Acerto de contas por causa de um celular gera mais um assassinato em Itabuna

Ricardo Bastos, um dos acusados, segundo a polícia. Foto: Ascom/Polícia Civil.

A morte de um homem foi elucidada em menos de 24 horas em Itabuna. Uma operação que envolveu equipes da Delegacia de Homicídios (DH), Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (6ª Coorpin), identificou os autores, prendeu e apreendeu envolvidos na quarta-feira, 10.

O corpo de Fabrício Menezes da Silva foi encontrado em um matagal naquele município, no final da tarde de terça-feira, 9. No início da manhã de quarta-feira, 10, os policiais chegaram até Ricardo Bastos da Silva e um adolescente, que confessou a participação no homicídio. Ambos foram localizados em um conjunto residencial no bairro da Califórnia.

De acordo com o delegado André Aragão, o crime foi motivado por um acerto de contas. “Fabrício teria furtado um celular (smartphone) do adolescente apreendido e tentou vender naquele conjunto habitacional, quando os agressores reconheceram o aparelho e resolveram lhe dar um corretivo. A vítima não resistiu aos ferimentos”, explicou.

Ricardo Bastos ficou preso e foi colocado à disposição da Justiça. O adolescente será apresentado na Vara da Infância e da Juventude da região.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *