Sinebahia Ilhéus tem 11 vagas de emprego nesta sexta-feira

Uma das vagas disponíveis é para mecânico de autos.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa sexta-feira, 24 de maio, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro. Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9h.

Vagas exclusivas para Ilhéus.

ENCANADOR

Ensino Fundamental Completo
Experiência mínima de 6 meses comprovada em carteira de trabalho
01 VAGA

PROJETISTA DE MÓVEIS

Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses com móveis planejados na Função
Possuir conhecimento com o Programa Promob
01 VAGA

MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO

Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses comprovada em carteira de trabalho
Trabalhar com ar condicionado, câmara fria, refrigeradores em geral
01 VAGA

RECEPCIONISTA ATENDENTE

Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses comprovada em carteira de trabalho
Possuir Inglês básico e CNH categoria B
Disponibilidade de horário
01 VAGA

(mais…)

Bagagens começam a ser fiscalizadas nos aeroportos de Salvador e Guarulhos

Malas que excederem ao tamanho estipulado pela ANAC terão custo adicional ao passageiro. (Foto: Agência Brasil)

A partir de hoje (23), quem viajar a partir dos aeroportos Internacional de São Paulo, em Guarulhos (SP), ou Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, deve estar atento às dimensões de sua bagagem de mão a fim de evitar surpresas e despesas adicionais.

As malas que excederem ao tamanho estipulado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) terão que ser obrigatoriamente despachadas, com custos para o passageiro.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), a aprovação ontem (22), pelo Senado, da Medida Provisória (MP) 863/18 que permite a passageiros transportar gratuitamente uma mala de até 23 quilos nas aeronaves com mais de 31 assentos, ainda não mudou a aplicação das regras aprovadas pela Anac, em 2016.

O novo texto só entrará em vigor depois de ser sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Na mesma MP, foi aprovada a ampliação de capital estrangeiro na aviação.

Fiscalização

Desde as primeiras horas da manhã, funcionários de uma empresa contratada pela Abear estão verificando se as bagagens de mão transportadas pelos passageiros estão dentro das especificações permitidas para o embarque gratuito: 55 centímetros de altura, incluindo rodinha e alça; 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade.

Os passageiros com malas que ultrapassem as medidas deverão retornar ao guichê de check-in da companhia aérea e despachar a bagagem. Segundo a Abear, as dimensões estão em conformidade com as regras internacionais da Associação Internacional de Transporte (Iata), entidade que representa as companhias aéreas em todo o mundo.

(mais…)

SineBahia Itabuna oferece 28 vagas nessa sexta-feira

Há 3 vagas para auxiliar de cozinha.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nessa sexta-feira, 24 de maio.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna.

OPERADOR DE CAIXA (PCD)

Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência
Ensino Médio Completo
Não necessita experiência
01 VAGA

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência
Ensino Médio Completo
Não necessita experiência
05 VAGAS

CONSULTOR DE VENDAS

Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na função
03 VAGAS

MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO

Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses com vigilância
Possuir curso de vigilante e de informática básica
03 VAGAS

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino Médio Incompleto
Experiência mínima de 6 meses na função
3 VAGAS

(mais…)

Pauta de manifestação de domingo não tem nada de anormal, diz Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Evaristo Sa/AFP)

Reuters:

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite de ontem (quarta-feira, 22) que as manifestações convocadas para domingo a favor do governo são um movimento espontâneo cuja pauta “não tem nada de anormal”, mas reiterou que não irá comparecer aos atos.

“É um movimento espontâneo, eu respeito a soberania popular. Eles têm uma pauta definida e essa pauta não tem nada de anormal, é um direito da população de se manifestar”, disse Bolsonaro a repórteres após participar de cerimônia na embaixada de Israel.

Os atos de domingo foram chamados por apoiadores de Bolsonaro para se contrapor às manifestações do último dia 15 contra bloqueio nos recursos para a Educação, no que acabou se tornando um ato contra o governo. O presidente inicialmente chegou considerar comparecer, mas depois decidiu não participar.

Perguntado se havia orientado ministros a também não comparecerem, Bolsonaro afirmou: “Todo mundo é maior de idade e sabe o que faz. Eu não comparecerei”.

Os filhos do presidente, especialmente o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro, têm defendido as manifestações. Mas o ato, que surgiu de grupos de apoiadores nas redes sociais, tem causado divergência dentro do próprio partido de Bolsonaro, o PSL.

O presidente da sigla, deputado Luciano Bivar (PE), afirmou que não vê sentido nas manifestações, mesmo achando que qualquer ato popular é “válido”. A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), disse não ser contra, mas defendeu que parlamentares não devem participar, enquanto o líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP), disse que estará na Avenida Paulista, no domingo, “como cidadão”.

A grande polêmica em torno da manifestação está no fato de as primeiras convocações terem centrado fogo no Congresso e no Supremo Tribunal Federal (STF), inclusive falando em fechamento das duas instituições.

O tom belicoso afastou movimentos e dividiu a direita, a ponto de grupos tradicionais em outros atos, como o MBL e o Vem para Rua, terem avisado que não irão participar.

Os defensores do ato têm tentado amainar o tom do protesto, que deve agora focar na defesa do governo e da reforma da Previdência, e centrar fogo no chamado centrão, grupo do Congresso apontado como o vilão que tem impedido o governo de avançar.

Secretário nacional de Habitação anuncia mudanças no Minha Casa, Minha Vida

Secretário Celso Matsuda. (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Com mais de quatro milhões de unidades já construídas e investimentos na ordem de R$ 458 bilhões desde que foi criado, há dez anos, o Programa Minha Casa, Minha Vida é considerado a política de Estado mais grandiosa do governo, segundo o Secretário de Habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional, Celso Matsuda.

O deficit habitacional do país, no entanto, é de sete milhões de unidades, principalmente para a chamada faixa 1, destinada à população de baixa renda. Por isso, o programa está sendo reformulado.

O anúncio foi feito pelo secretário nacional de Habitação em audiência pública na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) na última quarta-feira (22). Segundo Matsuda, a reformulação dará andamento às obras inacabadas, que hoje passam de 50 mil.

— Nós estamos desenvolvendo um trabalho com o Ministério da Economia e a Caixa Econômica Federal, tentando encontrar alternativas e novas fontes de investimento nessa área e novas modelagens e produtos, que serão entregues para atender principalmente nessa faixa. Esse é o nosso foco principal e que pretendemos, assim, anunciar prevista para o começo de julho — explicou.

Celso Matsuda informou ainda que um remanejamento orçamentário está sendo feito para atender aos estados com grandes demandas, a exemplo de Goiás. Um dos problemas apontados pelo secretário é a invasão das obras em andamento, que está sendo analisada pelo Ministério da Justiça.

— O que está acontecendo é muita gente invadindo as casas, principalmente as casas que estão com cobertura. Imagine uma pessoa que mora debaixo de uma palha de Ouricuri, de uma lona preta, debaixo do viaduto, e vê a casa que está destinada a ele já coberta. Não tem como ele não invadir, porque para ele, onde está morando hoje, uma casa dessa é como se fosse um apartamento de luxo. E a gente não está vendo solução definitiva a respeito da conclusão desse programa — criticou.

O secretário afirmou que, para este ano, está prevista a entrega de quase de 102 mil unidades.

Da Rádio Senado

Libras: Faculdade Madre Thaís inicia turma de pós-graduação em junho

Turma inicia em junho.

A Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus) está com vagas abertas para a pós-graduação em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais). A turma terá início no próximo mês de junho.

O curso “Libras: docência e interpretação” é destinado aos graduados em curso superior reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação) nas áreas de educação e saúde, além de intérpretes em libras e profissionais que atuam ou pretendam atuar na educação especial. O curso também é destinado para graduados com interesse na inclusão social.

A inscrição para a pós pode ser feita na Coordenação de Pós-Graduação da FMT, localizada na Av. Itabuna, em Ilhéus (próximo ao Gabriela Center), a partir das 14h. Mais Informações no telefone:  (73) 3222-2330.

 

Polícia Militar da Bahia ganha primeira tenente-coronel da história

Ana Fernanda Dantas, primeira tenente-coronel da Polícia Militar da Bahia (foto: Jorge Cordeiro)

Integrante da primeira turma de mulheres oficiais da Polícia Militar, Fernanda Dantas, 54 anos, médica, solteira e sem filhos é também a primeira mulher a alcançar a patente de tenente-coronel da Polícia Militar da Bahia. Especialista em pediatria, bacharela em Direito e mestranda em Administração Pública, ela é fonte de inspiração para as oficiais que sonham chegar ao topo da carreira militar.

Hoje se divide entre as funções realizadas no Departamento de Saúde da PM, na Vila Militar do Bonfim, onde é lotada, e no Setor Médico do Centro de Operações e Inteligência-2 de Julho, no Centro Administrativo da Bahia. Seja em um local de trabalho ou no outro, o reconhecimento e o orgulho das colegas de farda são os mesmos. Doutora Ana Fernanda, como é chamada, entrou para a história da PM.

Ela é a maior autoridade feminina da corporação. “Nem me dei conta sobre quanto isso é representativo, até o dia da solenidade de ascensão. Quando olhei ao meu redor e vi que era só eu de mulher, a ficha caiu”, lembra com satisfação. Mas ninguém está mais feliz com a promoção do que dona Ana Margarida, 83 anos, mãe da TC Ana Fernanda, que viveu para ver a filha entrar para a história da corporação Centenária Milícia de Bravos.

Trajetória

O gosto pela instituição militar veio ao acompanhar a carreira de um tio emprestado que serviu ao Exército. Após se formar médica pela Universidade Federal da Bahia aos 23 anos, seguiu os estudos e fez especialização em pediatria, à espera de concursos públicos em instituições militares, até finalmente alcançar a aprovação do ingresso de mulheres na PM.

Aos 28 anos foi aprovada, ingressando na instituição aos 29. Atuava no extinto Hospital da Polícia Militar, que atendia integrantes e familiares. Cumpriu funções no Colégio da Polícia Militar, e em outros setores da PM, sempre em funções ligadas à saúde.

Mesmo com todas as discussões sobre machismo iniciadas no século passado, Ana Fernanda diz que nunca sofreu preconceito entre os colegas, mas, claro, não deixa de reforçar que a grande maioria deles era do sexo masculino. “Junto comigo entraram outras mulheres, mas a gente não tinha referência feminina lá dentro. Éramos só nós, iniciando a trajetória da mulher na PM”, lembra.

Disse ainda que, justamente pelo número reduzido de representantes femininas na instituição, a autocobrança era muito grande. “Antes de qualquer pessoa, eu mesmo era quem mais cobrava de mim. Sempre trabalhei com amor e com muito zelo, para que sempre oferecesse o melhor de mim à instituição”, afirmou.

Na PM sempre foi a número um e por isso carregou a responsabilidade de ser exemplo. “Embora a corporação seja de maioria de homens e geralmente ter mais vagas para o sexo masculino, nós mulheres estamos realizando nosso trabalho com eficiência e excelência, somos mais cobradas só por sermos mulheres, então estamos cada dia mais nos destacando em nossas carreiras”, comemora.

(mais…)

Proposta para criação de Bosque Modelo no extremo sul da Bahia é aprovada por Rede Ibero-Americana

Uma área com aproximadamente dois milhões de hectares (o mesmo que quase dois milhões de campos de futebol) passará a contar com uma gestão territorial participativa e ambientalmente adequada para preservar e potencializar a floresta de Mata Atlântica e seu ecossistema existente no extremo sul da Bahia e norte do Espírito Santo.

Nessa área, com abrangência de 18 municípios (14 baianos e quatro capixabas), será implementado o Bosque Modelo da Hileia Baiana, cuja criação foi aprovada pela Rede Ibero-Americana de Bosques Modelos (RIABM), em reunião realizada na última sexta-feira, dia 17, na cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

A proposta de implementação do Bosque foi apresentada à Rede pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e pelo Ministério Público estadual, representado pelo promotor de Justiça Ambiental Regional de Teixeira de Freitas, Fábio Corrêa.

Segundo o promotor, com a aprovação, o próximo passo é a elaboração do regimento interno do Bosque Modelo e a busca de parceiros para a formatação de sua gestão, que, provavelmente, será realizada por meio de um conselho. Fábio Corrêa explicou que o processo de criação do Bosque foi iniciado no ano passado com uma apresentação do Programa Arboretum de Conservação e Restauração da Diversidade Florestal, em reunião da RIABM na cidade de Antigua, Guatemala.

O Programa Arboretum é desenvolvido pelo MP, pela SFB e outras instituições no extremo sul da Bahia. Em dezembro de 2018, representantes da Rede Internacional e Ibero-americana realizaram uma visita em Teixeira de Freitas e região, recomendando a aprovação da proposta.

“O Bosque Modelo tem a intenção de realizar uma gestão territorial ambientalmente adequada dentro do conceito de paisagem. Foi aproveitada a abrangência de atuação do Programa Arboretum, tanto no extremo sul da Bahia como no norte do Espírito Santo, para o desenvolvimento de ações voltadas a um desenvolvimento sustentável das atividades realizadas, a exemplo do eucalipto, da pecuária, da cana-de-açúcar e outras culturas. A região entra agora no mapa internacional de troca de experiência e conhecimento, que muito vai agregar à defesa do meio ambiente”, afirmou o promotor.

Conforme Fábio Corrêa, o conceito de Bosque Modelo surgiu na década de 1990, no Canadá, para prevenir conflitos socioambientais envolvendo o manejo de florestas nativas e comunidades afetadas. Após a sua apresentação na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (Rio-92) foi criada uma rede internacional com o intuito de facilitar o intercâmbio de conhecimento e experiências.

Informações do Ministério Público da Bahia.