Una: Zé Pretinho busca aproximação com a ex-prefeita Diane e o capitão Carlos

 

Capitão Carlos, Diane e Zé Pretinho. Fotos: internet/reprodução.

Na última quinta-feira, 11, a reportagem do BG encontrou por acaso, na Praça 2 de Julho, em Ilhéus, o ex-prefeito de Una, José Bispo dos Santos, o popular Zé Pretinho.

Líder político de importância eleitoral em Una, ele comentou a suspensão dos seus direitos políticos por cinco anos, conforme decisão do juiz federal Lincoln Costa, publicada neste blog no dia 13 de março.

O magistrado acatou denúncia do Ministério Público Federal que acusou o ex-prefeito de utilizar verbas da educação (FUNDEB), quase R$ 36 mil, sem comprovar o destino correto. Segundo o MPF também houve desvio de finalidade.

Zé Pretinho nos disse que foi condenado injustamente e à revelia. “A justiça não me encontrou para me intimar e todo mundo sabe onde eu moro. Não estou inelegível. Só um tribunal pode fazer isso e eu já recorri”, explicou.

Ainda prefeiturável, disse que o cenário de Una vai estar aberto nas eleições municipal de 2020 e que tentará uma aproximação com a ex-prefeita Diane Rusciolelli e o capitão Carlos, lideranças que também fazem oposição ao prefeito Tiago Birschner (PP).

Ao ser perguntado sobre os erros do passado, que propiciaram o retorno da família Birschner ao comando de Una, Zé Pretinho admitiu arrependimento, “eu mesmo tirei e eu mesmo coloquei aquele povo de volta, por isso paguei um preço caro”.

Prefeito a partir de 2005 até fevereiro de 2008, Zé Pretinho foi afastado devido a irregularidades em empréstimos consignados de servidores municipais.

Em 2016 tentou retornar ao comando da prefeitura e obteve 23.49 % dos votos válidos. No mesmo pleito, Diane tentou a releição, mas só conseguiu 25.54% e o capitão Carlos teve 12.17%. Tiago Birschner venceu a eleição com 38.04%.

Leia a nota de Zé Pretinho sobre a decisão da justiça.



2 responses to “Una: Zé Pretinho busca aproximação com a ex-prefeita Diane e o capitão Carlos

  1. Deve ser piada isso né???
    Quem fechou a Santa casa?? Quem atrasou pagamento durante 7 meses?? Quem respondeu processo por improbidade administrativa?? Agora quer voltar?? Não dá mais para acreditar nessa “velha política”, o tempo passou e as coisas mudam, sugiro uma mudança de postura diante do momento político de nosso país, não cabe mais em nosso município esse tipo de gestão!! Sem mais para o momento, bjs e obrigado!

  2. Boa noite caro colega Gusmão.

    Di Rusciolelli aqui falando. O amigo bem sabe que eu fui e sigo sendo o maior opositor a ex-gestora Diane. Porém, como profissional da área de comunicação, e por ter estudado um pouco assessoria de imprensa, se eu pudesse dar um conselho pra ela(mesmo sabendo da máxima do ditado popular, que se conselho fosse bom, se vendia), eu falaria pra ela (caso ela não esteja mesmo), lançar uma nota desmerecendo essa informação do sempre “candidato” Zé Pretinho. Pq, confesso amigo, pega mal pra ela. Afinal, com tudo de ruim que ela teve em seu mandato, ao menos ela tem a hombridade de dizer que pôde concluir o mesmo. Já Zé???…..
    Quanto ao demais Gusmão, é mais do mesmo, Una escuta essa ladainha de candidatura de Zé desde os longínquos anos de 2008, são 11 anos tentando se manter na cristã da onda que ele não tem mais.

    E, pra encerrar, mais uma vez eu quero ele candidato, pois mais uma vez ele irá tomar uma surra onde tem que se tomar, nas urnas. Que é o mais belo da democracia, o sufrágio do voto, onde o povo, sabedor da verdade e dono da cidade, rechaçará, pela terceira vez seguida esse fantasma que vive sempre querendo assombrar a cidade de Una.

    Eu, pessoalmente não tenho o que falar de meu amigo Zé, amigo pessoal, familiar, como ele bem me disse uma vez(quando me processava por minhas intempéries kkkk), Zé é amigo de minha família, me viu nascer. Mas, politicamente eu e Una queremos distância dele.

    Gusmão, forte abraço amigo. Fica com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *