Exclusivo. Justiça afasta vereador Aldemir Almeida

Aldemir Almeida.

Em primeira mão.

O vereador Aldemir Almeida (PP) foi afastado pela justiça estadual em decorrência das investigações da Operação Chave E, desencadeada em Ilhéus na manhã desta quarta-feira, 15.

Aldemir é acusado de fazer ameaças contra Osman Antônio Lima, conhecido como Manzo, testemunha importante que revelou parte dos esquemas supostamente corruptos.

Além de ser afastado da função de vereador, Aldemir está proibido de sair de Ilhéus.

O nome da operação iniciada hoje, “Chave E”, diz respeito ao empresário Enoch, dono das empresas investigadas na Operação Citrus realizada em 2017. Enoch foi a chave para a devassa desenvolvida pelo MP-BA.

Atualizado às 14h19min de 16/05/2019.

A decisão da juíza Emanuele Vita, que determinou as prisões preventivas de 7 acusados, nomeia as investigações do MP-BA como “Operação Chave E”, contudo, segundo o promotor Frank Ferrari, o nome correto é “Operação Xavier”, nome ainda mais cifrado (opinião do BG).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *