César Porto quer segurar Marão até o final do mandato

Notinhas.

Nazal não daria a César, o que César já conseguiu de Marão. Fotos: Thiago Dias e INI.

O governo Marão tem usado recursos oriundos do governo federal, com fins específicos, para pagar despesas proibidas por lei.

Entre os vereadores de Ilhéus uma tese tem gerado reflexões. Alguns afirmam que as “pedaladas” configuram justificativas para cassar o prefeito.

O presidente do legislativo municipal, César Porto, afirma que se o vice-prefeito assumir, a vida dos parlamentares não será fácil, pois José Nazal é muito duro [leia-se sério] e não fala o idioma da casa.

A opinião é verossímil. Vale lembrar que César tem parente direto na prefeitura em cargo de confiança, nomeação definida pelo Ministério Público como “nepotismo cruzado”.

A pequena política prevê que um governo impopular costuma atender pedidos pessoais de vereadores. Ciente da fragilidade, a câmara, sob a presidência de César, está disposta a salvaguardar o governo Marão de um vexame histórico.

Afinal, Marão já deu a César parte do que César pediu. Nazal, eventualmente no cargo, poderia não manter o que César já conquistou.



4 responses to “César Porto quer segurar Marão até o final do mandato

  1. O prefeito de Ilhéus só será afastado caso a justiça queira, pq elementos suficientes se têm. É só passar os olhos no art. 1° do Decreto Lei n° 201/67, que independem do pronunciamento da Câmara. Pelo menos o Prefeito já desrespeitou os incisos IV, V, VII, XI e XIV, mais se depender dessa câmara fajuta, nada acontece.

  2. Eu queria saber o que o MP e o MPF ainda está esperando para agir? Falta de prova não é. Basta uma investigação da PF. Aí não tem vereadorzinho certo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *