Exclusivo. Governo Marão paga R$ 2.5 milhões em juros por atrasos no recolhimento do INSS, acusa Uildson Nascimento

Prejuízos causados por Marão foram revelados por Uildson Nascimento. Fotos: Secom-Ilhéus e O Tabuleiro.

Em primeira mão.

A gestão iniciada pelo prefeito Mário Alexandre em janeiro de 2017 causa prejuízos e danos às contas do município, afirma o contabilista Uildson Nascimento, ex-secretário municipal e ex-diretor de planejamento da secretaria de saúde de Ilhéus.

De posse de documentos oficiais levantados junto à Receita Federal, por meio da Lei de Acesso a Informação, Uildson afirmou ao BG nesta sexta-feira, 9, que entre janeiro de 2017 e maio de 2019, o governo Marão pagou R$ 2.5 milhões a título de juros pelo atraso no recolhimento de encargos sociais (INSS). A irresponsabilidade financeira também não tem respeitado as datas de vencimento dos parcelamentos junto ao “leão”.

Segundo o ex-secretário, o pagamento de juros como efeito da incompetência da gestão é inadmissível no momento em que a saúde de Ilhéus beira o caos. Há falta de profissionais, insumos e grande parte dos procedimentos de média e alta complexidade são negados à população. Vários postos de saúde não marcam exames por não haver sinal de internet disponível e não há recolhimento dos resíduos hospitalares.

Uildson disse que pretende comunicar sua descoberta aos órgãos de controle externo e aos Ministérios Públicos Estadual e Federal, para que seja proposta ação judicial por ato de improbidade administrativa contra Marão.  O objetivo da medida é propiciar que o município recupere os recursos gastos com o prejuízo causado pelo prefeito.

Infelizmente o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA), ao julgar as contas do prefeito referentes ao exercício de 2017, “comeu mosca” por não apontar a grave ilegalidade, explicou Uildson Nascimento.

O BG enviou mensagens ao secretário de comunicação, Hélio Ricardo, pedindo esclarecimentos. Não conseguimos resposta. O espaço está aberto para a versão do governo.

Veja o relatório da Receita Federal.

Prefeitura de Uruçuca realiza palestra sobre violência contra a mulher

Prefeito Moacyr Leite abriu o evento. Foto: Ascom-Uruçuca.

Em comemoração aos 13 anos da Lei Maria da Penha, a Prefeitura Uruçuca, por meio da Secretaria de Assistência Social e pelo CREAS, realizou na tarde de quarta-feira, 7, no Sindicato Rural de Uruçuca e na manhã de quinta-feira, 8, em Serra Grande, palestra e roda de conversa sobre a violência contra a mulher.

As palestras abordaram a temática da violência contra a mulher, notadamente a violência doméstica, seus tipos, a Lei Maria da Penha, a orientação operacional para as ocorrências especializadas de violência contra a mulher e ainda sobre o tratamento humanizado que deve ser dispensado às vitimas, pois se encontram em estado de vulnerabilidade.

As delegadas Camila França, de Uruçuca e  Andrea Tambone, de Ilhéus, palestraram sobre direitos e medidas protetivas da Lei. As assistentes sociais, coordenadoras e psicólogas debateram sobre o tema com as mulheres em uma dinâmica roda de conversa.

“Ao primeiro sinal de agressão, a mulher tem que dar um basta, precisa denunciar. É necessário acabar com essa cultura do homem pensar que as mulheres são propriedade deles, e que eles podem fazer o que bem entenderem”, disse o prefeito Moacyr Leite Jr, em seu discurso de boas vindas aos participantes.

Sinebahia Itabuna disponibiliza 53 vagas de trabalho na próxima segunda-feira

Há dez vagas para auxiliares de limpeza.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis na próxima segunda-feira, 12 de agosto.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS 

PESQUISADOR (TEMPORÁRIO)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com atendimento ao público

30 VAGAS 

GERENTE COMERCIAL

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA 

(mais…)

Faculdade de Ilhéus entrega 3,5 toneladas de alimentos a entidades filantrópicas da cidade

Diretores da Faculdade de Ilhéus, parceiros e representantes das instituições filantrópicas que receberam doações de alimentos. Foto: Ascom.

