Isaac Albagli e a suposta divisão do jabismo

Notinhas.

Isaac Albagli e João sem braço.

Nos bastidores da pequena politica de Ilhéus, Isaac Albagli é a figura de maior astúcia.

Cria fatos para depois desmenti-los e sabe se expressar muito bem nas entrelinhas. Nisso ele é craque.

Nesta semana, o lugar tenente do jabismo soltou nota nas redes sociais para negar sua candidatura a prefeito. Não está disposto a disputar a indicação com Cacá Colchões (até agora o nome mais provável do grupo) e justificou o recuo com objetivo de não dividir o grupo de Jabes Ribeiro.

Ora, ora! A dissidência de Isaac não dividiria o jabismo. No máximo significaria a perda de uma pequena fração, pois o suposto protagonista nunca foi bom de urna e sempre foi visto como gerador de desgaste e antipatia.

Isaac sabe que num eventual governo Cacá Colchões o apito dele não faria tanto barulho. Ao dizer que não é candidato e quando menciona um peso político nunca conquistado, ele apenas quer valorizar o próprio nome.

De maneira subliminar e indireta, supõe que pode atrapalhar diante da possibilidade de não ser valorizado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *