Governo deve anunciar privatização dos Correios nesta quarta

Plano de privatização deve ser anunciado nessa quarta-feira (21).

O governo federal deve anunciar nesta quarta-feira (21) o plano de privatização dos Correios. A informação foi comentada pelo ministro da economia, Paulo Guedes, na noite desta terça-feira (20) e divulgada pelo portal G1.

Na justificativa pela privatização, o Ministério da Economia aponta que a estatal é vítima de muita corrupção, interferências políticas na gestão, ineficiência, greves constantes e perda de mercado para empresas privadas na entrega de produtos vendidos online.

O ministério também realizou um estudo no qual foi constatado que os Correios enfrentam um “elevado índice de extravio”, e morosidade no ressarcimento desses produtos ao consumidor.

Outro problema encontrado pelos técnicos do ministério indica que a estatal tem um rombo de R$ 11 bilhões no fundo de pensão dos seus funcionários, o Postalis. Além disso, o Postal Saúde, plano que atende quem trabalha para a empresa, também tem um rombo de R$ 3,9 bilhões.

Recentemente, disputas envolvendo o plano de saúde foram as responsáveis por uma greve de funcionários. Por isso, esse estudo destaca que os Correios são “uma vaca indo para o brejo”. No entanto, para privatizar a empresa, o governo federal precisará pedir permissão ao Congresso Nacional.

Isso porque o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a união não pode vender estatais sem o aval do parlamento e sem licitação quando a transação implicar na perda de controle acionário. De toda forma, a Alibaba e a Amazon já são apontadas como virtuais interessadas na compra da estatal. Informações do G1.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *