Polícia Civil prende “Dri” e encontra maconha e armas em Ubaitaba

Acusado de tráfico, Dri foi preso próximo ao matadouro. No Armandão, policia apreendeu 40 quilos de maconha. Foto: Ascom/Polícia Civil.

Na manha desta quarta-feira, 17, a Polícia Civil cumpriu quinze mandados de busca e apreensão em Ubaitaba, relacionados à investigação sobre integrantes de facções do tráfico de drogas e homicídios.

A ação resultou na apreensão de uma caixa de papelão contendo 44 tabletes de maconha prensada (40 Kg) e apreensão de uma pistola semiautomática marca Taurus calibre 380, e dos documentos pessoais do investigado Vagner Oliveira dos Santos, conhecido como “Bedeu”. Segundo a polícia,o acusado conseguiu fugir no momento em que as viaturas entravam no Bairro Armandão.

No outro lado da cidade, na região do matadouro, foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo Adriano Mendes dos Santos, apelidado como “Dri”. Foram apreendidas duas armas de fogo: um revolver calibre 38 e uma espingarda. “Dri” é investigado como integrante de facção do tráfico de drogas.

Participaram da ação 60 policiais civis das Coordenadorias de Polícia de Ilhéus e Itabuna.

Com informações da 7ª Coorpin/Ilhéus.



One response to “Polícia Civil prende “Dri” e encontra maconha e armas em Ubaitaba

  1. Parabéns! No Brasil, estima-se que entram 20 toneladas de maconha por dia. Ou seja, para uma mudança efetiva no tráfico de drogas (só maconha) no Brasil, as polícias devem prender 500 traficantes desse porte diáriamente. Alguns acham mais fácil legalizar a planta mas eu confio cegamente na competência da polícia brasileira para cumprir essa meta. #500pordia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *