Governo do Estado vai pagar R$ 35,5 milhões a policiais por redução de mortes

Fotos: Alberto Maraux.

Policiais militares, civis e técnicos que contribuíram diretamente para a diminuição de 16% dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) – homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte – na Bahia, receberão uma gratificação de R$ 35,5 milhões do Governo do Estado. O valor faz parte do Prêmio por Desempenho Policial (PDP), ação de reconhecimento e com caráter motivacional promovido pela Secretaria da Segurança Pública.

O período analisado para pagamento da gratificação foi o segundo semestre de 2018, comparado ao mesmo período do ano anterior. A Bahia ficou com diminuição de 16%, representando em números absolutos 2.542 ocorrências no ano passado, contra 3.025 em 2017. Salvador, Região Metropolitana e Interior fecharam com quedas de 22,9%, 20,6% e 12,5%, respectivamente.

Na total serão contemplados 24.222 servidores, sendo 19.459 da PM, 3.668 da PC, 753 do DPT e 342 de unidades diretamente ligadas a SSP. O valor mínimo pago será de R$ 371 e o máximo de R$ 2.476.

“Mais uma etapa desta ferramenta que reconhece os esforços de cada servidor policial e também motiva para que o trabalho continue de forma incessante. Conquistamos uma grande redução em 2018 e, este ano, precisaremos redobrar as ações para garantirmos novo decréscimo”, comentou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Da Secom/BA.

Repasses à Câmara de Ilhéus vão diminuir em 2019; Câmara de Itabuna vai receber mais

César Porto deve estar triste, Ricardo Xavier alegre. Fotos: internet/reprodução.

O Tribunal de Contas dos Municípios definiu os valores que devem ser repassados pelas prefeituras baianas às câmaras municipais, ao longo do exercício financeiro de 2019 – a título de “duodécimos” –, para fazer frente às despesas para o funcionamento do Poder Legislativo municipal.

A tabela com os valores correspondentes a cada um dos municípios está disponível a partir desta terça-feira, 19, no site do tribunal.

O duodécimo da Câmara de Ilhéus, com 19 vereadores e presidida por César Porto, será de R$ 1.152.872,30 (um milhão, cento e cinquenta e dois mil, oitocentos e setenta e dois reais e trinta centavos) por mês. Em relação a 2018, houve uma queda de R$ 23 mil, pois o legislativo ilheense recebia por mês R$1.176.689,09.

O duodécimo dos vereadores de Itabuna, com 21 parlamentares e comandada por Ricardo Xavier, subiu de R$ 1.148.319,49 em 2018 para R$ 1.239.412,15 em 2019. O acréscimo representa mais R$ 91 mil por mês.

Os valores foram calculados com base nas receitas tributárias e transferências constitucionais recebidas por cada um dos municípios no exercício de 2018 – e observam os índices definidos no artigo 29-A da Constituição Federal, que variam de acordo com o número de habitantes de cada município.

No Chile, “capitalização transformou adultos de classe média em idosos pobres”

Andras Uthoff . Foto: Carta Capital/reprodução.

Da Carta Capital.

Economista chileno Andras Uthoff diz que modelo pinochetista, que produziu massa de pobres no Chile, também não dará certo no Brasil

O economista chileno Andras Uthoff conhece bem o projeto de Previdência que o governo Bolsonaro quer para o Brasil. Professor da Faculdade de Economia e Negócios da Universidade do Chile e conselheiro regional da Organização Social do Trabalho (OIT), ele ajudou a tirar do papel a contrarreforma que, em 2008, tentou corrigir o encolhimento das aposentadorias causado pelos problemas de privatização da previdência chilena.

A reforma imposta em 1981 pelo ditador Augusto Pinochet – com a ajuda de uma patota de economistas formados na Escola de Chicago – acabou com a contribuição do estado e dos patrões, tanto na Previdência quanto na saúde. Cada trabalhador passou a poupar individualmente para a própria velhice, depositando cerca de 10% dos salário em contas administradas por bancos privados.

Trinta e oito anos depois, o fracasso é provado em números. Quando foi apresentada, a capitalização pinochetista prometia um retorno de 70% do salário médio das contribuições. Mas hoje, a primeira leva de aposentados recebe em torno de 35% de sua renda média.

Mesmo após as mudanças da era Bachelet, quase 80% das aposentadorias pagas hoje no Chile estão abaixo do salário mínimo. E 45% dos pensionistas vive abaixo da linha da pobreza (com cerca de 600 reais). A classe média foi a mais afetada, porque passou receber na velhice muito menos do que recebera durante a vida laboral, mas não foi beneficiada pela contrarreforma.

Outra promessa furada, diz Ulthoff, é que os investimentos da Previdência privada impulsionariam a economia chilena. Do fundo de 200 bilhões de dólares em recursos poupados pelos trabalhadores, quase 3/4 do PIB do país, cerca de 40% estão investidos no exterior.

Embora tenha sido apresentada como “alternativa” aos novos ingressantes no mercado de trabalho, a proposta de Guedes levanta campo para a privatização da Previdência. Se for aprovada como está, prevê o economista, vai repetir os dramas chilenos. “O sistema privado caminhou todos esses anos apenas com o aporte dos trabalhadores. Não deu certo lá e não vai dar no Brasil”, diz.

Uthoff esteve em Brasília para participar de um ciclo de debates sobre a Reforma brasileira e falou com exclusividade a CartaCapital sobre as diferenças entre Brasil e Chile.

Leia a entrevista no site da Carta Capital.

Morre o empresário Kenichi Fukino do Restaurante Tokyo

Kenichi Fukino. Foto: divulgação.

O empresário Kenichi Fukino, 68 anos, faleceu na manhã desta terça-feira, 19. Ele comandou o famoso restaurante Tokyo, um dos mais respeitados pontos de gastronomia, em Ilhéus, a partir dos anos 90.

Kenichi lutava contra o câncer, mas não resistiu. O velório acontece a partir das 17 horas no SAF do bairro Conquista.

Sinebahia Ilhéus oferece 7 vagas nessa quarta-feira

Há uma vaga para camareira.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa quarta-feira, 20, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Devido a reformas  na Sala do Sinebahia – SAC Ilhéus, o atendimento presencial ao cidadão retornará a partir do dia 25 de março. Os interessados nas vagas poderão acessar o aplicativo SINE FÁCIL ou o site: empregabrasil.mte.gov.br, para possíveis encaminhamentos.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9. Para que não ocorra dúvida sobre a existência das vagas, confira a lista enviada por Érico Fontes, coordenador do Sinebahia Ilhéus.

GARÇOM

Ensino Fundamental completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

01 vaga

CAMAREIRA

Ensino Fundamental completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

01 vaga

RECEPCIONISTA DE HOTEL

Ensino Médio completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

01 vaga

(mais…)

Professor da UESC foi oficial técnico em prova intercontinental de Triathlon em Brasília

Professor Alberto Kruschewsky.

O ilheense Alberto Kruschewsky integrou a equipe de oficiais técnicos da União Internacional de Triathlon (ITU) que atuou na organização e arbitragem da Etapa Brasília Triathlon America’s Cup, realizada no último domingo, 17, no Distrito Federal. Alberto foi árbitro geral do evento que teve pontuação válida para a Olimpíada de Tóquio.

A competição teve como delegada técnica, Leslie Poujol Brown, hondurenha já escalada para exercer a função nos Jogos Panamericanos de Lima, no Peru, entre julho e agosto deste ano. No masculino, o primeiro colocado foi Manoel Messias, seguido de Miguel Hidalgo e Kauê Willy, todos representantes do Brasil. No feminino, venceram as brasileiras Luisa Baptista em primeiro lugar e Djenifer em segundo; a Filipina Marion Kim classificou em terceiro.

Ilhéus tem hoje uma Associação fundada por triatletas, a Astrisul, que se propõe a estimular o treinamento em diferentes esportes. A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) realiza cursos desde 2012 e fornece transporte aos alunos para eventos esportivos, o que culminou com a presença de Alberto Kruschewsky, que é professor da instituição e já foi campeão brasileiro amador em 1997 como atleta, e de outros alunos, nas Olimpíadas e Paraolimpíadas do Rio de janeiro de 2016. Existe um projeto no curso de Educação Física que estimula a participação dos alunos nesses eventos.

Texto: Secom/Ilhéus.

Magela em processo de fritura

Notinhas.

Magela quase ao ponto.

O secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, foi jogado num tacho com azeite de dendê bem quente.

O gerente de planejamento da secretaria e cunhado do poderoso Bento Lima, Alberto Júnior, já percebeu que Magela não é resolutivo. A secretaria de saúde sentiu bastante a exoneração de Uildson Nascimento, e isso pode ser percebido nas licitações atrasadas que não saem da abstração.

A cúpula do governo também desconfia que Magela deseja fazer “carreira solo” em determinados projetos.

A diretora de alta e média complexidade, Érica Silva, disse que as reuniões convocadas por Magela “servem para nada”. A frase cortante e verdadeira foi dita num encontro com os principais membros da equipe e o secretário ficou visivelmente constrangido.

Com as fragilidades percebidas, a substituição acontecerá em questão de dias. Ex-assessores da ex-deputada Ângela Sousa, já confortavelmente nomeados na prefeitura, querem a nomeação da enfermeira Sonilda Melo como secretária.

O secretário de governo e irmão de Sonilda, Mauro Alves, defende a ideia com entusiasmo “consanguíneo”.

Laboratório Lidi/Exato abre instalações à sociedade nesse sábado

Desde 2017 o Laboratório Exato está presente na vida dos ilheenses. Agora com o Lidi Laboratório, juntos, vão apresentar à sociedade regional a sua capacidade de realização de exames clínicos com alto padrão tecnológico.

Com este objetivo, neste sábado, 23, às 9 horas, a sua equipe e diretores vão receber convidados em suas modernas instalações situada na Avenida Itabuna, 1681, ao lado da Faculdade Madre Thais. A unidade está equipada com estrutura completa, utilizado a mais alta tecnologia e equipe especializada em atendimento de excelência.

O evento será coordenado pela biomédica, professora e mestra, Ana Paula Adry. Ela lembra  que “o Exato foi criado com a intenção de atender as necessidades dos cursos da Faculdade Madre Thaís.

O objetivo é o de prestar os melhores serviços à população, por isso, trouxe assessoria cientifica, tecnologia e a capacidade para atender de forma humaniza e especializada”.

Atualmente o Lidi/Exato atende aos principais convênios, incluindo o SUS.

CIPPA encontra desmatamento e carvoaria ilegais no Serrado

Área de Mata Atlântica desmatada na localidade do Serrado. Foto: CIPPA/PS.

Na segunda-feira, 18, por volta das 16h, o 2° Pelotão da CIPPA-PS flagrou um desmatamento ilegal na localidade do Serrado, na zona rural de Ilhéus. Após diligências, os policiais militares encontraram árvores derrubadas para produção de carvão. A irregularidade foi encontrada na residência de Josenias Pereira de Brito. A CIPPA apreendeu 24 sacos de carvão vegetal e 01 motosserra Sthil.

Ao ser questionado sobre a origem do carvão, o infrator acompanhou os policiais até o local onde se encontravam três fornos. Os PMs identificaram cerca de 900 metros quadrados de área desmatada do bioma Mata Atlântica.

Sacos de carvão encontrados. Foto: CIPPA/PS.

Diante dos fatos, Josenias foi conduzido à Delegacia de Proteção Ambiental, de Ilhéus.

Quem tiver reclamações relacionadas a desmatamentos pode acionar a CIPPA pelo Tel/Whatsapp: (73) 99807-1353 ou e-maill: [email protected] .

Governo Marão é recíproco com “empresa amiga” do lixo

Notinhas.

Marão e a equipe da CTA. Imagem extraída de vídeo.

Nas situações de agonia e de emergência, a solidariedade dos desconhecidos é um fator de sorte. Nesses momentos, o apoio dos verdadeiros amigos é mais provável.

O prefeito Marão viveu dias de intensa dificuldade com a coleta de resíduos sólidos. A ceia de natal de muitos ilheenses (e turistas) foi “temperada” com o cheiro fétido emitido nas ruas sujas.

No início de março, após desacordos e indícios de boicote à empresa Solar Ambiental, a firma amiga CTA surgiu de repente, sem contrato e sem licitação, para socorrer o “amigo prefeito”.

Chegou a hora da reciprocidade. O compromisso da Prefeitura de Ilhéus com a CTA excede em R$ 221 mil o valor do contrato anterior firmado com a Solar Ambiental.

A homologação desperta mais dúvidas, pois a CTA não vai coletar resíduos hospitalares. Esse serviço era realizado pela Solar, que deveria receber mensalmente, e não recebeu, cerca de R$ 979 mil.