A Faculdade de Ilhéus entregou nessa quinta-feira, 8 de agosto, 3,5 toneladas de alimentos não perecíveis a oito entidades filantrópicas do município. A doação resultou da arrecadação de alimentos realizada durante o processo de inscrições do projeto 100 Cursos Sem Custos, que ofereceu cursos gratuitos de capacitação profissional no período de 22 a 26 de julho, em parceria com a Gabriela FM.

Na oportunidade, o diretor da Faculdade, Almir Milanesi, destacou o enorme sucesso do projeto Cursos sem Custos, que tem como objetivo estimular o empreendedorismo em Ilhéus e região. Conforme disse, os cursos atraíram quatro mil inscrições e a participação direta de mais de três mil pessoas. Ele garantiu que a instituição realizará nova edição do projeto.

O ato de entrega dos alimentos contou com a presença da diretora acadêmica, Sandra Milanesi, do coordenador comercial Joaquim Thiers, do vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus (CDL), Anselmo Clement, e de representantes das entidades filantrópicas. Sandra Milanesi ressaltou que, além da expressiva arrecadação de alimentos, o projeto também obteve um ótimo resultado acadêmico.

Foto: Ascom-Faculdade de Ilhéus.

As entidades beneficiadas são: Abrigo São Vicente de Paulo de Ilhéus, Associação de Apoio aos Portadores de Câncer, Associação de Moradores do Bairro Hernani Sá, Associação de Moradores do Teotônio Vilela, Centro Espírita Porto da Esperança, Comunidade Cristã Sol de Justiça, Fazenda da Esperança São Jorge e Pastoral Familiar da Paróquia São Francisco de Assis.

Os representantes das entidades filantrópicas agradeceram ao apoio recebido por parte da Faculdade de Ilhéus. O gerente do Abrigo São Vicente de Paulo, Flávio Soares, afirmou que “a Faculdade é muito atuante na área institucional e cumpre bem a responsabilidade social. Inclusive, a parceria com o abrigo é permanente, através do curso de Psicologia”, acrescentou.

Por sua vez, a coordenadora da Pastoral Familiar da Paróquia São Francisco de Assis, Elizete Oliveira da Silva, declarou que “os alimentos doados deixarão felizes muitas famílias necessitadas”. O presidente da Associação de Moradores do Bairro Hernani Sá, Adilson Nunes, também destacou que o benefício alcança famílias carentes do bairro e de outras localidades da zona sul.

Morre mulher que esperou 1 semana por cirurgia de emergência no Hospital Costa do Cacau

Jandalmira faleceu aos 64 anos. Foto: arquivo familiar/Facebook.

Faleceu na manhã desta sexta-feira, 09, a senhora Jandalmira Teixeira Costa do Nascimento, de 64 anos, devido a um aneurisma cerebral.

O caso dela foi noticiado com exclusividade pelo BG no dia 27 de julho. A crise que a levou para a emergência do Hospital Costa do Cacau aconteceu no dia 20 de julho, e segundo familiares, devido à falta de material cirúrgico ela só foi operada após 7 dias (relembre aqui).

Como os parentes demonstraram receio de represálias, optamos por não identificá-la e revelamos apenas as letras iniciais do primeiro nome e do último sobrenome.

Internada na UTI semi-intensiva desde a data da operação (27 de julho), dona Jandalmira não resistiu e faleceu.

Não podemos afirmar que o período de espera, também confirmado por funcionários do hospital, contribuiu para o triste desfecho. Tentamos ouvir um especialista, mas não conseguimos obter considerações.

O corpo está sendo velado no SAF da Conquista.

O BG presta condolências à família neste momento doloroso de grande perda.

Mantivemos contato com a assessoria de comunicação do hospital, mas não conseguimos resposta.