Makota Valdina é homenageada na Câmara dos Deputados

Makota Valdina faleceu na madrugada na última terça-feira, 19. Ela tinha 75 anos.

Na última terça-feira, 19, o deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA) apresentou Moção de Pesar, na Câmara dos Deputados, pelo falecimento da educadora Valdina de Oliveira Pinto, conhecida como Makota Valdina.

Natural de Salvador, ela era ativista política, membro do Conselho de Cultura da Bahia, assessora da Nengwa Nkisi e Mãe de Santo do terreiro Angola Tanusi Junsara, localizado no Engenho Velho da Federação.

“A Bahia e o Brasil perdem uma grande expoente na luta dos direitos das mulheres e contra a discriminação racial. Que sua vida sirva sempre de exemplo para todos que sonham com um mundo mais justo” – discursou Pelegrino.

Makota Valdina não gostava de dizer que seus antepassados foram escravos. Ela afirmava que seus antecessores eram livres, mas foram escravizados.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *