Sinebahia Itabuna tem 21 vagas de trabalho nessa terça-feira

Há uma vaga para mecânico de caminhão a diesel.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nessa terça-feira, 3 de setembro.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

OPERADOR DE CAIXA (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

02 VAGAS

CORRETOR DE IMÓVEIS

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

Possuir registro no CRECI-BA

10 VAGAS

(mais…)

Sinebahia Ilhéus tem 10 vagas de trabalho nessa terça-feira

Há uma vaga para pizzaiolo.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa terça-feira, 3 de setembro, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9. Para que não ocorram dúvidas sobre a existência das vagas, confira neste link a lista enviada por Érico Fontes, coordenador do Sinebahia Ilhéus.

OPERADOR DE MARTELETE

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

01 VAGA 

PIZZAIOLO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 06 meses na Função

Apresentar carta de referência

01 VAGA 

TRABALHADOR RURAL

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir habilidade no manuseio de roçadeira

01 VAGA 

(mais…)

Nazal dá palestra em evento do PSOL na próxima sexta-feira, dia 06

José Nazal (Rede Sustentabilidade) vice-prefeito de Ilhéus.

Os Núcleos de Base Comunitária do PSOL (zonas norte e sul de Ilhéus) vão promover um ato de filiação partidária de trabalhadores, estudantes, professores, agentes culturais e lideranças comunitárias.

O evento vai acontecer nas dependências da Tenda do Teatro Popular, na Avenida Soares Lopes, na próxima sexta-feira, 6 de setembro, às 17 horas, e contará com uma palestra do vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal (Rede Sustentabilidade).

Nazal vai falar sobre o cenário eleitoral de Ilhéus, as últimas eleições na cidade, suas peculiaridades históricas e as novas alterações para o conhecimento dos que desejam concorrer no próximo pleito, em 2020.

Nazal é estudioso do assunto e possui dados estatísticos que fundamentarão a palestra. É aguardada a presença do presidente estadual do PSOL na Bahia, o professor Fábio Nogueira, ex-candidato da legenda ao Senado Federal nas eleições de 2018.

Mestra Lainha, atriz e cordelista, vai encenar uma intervenção com temas relacionados à participação das mulheres na política e a necessidade do empoderamento feminino.

Bancos não podem deixar de atender presencialmente

Os bancos não podem deixar de atender clientes presencialmente, mesmo quando estiver disponível o atendimento em outros canais. A determinação é do Banco Central (BC), que publicou hoje (2) no Diário Oficial da União a resolução nº 4.746.

Essa medida foi definida na reunião do Conselho Monetário Nacional, no último dia 29. De acordo com a resolução, é “vedado às instituições impedir o acesso, recusar, dificultar ou impor restrição ao atendimento presencial em suas dependências, inclusive em guichês de caixa, a clientes ou usuários de produtos e de serviços, mesmo quando disponível o atendimento em outros canais”.

Essa determinação não se aplica aos serviços de arrecadação ou de cobrança, quando não houver contrato ou convênio para a sua prestação celebrado entre a instituição financeira e o ente beneficiário; ou o contrato ou convênio celebrado não contemple o recebimento em guichê de caixa das dependências da instituição.

A regra também exclui o recebimento de boletos de pagamento de emitidos fora do padrão, das especificações ou dos requisitos vigentes para o instrumento; recebimento de documentos mediante pagamento por meio de cheque; e as instituições que não possuam dependências ou às dependências de instituições sem guichês de caixa.

Também está fora da determinação os postos de atendimento instalados em órgão ou de entidade da Administração Pública ou de empresa privada com guichês de caixa, nos quais sejam prestados serviços do exclusivo interesse do respectivo órgão ou entidade.

A resolução determina ainda que “é vedada a imposição de restrições quanto à quantidade de documentos, de transações ou de operações por pessoa, bem como em relação a montante máximo ou mínimo a ser pago ou recebido ou ainda quanto à faculdade de o cliente ou o usuário optar por pagamentos em espécie”.

Segundo a resolução, as cooperativas de crédito devem informar em suas dependências, “em local visível e em formato legível, se realizam atendimento a não associados e quais os serviços disponibilizados”. Informações da Agência Brasil.

“Estão manipulando a dor alheia”, afirma Magela após protesto que pediu sua exoneração

Secretário questionado fala em manipulação.

“Que Deus tome conta da alma das pessoas que estão manipulando a dor alheia”, escreveu o secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, em resposta à postagem que noticiou um protesto de familiares das crianças que morreram no Hospital Vida Memorial (veja aqui).

O movimento aconteceu na última quarta-feira, 28, questionou os atendimentos pediátricos oferecidos pelo governo Marão e pediu a saída do secretário, cujas passagens pelas secretarias da mesma área em Teixeira de Freitas e Itabuna não deixaram saudade.

Segundo Magela, “as famílias estão fragilizadas, mas não estão a par de todas as informações, especialmente as verdadeiras. Em outubro deve ter a licitação para a construção da maternidade no antigo [Hospital] Regional com UTI neonatal e pediátrica”. Ele afirma que o município não é responsável por UTI.

O secretário não informou o resultado da investigação que prometeu instaurar sobre as mortes das crianças. Ainda não sabemos se ele iniciou a sindicância. O Diário Oficial até hoje não publicou nada a respeito.

Reprovação de Bolsonaro sobe para 38% e aprovação vai a 29%, diz Datafolha

Presidente Jair Messias Bolsonaro. (Foto: Adriano Machado/Reuters)

A reprovação ao presidente Jair Bolsonaro subiu para 38% em agosto ante 33% em julho, enquanto a aprovação passou de 33% para 29%, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira.

Aqueles que avaliam o governo Bolsonaro como regular ficou estável, passando de 31% para 30%, segundo o levantamento realizado com 2.878 pessoas em 175 municípios. A pesquisa, publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, tem margem de erro de dois pontos percentuais.

Bolsonaro viu sua reprovação aumentar principalmente na Região Nordeste, onde aqueles que consideram seu governo ruim ou péssimo foram a 52% em agosto ante 41% em julho. No fim de julho, Bolsonaro chamou governadores nordestinos de “paraíbas” quando achava que não estava sendo gravado.

O aumento da rejeição do presidente também ocorre após as queimadas na Amazônia, que geraram forte pressão internacional sobre o Brasil. Pesquisa Datafolha divulgada no domingo mostrou grande rejeição à condução de Bolsonaro no quesito, com 51% dos entrevistados a considerando ruim ou péssima.

Entre outras medidas polêmicas dos últimos meses, o presidente anunciou que pretende indicar o filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada em Washington e entrou em desacordo com o ministro da Justiça, Sergio Moro.

O presidente também sofreu perda de apoio entre os mais ricos, aqueles com renda mensal acima de 10 salários mínimos, de acordo com o levantamento. Neste segmento, a aprovação caiu para 37% em agosto ante 52% em julho.

Também aumentou a rejeição ao comportamento de Bolsonaro. Para 32%, o presidente não se comporta de forma adequada para o cargo em nenhuma ocasião, uma alta de 7 pontos em relação a julho. Informações de Reuters.

Seduc emite comunicado sobre suspensão das aulas no IME, em Ilhéus

Princípio de incêndio aconteceu na última quarta-feira (28).

Em virtude de um princípio de incêndio ocorrido na última quarta-feira (28), no Instituto Municipal de Ensino (IME) Eusinio Lavigne, a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) informa à comunidade ilheense que aguarda o resultado da perícia realizada pelo Corpo de Bombeiros. A Seduc ressalta que já entrou com processo administrativo junto à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Seinfra) para que seja disponibilizado um novo espaço até que a escola volte a funcionar de forma regular.

COMUNICADO

Prezados pais, alunos e trabalhadores em Educação do IME Eusínio Lavigne,

Comunicamos que em decorrência do incidente ocorrido na parte elétrica do IME no dia 28 de agosto, as aulas estão suspensas até a conclusão da reforma elétrica, que será realizada em caráter emergencial.

Informamos que esses dias serão repostos posteriormente sem prejuízo dos 200 dias letivos.

Informamos ainda que os alunos do noturno (EJA) irão utilizar provisoriamente as salas da Escola Municipal Heitor Dias e que tão logo encontremos um espaço para alugar, as aulas dos períodos matutino e vespertino serão retomadas.

Em tempo, esclarecemos que as provas que estavam em andamento serão aplicadas em data posterior, comunicada previamente pela Equipe Gestora do IME Eusinio Lavigne.

Contando com a compreensão de todos, agradecemos antecipadamente.

Profa. Eliane Oliveira da Silva

Secretária Municipal de Educação, Esporte e Lazer

Exclusivo. Pesquisa revela que 78% do eleitorado de Ilhéus não pretende votar em Marão

Estilo Marão de governar desagrada maioria.

Pesquisa realizada de 13 a 17 de agosto de 2019, pela mais conceituada empresa do ramo no Sul da Bahia (cujo responsável é professor da UESC), revela o tamanho da rejeição ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre.

O levantamento entrevistou 1004 pessoas e a margem de erro é de 3% para mais ou menos. As faixas etárias com os respectivos percentuais das pessoas que opinaram são as seguintes: 16 a 17 anos (3.19%); 18 a 24 (12.85%); 25 a 34 (23.11%); 34 a 44 (25.30%); 45 a 59 (21.31%); 60 anos ou mais (14.24%).

Diante da pergunta: “Votaria novamente no prefeito Mário Alexandre?”, a imensa maioria, ou precisamente 78.78% dos entrevistados responderam “não”, apenas 12.95% responderam “sim” e  8,27%  disseram “não sabe”.

De acordo com o sociólogo responsável pela pesquisa, a marca principal do quadro em Ilhéus “é o desgaste da administração municipal como um todo”.

Veja o gráfico.

Gráfico: Blog do Gusmão.

 

Gráfico: Blog do Gusmão.

Devido a questões contratuais, não podemos divulgar o nome da empresa responsável pelo levantamento.

A equipe do BG teve acesso amplo ao relatório da pesquisa e assegura a veracidade das informações publicadas nesta reportagem.

Atualizado no dia 03 de setembro de 2019 às 22h26min.

A pesquisa foi realizada pela empresa Sócio Estatística do sociólogo Agenor Gasparetto (mais detalhes aqui).

Governo do Estado promove 900 professores das universidades

Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

O Governo do Estado, por meio das secretarias da Administração (Saeb), da Educação e da Casa Civil, publicou, no sábado (31), no Diário Oficial, a Lei 14.122, que estabelece o quadro de cargo de provimento permanente do magistério público das quatro universidades estaduais da Bahia. Com isso, serão concedidas 900 promoções da carreira, conforme acordo feito com a categoria.

Com a Lei, os professores universitários terão um ganho de até 22,75% sobre os vencimentos. Serão promovidos os docentes em todos os níveis da carreira: assistentes, auxiliares, adjuntos, titulares e plenos do quadro do magistério da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Isso vai gerar um impacto financeiro estimado em R$ 12,7 milhões este ano e R$ 16,9 milhões em 2020.

De acordo com a Lei, a Uneb terá um total de 398 vagas abertas para promoção de docentes. Serão 139 vagas para a promoção do cargo de professor auxiliar para assistente e outras 139 vagas de assistente para adjunto. Também terá 83 vagas para promoção do cargo de adjunto para titular, além de 37 de professor titular para pleno.

Na Uesb serão 227 vagas para promoção de professores, sendo 97 promoções do cargo de assistente para adjunto, 97 de adjunto para titular e 33 do cargo de titular para pleno.

A Lei prevê que a Uesc terá 151 vagas para promoção de docentes. Deste total, 68 vagas serão para promover professores assistentes em adjuntos, 63 do cargo de adjunto para titular, além de 20 vagas para a promoção de titular para pleno.

Já na Uesf, a Lei prevê a abertura de 124 vagas para promoção de professores, sendo 52 de assistente para adjunto, outras 52 de adjunto para titular e 20 de titular para pleno.