Neymar é acusado de estupro, mostra boletim de ocorrência

Neymar Jr. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

Reuters:

Uma mulher acusou o atacante Neymar de estuprá-la em Paris, de acordo com um boletim de ocorrência da Polícia Civil de São Paulo obtido pela Reuters.

Representantes do jogador, que está com a seleção brasileira em Teresópolis treinando para a Copa América que será disputada neste mês no Brasil, não responderam de imediato a pedidos de comentários. O site Globoesporte.com, que foi o primeiro a divulgar a notícia, disse que um representante do jogador se recusou a comentar até obter mais detalhes da acusação.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou em nota que foi feita uma acusação e disse que o inquérito está sob sigilo.

“Houve uma denúncia registrada pela vítima na 6ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher). O inquérito policial segue em sigilo”, disse a secretaria.

De acordo com o boletim de ocorrência visto pela Reuters, a mulher que acusa Neymar, e que não tem o nome revelado no documento, afirma ter conhecido o jogador pelas redes sociais e que Neymar pagou para que ela viajasse e se hospedasse em um hotel de Paris, onde o crime teria sido cometido, no dia 15 de maio.

“A vítima afirma que na mesma data (15 de maio), Neymar chegou por volta das 20h no hotel, aparentemente embriagado, começaram a conversar, trocaram “carícias”, porém em determinado momento, Neymar se tornou agressivo, e mediante violência, praticou relação sexual contra a vontade da vítima”, afirma o boletim de ocorrência.

Em entrevista à TV Band, o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, disse que os momentos atuais são difíceis e que Neymar é alvo de uma “armadilha”.

“Se a opinião pública não estiver bem esclarecida, se a gente não conseguir mostrar a verdade rapidamente, vira uma bola de neve. Se a gente tiver que expor o WhatsApp do Neymar e as conversas com essa moça, nós vamos expor, porque está claro que foi uma armadilha”, disse.

O Paris St Germain, clube de Neymar, não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *