Sinebahia Itabuna oferece 20 vagas de trabalho nessa quarta-feira

Há uma vaga para eletricista de manutenção industrial.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nessa quarta-feira, 15 de maio.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

OPERADOR DE CAIXA (PCD)

Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

01 VAGA 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

05 VAGAS

SUB-GERENTE DE LOJA

Ensino Superior Incompleto (ADM ou AFINS)

06 meses de experiência na carteira

Experiência com gerência de equipe

01 VAGA

(mais…)

Ubaitaba: audiência pública apresenta minuta de contrato com a Embasa

Imagem aérea de Ubaitaba. Foto: Aleilton Oliveira.

A Prefeitura de Ubaitaba e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) promovem audiência pública na próxima terça-feira, dia 21, às 20 horas, na Câmara Municipal de Vereadores. Na ocasião, será apresentada minuta de contrato de programa a ser assinado para a gestão associada dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no município.

A sessão será aberta à sociedade e contará com a participação de representantes da Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), Ministério Público estadual, Poder Judiciário e de instituições ambientais. Os participantes da audiência pública poderão apresentar sugestões, por escrito, em formulário próprio, sobre o tema da audiência pública.

Sinebahia Ilhéus tem 10 vagas de trabalho nessa quarta-feira

Há uma vaga para açougueiro.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa quarta-feira, 15 de maio, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9. Para que não ocorram dúvidas sobre a existência das vagas, confira a lista enviada por Érico Fontes, coordenador do Sinebahia Ilhéus.

OFICIAL DE SERVIÇOS GERAIS (PCD)

Vaga exclusiva para pessoas com deficiência

Ensino Fundamental Completo

Apresentar Laudo

01 VAGA 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (PCD)

Vaga exclusiva para pessoas com deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses comprovada em carteira de trabalho

Informática básica

Apresentar Laudo

01 VAGA 

ASSISTENTE DE VENDAS

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vendas comprovada em carteira de trabalho

Informática básica

01 VAGA 

(mais…)

Exclusivo. Ex-vereador James Costa é condenado a 13 anos de prisão por cometer abusos sexuais contra enteada

James Costa.

O Tribunal de Justiça da Bahia confirmou a condenação do ex-vereador de Ilhéus, James Costa, por cometer abusos sexuais contra sua enteada (menor de idade), durante 7 anos seguidos.

A decisão ocorreu no dia 02 de abril. Todos os integrantes da Primeira Câmara Criminal acompanharam o voto da desembargadora Ivone Bessa Ramos e James Costa (vereador entre os anos de 2013 a 2016) foi condenado a 13 anos e 4 meses de prisão pelo crime de atentado violento ao pudor.

Conheça o caso.

Em março de 2016,  a juíza Emanuele Vita Leite Armede, da 1ª Vara Criminal de Ilhéus, condenou James Costa a 13 anos e 4 meses de prisão, em regime fechado, por cometer atentado violento ao pudor. A magistrada concedeu a James o direito de recorrer da decisão em liberdade, e o recurso foi encaminhado ao Tribunal de Justiça da Bahia.

Segundo o processo, de 2001 até abril de 2009, James Costa foi acusado de constranger, por diversas vezes, sua enteada a praticar atos libidinosos, sem que tenha ocorrido penetração sexual. Os abusos teriam começado quando a menina completou oito anos e teriam ocorrido no quarto da vítima. James vivia com a mãe da criança e a tratava como se fosse filha. Ele passou a conviver com a menina quando ela tinha dois anos e teve um filho com a mãe dela.

James foi acusado de mostrar filmes eróticos, tirar a roupa e alisar as pernas, cintura, nádegas e a vagina da enteada em diversas vezes. Em depoimento, a vítima disse que de início considerou os atos do padrasto como carícias, até o momento em que James teria oferecido dinheiro e teria começado a pressioná-la para terem relações sexuais. Os abusos teriam acontecido quando a mãe da vítima estava no trabalho.

A vítima denunciou os crimes quando completou 15 anos, após assistir uma palestra na escola sobre abusos sexuais. Quando tomou conhecimento, a mãe se separou de James e prestou queixa na Delegacia da Mulher.

No relatório psicossocial do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), a psicóloga que acompanhou a vítima afirma que ela foi abusada sexualmente pelo padrasto.

A defesa de James Costa.

Os advogados Cosme Araujo e Kellyn Araujo afirmam no recurso de James Costa ao TJ-BA que os depoimentos das testemunhas de acusação apenas reproduzem de maneira “melhorada” a versão da vítima. Eles ressaltam que esse tipo de crime ocorre de maneira escondida, e que dificilmente é presenciado por testemunhas.

Segundo os defensores, o depoimento da mãe da vítima não confirma a versão das testemunhas de acusação e nem de que houve atentado violento ao pudor. Afirmam que não há prova material suficiente que comprove a culpa do seu cliente.

(mais…)