Nazal: “Se Mário tivesse me ouvido não estaria desmoralizado”

Nazal durante assembléia na APPI. Foto: Maurício Maron.

O vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal (Rede), esteve na tarde desta quinta-feira, 28, na sede da APPI para parabenizar a classe pela decisão judicial que determinou a reintegração de todos os servidores afastados pelo prefeito Mário Alexandre.

Convidado pela professora Enilda Mendonça, ex-presidente da entidade, Nazal fez um discurso carregado de críticas à gestão atual.

“Não estou aqui por interesses eleitorais. Fui convidado e vim parabenizar todos pela vitória esperada. A decisão do prefeito foi injusta. Ele deveria ter esperado todos os recursos possíveis serem decididos. Se Mário tivesse me ouvido não estaria desmoralizado e a situação teria sido diferente. O prefeito ouve pessoas que não têm interesse por Ilhéus. O meu compromisso com o prefeito foi pela cidade e ele desviou disso ouvindo apenas um secretário [Bento Lima], que é o grande prefeito do governo, e isso eu não aceito. Ele me chamou para voltar a trabalhar no governo e eu disse que não aceitava, pois ele não vai tirar as pessoas que fazem mal a Ilhéus. Estou à disposição dos servidores. O momento é de entendimento, é de conversa, e o município tem que se ajustar. Vocês não mereciam passar pelo que passaram. Eles deveriam ter considerado os 30 anos de trabalho que vocês dedicaram ao município. Deveriam ter considerado também que vocês não possuem idade para disputar espaço no mercado de trabalho com pessoas mais novas. Minha voz, minha força e meu cargo estão a serviço de vocês para que possamos tentar resolver essa situação”, disse Nazal.

Servidora reintegrada abraça Nazal. Foto: Maurício Maron.

Segundo Enilda Mendonça, “Nazal sempre se posicionou contra as demissões. Queremos agradecer pelo apoio”.

O vice pediu que o prefeito tenha com a decisão de 2ª instância, a mesma pressa adotada para cumprir a sentença do juiz local.



2 responses to “Nazal: “Se Mário tivesse me ouvido não estaria desmoralizado”

  1. Parabéns Nazal, vc esteve sempre ao lado da verdade. Pessoa íntegra, de caráter e sensato. Infelizmente Mário escolheu ouvir quem não devia.

  2. Não sabe, mas perderá boa quantidade de possíveis votos. A quem interessa o retorno de altos salários em detrimento a entrada de concursados com muito mais a contribuir?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *