Sinebahia Ilhéus tem 8 vagas de trabalho, depois do São João

Há uma vaga para cozinheiro de restaurante.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis na próxima terça-feira, 25 de junho, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9. Para que não ocorram dúvidas sobre a existência das vagas, confira neste link a lista enviada por Érico Fontes, coordenador do Sinebahia Ilhéus.

AGENTE DE MICROCRÉDITO

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses na Função

Informática básica

Possuir conhecimento na área bancaria

01 VAGA

AUXILIAR DE ESTOQUE

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

01 VAGA 

PETISQUEIRA

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 06 meses na Função

Apresentar Carta de Referência

01 VAGA  (mais…)

Prefeitura de Uruçuca entrega novo Centro Administrativo

Foto: Ascom/Uruçuca.

Após meses de planejamento e obras, a Prefeitura de Uruçuca inaugurou e entregou a comunidade o Novo Centro Administrativo, no bairro Waldeck Ornellas.  Com o objetivo de oferecer uma melhor qualidade no atendimento, otimizando o espaço com um novo conceito de integração com a população, o prefeito Moacyr Leite, acompanhado da Presidente da Câmara de Vereadores, Magnólia Barreto, vereadores, secretários e dirigentes municipais, afirmou que as pessoas merecem ter dignidade. “Agora os funcionários terão um espaço digno para trabalhar e a população ganha um espaço de qualidade para ser atendida”.

A presidente do legislativo uruçuquense, Magnólia Barreto, parabenizou o prefeito e toda equipe por entregar mais uma obra de grande importância para a cidade. “Esse novo centro vai atender toda a comunidade de Uruçuca. O prefeito Moacyr Leite e toda sua equipe estão de parabéns.”.

Prefeito Moacyr Leite.

O Secretário Executivo da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc, Luciano Veiga, disse que é muito importante uma estrutura desse nível. “Haverá melhor atendimento, concentração e circulação, principalmente uma articulação interna, transversalizando os seus serviços.”.

Quase todas as secretarias do município estão abrigadas no novo Centro Administrativo. Secretarias de Saúde, Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura também serão instaladas futuramente. Na área, será construída, também, uma nova creche”.

Arraiá das Famílias anima o bairro Hernani Sá, a partir deste sábado

Foto ilustrativa. Secom/Ilhéus.

Forrozinho, barraquinhas de comidas e bebidas típicas e muita descontração compõem a receita dos festejos juninos dos moradores do bairro Hernani Sá (Urbis), zona sul da cidade. De 22 a 24 de junho, na praça principal, o clima vai esquentar com o Arraiá das Famílias. Ao todo, três dias de programação com variada devem garantir o arrastapé, a partir das 17 horas.

Eloah Monteiro, Belo Xote e Trio Amado confirmados no cardápio das atrações musicais. Segundo os organizadores, não vai faltar chamego durante o friozinho típico de época. Além da decoração especial, a criação de um espaço reservado para a criançada, com pula-pulas e outros brinquedos para fazer a alegria da meninada.

O Arraiá das Famílias conta com o apoio da Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo (Secult) da Prefeitura de Ilhéus, Polícia Militar (PM), Instituto Sócio Cultural de Promoções Humanas da Zona Sul de Ilhéus e Associação de Moradores do Bairro Hernani Sá.

Da Secom/Ilhéus.

Supositório e rojão em notícias do Reino de São Saruê

“Não será porque tentaram charquear na guampa o nosso herói justiceiro, nosso ministro, Moro, virando-o pelo avesso, torturando-o com se na fogueira da santa inquisição em busca de pecados imaginários na sua extensa biografia pautada na honradez da ética e na fidelidade aos princípios das leis e da justiça. Tal como vimos ontem naquele tribunal inquisitivo/parlamentar armado para denegrir a instituição judiciária e depredar a imagem honrada de um dos mais destacados magistrados brasileiros que teve a coragem de enfrentar a corrupção e a criminalidade instaladas em todas as instâncias políticas do país. Não, por isso não”.

Por Mohammad Jamal.

Viva São João! Esperanças, ânimo, motivação, alegria minha gente! Não se deixem deprimir por tão pouco! Vai ter fogos de artifício, fogueira, canjica, amendoim cozido! E ufanem-se! Tomemos Brasília, por exemplo, claro, consideradas as devidas proporções, nós também temos nossa quadrilha! Não obstante o enfrentamento dos problemas comuns e similares com o M.P/BA. mas é nossa, é gente da gente, é da terra, nativa da cidade! Tem padre, delegado, juiz, jagunços, noiva prenhe, tem noivo com escolta policial, casamento na tora. Tudo isso caracterizado com indumentárias típicas do rico Folclore rural nordestino; tem sanfoneiro, zabumba e triângulo para um bom “rela bucho” no forró e note que a cidade está ha anos caracterizada para esses festejos, “uma belezura de Clêuza”, uma jaca de fim de feira!

É festa, “é tempo de alegria”, sorria e curta, se esbalde nessa farra junina de ano inteiro. Note que falei ANO INTEIRO viu? Porque o outro, a rotatória, está uma luta manter incólume dos assédios e agressões políticas.  Sejamos menos puristas. Quem muito quer, muito perde! O ‘poglesso’, ou melhor, o ‘pogresso’, há deixa pra lá, esquece. Tenho a língua pegada, não consigo pronunciar esse substantivo corretamente. Não é porque estamos com um foguete e um rojão atochados lá atrás, que vamos perder nosso brilho e alegrias de viver e curtir ou as singulares motivações típicas de brasileiro, resignado, desligado, largado na vida, “sem lenço, sem documento…” num foda-se lá quem quiser.

Saltando cocôs órfãos. Chegou a hora de afastarmos solenemente com os pés, como se faz com os cocôs órfãos, as merdas bastardas, armadilhas malcheirosas que pontuam nosso caminho e, de abolirmos e repudiarmos as leituras pressurosas dos doutos analistas políticos; desses que veem através as paredes e predizem veementes os adventos apocalípticos em futuros próximos de se abaterem sobre nossa população, claro, não obstante os discretos indícios que os motivam e impelem os negros vaticínios. Ideologias de esquerda, gramscismo, interesses e motivações político/partidárias, por ascendência de status nas cadeias de poder e de consumo. Ora, não será por que uma irrelevante e minúscula banda podre supostamente com algum predomínio sobre eleitores cadastrados no laço nos bolsões da pobreza e, jactando-se apoiada e armada pela suposta confiança, apoio e sufrágio dos miseráveis e excluídos desassistidos diga-se, massa de manobras, que a banda parasítica de componentes e serviçais da velha política, habituada a viver com mimos no bem bom dos privilégios VIPS, à custa dos nossos impostos, suor do nosso trabalho vá conseguir mexer no nosso ânimo e bom humor. Ânimo minha gente, alegria. Viva São Joao! Tem fogueira, viu?

Joga bosta na Geni. Não será por causa das ações perpetradas por reconhecidos inimigos internos da nação e suas tentativas desesperadas para desestabilizar politicamente e ate derrubar o governo eleito por maioria do eleitorado e parar o Brasil; para libertar criminosos encarcerados condenados em segunda instância, ressuscitar a velha ditadura vermelha da corrupção que arruinou o país nos últimos vinte anos que, como eleitores fiéis ao patriotismo brasileiro que vamos deixar de reagir à altura, perder nossas alegrias diante das ameaças e subterfúgios criminosos típicos dos canalhas. É São João, gente. Tem guerra de espadas, tem foguetes, tem rojões. Imaginem o que podemos fazer com toda essa pólvora? Sejamos criativos, por favor. É São João, alegria, forro, arrasta pés, fogo e quentura.

Notícias do Paraguai, pirataria, claro! Não será porque tentaram charquear na guampa o nosso herói justiceiro, nosso ministro, Moro, virando-o pelo avesso, torturando-o com se na fogueira da santa inquisição em busca de pecados imaginários na sua extensa biografia pautada na honradez da ética e na fidelidade aos princípios das leis e da justiça. Tal como vimos ontem naquele tribunal inquisitivo/parlamentar armado para denegrir a instituição judiciária e depredar a imagem honrada de um dos mais destacados magistrados brasileiros que teve a coragem de enfrentar a corrupção e a criminalidade instaladas em todas as instâncias políticas do país. Não, por isso não. O Moro deu um banho nos flanelinhas vermelhas e rechaçou-os com argumentos irrefutáveis que as escutas criminosas fruto do terrorismo cibernético supostamente de cunho jornalístico-investigativo era falso e vazio de qualquer resquício aético ou criminoso. E saiu de lá exausto após nove horas de inquirições e intimidações inócuas, com estatura de homem público íntegro, maior e mais fortalecida por nossa confiança, para o júbilo dos brasileiros que amam de fato sua pátria. É São João, festa, alegria, forró. Coisa que só vemos por aqui, na rica cultura nordestina. Estou dentro e vou aproveitar.

(mais…)