Exclusivo. Operação do MP na Câmara de Ilhéus prende funcionários da contabilidade e secretário do governo Marão

Viaturas da Polícia Rodoviária Federal em frente à casa do vereador Lukas Paiva, no bairro Cidade Nova. Foto que circula no Whatsaap.

O Ministério Público do Estado da Bahia e o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) realizam na manhã desta quarta-feira, 15, uma operação na Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Trata-se de um desdobramento das operações Citrus e Prelúdio realizadas em 2017 e 2018.

Até o momento foram presos preventivamente o ex-vereador Valmir Freitas e atual secretário de agricultura do governo Mário Alexandre, e dois homens conhecidos como Aêdo e Cleomir, que fazem a contabilidade da Câmara de Vereadores.

Segundo informações obtidas com exclusividade, promotores  e membros do Gaeco estão a procura dos vereadores Tarcisio Paixão e Lukas Paiva, ex-presidentes do legislativo municipal.

A operação de hoje tem apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Mais informações dentro de instantes.

Atualizado às 14h19min de 16/05/2019.

A decisão da juíza Emanuele Vita, que determinou as prisões preventivas de 7 acusados, nomeia as investigações do MP-BA como “Operação Chave E”, contudo, segundo o promotor Frank Ferrari, o nome correto é “Operação Xavier”, nome ainda mais cifrado (opinião do BG).



One response to “Exclusivo. Operação do MP na Câmara de Ilhéus prende funcionários da contabilidade e secretário do governo Marão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *