salvador. Durante a sessão solene, o chefe do executivo realizou a leitura da mensagem anual, em que tratou da importância de manter a sintonia com a Casa, relembrou conquistas e listou os principais desafios para os próximos quatro anos.

Rui afirmou que “a correria continua. O caminho é olho no olho, verdade e seriedade. É não olhar em qual município estamos atuando e ter como maior preocupação o que realmente importa: governar para cuidar de gente”.

No discurso, o governador fez questão de ratificar a educação como grande prioridade do quadriênio. “Nosso foco será a aprendizagem e usaremos a nossa estrutura educacional para capacitar professores, diretores e coordenadores pedagógicos, mobilizar a comunidade e envolver as famílias para potencializar o ato de aprender”, disse.

Rui destacou que “educação não é tarefa apenas dos gestores públicos. É algo que se constrói pela sociedade e pelas famílias. Portanto, faremos uma grande mobilização para colher, ao longo dos quatro anos, uma melhoria substancial nos indicadores educacionais na Bahia”.

Ainda sobre educação, ele ressaltou que “a fim de continuar melhorando a infraestrutura escolar, serão construídas 60 unidades escolares e entregues 600 quadras cobertas até 2022″ e que “uma estrutura física melhor possibilita que os estudantes tenham melhor desempenho”.

Relação com a Alba

Na ocasião, o governador também parabenizou o deputado Nelson Leal, escolhido para presidir a Alba, e os demais deputados e deputadas estaduais eleitos e reeleitos. O governador fez uma saudação especial à bancada feminina, que “se ampliou nessa legislatura, mostrando que a mulher vem ocupando os espaços que lhe são devidos em todas as instâncias da vida social”.

Em resposta, no encerramento da sessão, o presidente da Alba declarou que “o modelo de gestão da Assembleia será compartilhado entre todos os 63 deputados” e que “o governador pode contar com a Casa, para que juntos possamos nos debruçar sobre os problemas vividos pelos baianos”.

As alterações no trânsito do Malhado

Por Julio Gomes.

Nestes últimos meses Ilhéus passou a conviver com grandes alterações no tráfego de veículos, e até de pedestres, nas avenidas ACM (Antônio Carlos Magalhães) e na antiga Av. Litorânea Norte, atual Av. Luís Eduardo Magalhães, e em vias circunvizinhas a estas.

As alterações incluíram a tão desejada e polêmica colocação de ciclofaixas (isso mesmo, ciclofaixas), pois embora o povo as chame de ciclovias, estas últimas existem quando há uma via somente para ciclistas, com separação física para não haver acesso de nenhum outro veículo. Quando se pinta uma faixa exclusiva para ciclistas no leito da rua principal, a denominação correta é ciclofaixa.

Também foram implantados novos abrigos em alguns pontos de ônibus, mudaram radicalmente os locais para estacionamento de veículos na Av. ACM e na Av. Luís Eduardo Magalhães e o tráfego passou a ser em mão única, tanto para ir do Centro para a Zona Norte (Pela Av. Luís Eduardo), como para retornar de lá para o Centro da cidade (pela Av. ACM), além de outras alterações acessórias a estas.

As alterações são significativas, ousadas, e apontam para o futuro, com relação sobretudo à inteligente transformação das principais avenidas do Malhado em mão única, e à implantação das ciclofaixas.

Porém, neste momento de mudanças no tráfego e na forma de estacionar, faz-se urgente uma ampla campanha de informação e reeducação de condutores de veículos e de pedestres para o novo uso destas vias, pois eu mesmo confesso que, por duas vezes, simplesmente entrei na contramão e fui alertado por aviso de terceiros, o que poderia ter causado um grave acidente.

A presença dos agentes de trânsito no local é imprescindível, mas não é o suficiente: é necessária a realização de uma ampla campanha midiática pelo rádio, mediante entrega de panfletos educativos e, tendo em vista que em Ilhéus também circulam pessoas vindas de outros municípios, pela televisão, para que compreendamos, por exemplo que os carros na Av. ACM agora estacionam na rua, ao lado da ciclofaixa; que algumas conversões que fazíamos agora são proibidas; quais vias se tornaram mão e contramão, entre outros aspectos.

Estas informações devem ser massificadas junto à população, para aprendermos a utilizar corretamente as vias repaginadas, com novas possibilidades de uso urbano e nova normatização a ser observada.

Por fim, mesmo sendo apenas um cidadão sem conhecimento técnico, arrisco dizer que as mudanças, embora talvez ainda sujeitas a alguns ajustes, de modo geral são positivas, ajudam, inovam, abrem novas possibilidades de uso para ciclistas, pedestres e mais fluidez para quem trafega em veículo automotor.

Mas, por favor: nos orientem para que, por falta de informação, não venhamos a provocar graves acidentes.

Julio Cezar de Oliveira Gomes é graduado em História e em Direito pela UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz.

Sinebahia Itabuna oferece 67 vagas nessa terça-feira

Agência tem dez vagas para operador de telemarketing. Candidatos devem ser portadores de deficiência.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nessa terça-feira, 5.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO (PCD)

Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Não necessita escolaridade

Não necessita experiência

5 VAGAS 

ESTOQUISTA (PCD)

Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Fundamental Completo

Não necessita experiência

1 VAGA 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

10 VAGAS 

(mais…)

Pintor ganha moto zero Km da Casa+Fácil de Ilhéus

A vendedora Cléo, o gerente Liomar Santana e o sortudo Marcos Pintor após o sorteio da moto. Foto: Emilio Gusmão.

O pintor Marcos Antônio Santos, conhecido como Marcos Pintor, ganhou uma moto nova da loja Casa+Fácil de Ilhéus. O sorteio ocorreu na manhã desta segunda-feira, 04.

Marcos Pintor, que reside no Alto do Amparo (bairro Malhado), aderiu ao Clube da Parceria da Casa+Fácil quando indicou clientes para comprar na loja.

Segundo o gerente Liomar Santana, “o objetivo do Clube da Parceria é promover bom relacionamento com os profissionais da construção civil. O parceiro indica a Casa+Fácil aos clientes por ter os melhores produtos, preços mais baixos, boas condições de pagamento e crediário próprio, e, como contrapartida, a cada 300 reais em compras vai receber um percentual da venda e concorrer a prêmios”.

Para se cadastrar no Clube da Parceria, o profissional deve levar RG e CPF à Casa+Fácil da Avenida Itabuna, nº 929, em frente à Maçonaria, em Ilhéus, telefone 73 3633 6849.

A Casa+Fácil de Ilhéus oferece os melhores pisos em porcelanato, além de outros produtos do seu grande mostruário, em 12 vezes sem juros no cartão de crédito ou em 15 vezes no crediário próprio. Confira as promoções.

O BG transmitiu o sorteio ao vivo. O repórter Julio Cesar, o gerente Liomar Santana e a vendedora Clemilda Santos (Cléo) conversaram com o sortudo Marcos Pintor, ganhador da moto avaliada em nove mil e seiscentos reais. Assista os vídeos.