Partido de Jabes Ribeiro e Cacá Colchões está suspenso por falta de prestação de contas

Notinhas.

Cacá e Jabes. Imagem de arquivo: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

De acordo com a justiça eleitoral, a comissão provisória do Partido Progressista, de Ilhéus, está suspensa por falta de prestação de contas equivalente ao ano de 2018.

A legenda do ex-prefeito Jabes Ribeiro e do prefeiturável Cacá Colchões pode não lançar candidatos nas eleições municipais de 2020, caso a situação não seja devidamente explicada.

Em Ilhéus, o PP é presidido por John Ribeiro, irmão de Jabes. Os ex-vereadores Raimundo Borges e Jamil Ocké, condenados no caso da compra mal explicada de frangos, quando estiveram na secretaria de desenvolvimento social do município, são respectivamente 1º e 2º secretários.

PSDB, PRTB, PC do B, Avante, PRP e o PSC estão na mesma situação.

Veja a certidão do PP.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *