Sócio Estatística: Cacá tem 9,86%; Valderico 9,36%; Jabes 8,47% e Marão 8,07%; prefeito terá pouca probabilidade de se reeleger, afirma Gasparetto

Cacá, Valderico Junior, Jabes Ribeiro e Marão não passam de 1 dígito e estão empatados.

Em primeira mão.

Pesquisa de opinião da empresa Sócio Estatística realizada de 13 a 17 de agosto, em Ilhéus, mostra um empate técnico entre Cacá Colchões, Valderico Júnior, Jabes Ribeiro, Marão e Cosme Araujo, cinco dos principais nomes que podem disputar o comando da prefeitura em 2020. Foram entrevistadas 1004 pessoas e a margem de erro é de 3% para mais ou menos.

Na pergunta estimulada: “Se a eleição fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem votaria?”, os resultados foram os seguintes:

Cacá Colchões 9.86%;

Valderico Júnior 9.36%,

Jabes Ribeiro 8.47%

Mário Alexandre  – Marão 8.07%

Cosme Araujo 7.87%

Bebeto 5.38%

Outro 3.49%

Jorge Luís 3.29%

Professor Reinaldo 3.09%

Nazal 2.79%

Alcides Krushewsky 2.79%

Nilton Cruz 1.49%

Marlon Silveira 0.90%

Adélia Pinheiro 0.80%

Luís Uaquim 0.30%

Na espontânea: “Já tem candidato a prefeito?” a Sócio Estatística colheu os seguintes resultados:

Não 70.52%

Não respondeu 15.34%

Marão/Mário 4.18%

Cacá/Cacá Colchões 2.99%

Valderico Júnior/Valderico/Jr  1.89%

Cosme Araujo/Cosme 1.16%

Jabes/Jabes Ribeiro 1.0 %

Bebeto 0.50%

Nazal 0.50%

Alcides 0.30%

Rui 0.30%

Professor 0.20%

Augustão 0.10%

Jorge/Jorge Luiz 0.20%

Pro Reinaldo 0.10%

Sim. Quem? 0.10%

O uso do ponto em numerações com casas decimais remete à formatação original do relatório da Sócio Estatística.

Agenor Gasparetto.

Na última segunda-feira, 2, publicamos que 78% do eleitorado não pretende votar em Marão (veja aqui).

Segundo o sociólogo Agenor Gasparetto, “um grande vácuo se afigura nessa situação de desgaste” do prefeito Marão.

Dentre os nomes que despontam como fortes, destacam-se Valderico Junior, Cacá Colchões e Cosme Araujo, Jabes Ribeiro e o atual prefeito.

Gasparetto ressalta que Marão, mantido o quadro atual, terá pouca probabilidade de se reeleger, a menos que em pouco mais de um ano ela surpreenda.

Há “um quadro de grande equilíbrio entre vários nomes, especialmente entre os três primeiros. Curiosamente, todos os nomes estão ainda na casa de um dígito. Por esta razão parece cedo para conclusões definitivas. Muita coisa ainda poderá acontecer em Ilhéus”, conclui Gasparetto.

Governo Marão ameaça o BG.

O atual governo ameaça processar o Blog do Gusmão por ter divulgado essa pesquisa que revela índices muito ruins relacionados ao prefeito Marão.

Chateados com a revelação do desgaste, dizem que a pesquisa deveria ser registrada.

Segundo o advogado Mesaque Soares, a Resolução nº 23.549 de 18 de dezembro de 2017 exige que as pesquisas sejam registradas a partir de 1º de janeiro do ano eleitoral.

Há vasta jurisprudência, inclusive do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que livrou veículos da imprensa de qualquer tipo de sanção por divulgar pesquisas em períodos não eleitorais.

“Se não tem capacidade de gerar desequilíbrio no pleito do ano que vem, não há como aplicar resolução do ano eleitoral”, explicou Mesaque Soares, que se prontificou a defender o BG caso o governo Marão decida representar.

IME passa por manutenção e aulas estão provisoriamente suspensas

A Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), por meio de comunicado feito à comunidade ilheense explicou que no último dia 28 de agosto, o prédio do Instituto Municipal de Ensino (IME) sofreu um curto circuito no quadro de energia elétrica. No intuito de salvaguardar os alunos, servidores e comunidade escolar, a Seduc suspendeu de imediato as aulas.

A Seduc informa que a instituição municipal de ensino passa por averiguação com equipes técnicas e que está organizando os procedimentos burocráticos para realizar a reforma da parte elétrica, bem como a reforma do telhado e outras melhorias estruturais.

Por sua vez, a secretária municipal de Educação, Eliane Oliveira esclarece que as aulas serão repostas posteriormente, sem prejuízo dos 200 dias letivo. As provas que estavam em andamento serão aplicadas em data subsequente, comunicada previamente pela Equipe Gestora do IME.

A titular da educação comunica ainda que os alunos do noturno (EJA) irão utilizar temporariamente as salas da Escola Municipal Heitor Dias e as aulas dos períodos matutino e vespertino serão retomadas assim que for encontrado um espaço para locação e até a conclusão dos reparos do prédio escolar.

A Seduc irá informar quando for definida data para retorno das atividades escolares, além de elaborar um cronograma de reposição das aulas sem prejuízo aos estudantes. A Prefeitura de Ilhéus aguarda o resultado do laudo técnico.

MP articula ações em defesa dos direitos humanos do povo tupinambá

As ações implementadas pelo Ministério Público estadual em defesa dos direitos humanos do povo tupinambá foram pauta da reunião que ocorreu na manhã de ontem, dia 4, entre a coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAODH), promotora de Justiça Márcia Teixeira, e a cacica Cátia, da Tribo Patiburi Tupinambá de Belmonte.

Desde o último mês de abril, o MPBA está acompanhando algumas situações e vem buscando articular soluções juntamente com o Ministério Público Federal, Defensoria Pública da União e Conselho Nacional dos Direitos Humanos.

O trabalho já permitiu, por exemplo, que os tupinambás voltassem a comercializar os seus produtos na região da aldeia. Além disso, foram articuladas reuniões da cacica Cátia com as secretarias estaduais de Justiça e Direitos Humanos (SJDHDJ), de Agricultura (Seagri) e de Segurança Pública (SSP) e Coelba.

O MP, explica Márcia Teixeira, tem acompanhado as demandas existentes junto ao Programa de Proteção aos Defensores dos Direitos Humanos (PPDDH), onde tem acento, representando o MPBA.

Na reunião de ontem, a cacica agradeceu todo o apoio recebido e solicitou que o MP siga auxiliando no atendimento das demandas, inclusive nos procedimentos para a instalação da energia elétrica na comunidade de poços artesianos e nas questões ambientais no território da aldeia.

As ações têm sido desenvolvidas pelo MP e demais órgãos desde a visita realizada na região, onde a coordenadora do CAODH esteve representando o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG) no Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH).

Também participaram da reunião na sede do MP, no CAB, representantes da SJDHDS, do gabinete da deputada estadual Olívia Santana, e da tribo Tupinambá.

Companhia Ambiental resgata pássaros em Ilhéus

Uma denúncia anônima ajudou equipes da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Cippa) de Porto Seguro a resgatarem seis gaiolas com pássaros em um cativeiro irregular, na manhã de ontem (quarta-feira, 4), no município de Ilhéus.

Foram salvos dois curiós, dois papa capins, um canário da terra e um chorão. Os animais serão encaminhados aos órgãos ambientais para serem avaliados e devolvidos ao habitat natural.

Na terça-feira (3), a unidade apreendeu três aves – uma maritaca do papo-roxo, um coleiro-baiano e um canário-da-terra -, desta vez, no bairro do Paraguaio, em Porto Seguro. Eles foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) para reabilitação e reinserção à fauna natural.

“Estamos bastante focados com esses casos de maus tratos, cativeiros de animais e com outras situações que possam oferecer risco ao meio ambiente”, pontuou o comandante da Companhia de Policiamento Especializado (CPE), coronel PM Sérgio Freire.

Bahia amplia em 13% o número de transplantes no primeiro semestre

Na Bahia, durante o primeiro semestre deste ano, foram realizados 601 transplantes, um aumento de 13,39%, se comparado ao mesmo período do ano passado. A boa notícia foi dada pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, ao lembrar que setembro é mês de incentivo à doação de órgãos e que há uma série de atividades previstas.

“Este aumento se deve ao incremento dos transplantes de rim e córneas, que esse ano tiveram, respectivamente, aumento de 64,7% e 15,6%, no comparativo com o primeiro semestre de 2018. Ainda no primeiro semestre desse ano, foram contabilizadas 78 doações múltiplos órgãos e 317 doações de córneas”, ressaltou Vilas-Boas.

O mês de setembro é chamado de “Setembro Verde” em função do dia 27, dedicado aos santos gêmeos, Cosme e Damião, que são considerados patronos dos transplantes e apontados como responsáveis pelo primeiro transplante realizado no mundo – o transplante de uma perna, retratado por um pintor espanhol do século XVI, em tela que se encontra exposta no Museu do Prado.

Para assinalar a passagem da data, a Secretaria da Saúde do Estado, por meio do Sistema Estadual de Transplante, está promovendo diversas ações, entre elas feiras de saúde, stands de orientação sobre a doação de órgãos e a prevenção de doenças que podem indicar um transplante, seminários para profissionais da área de saúde, Caravana da Vida, pontos de distribuição de material informativo, caminhadas em vias públicas e um passeio de bicicleta. As ações acontecerão em Salvador e diversos municípios do interior do Estado.

A Sesab vem intensificando o processo de educação dos profissionais da saúde, e investindo na campanha #rumofilazero, do Banco de Olhos da Bahia, além de buscar a interiorização da doação de órgãos e tecidos. A coordenadora da Central de Órgãos também destaca importância da parceria com as empresas de transporte rodoviário – Santana, Águia Branca, Camurujipe Novo Horizonte e Regional, fundamental para reduzir o tempo de espera. Essas empresas fazem o transporte de córneas gratuitamente, a partir de um termo de cooperação técnica.

De acordo com Rita de Cássia Pedrosa, coordenadora do Sistema Estadual de Transplantes, a negativa familiar e o desconhecimento da sociedade sobre o processo de doação são alguns dos principais obstáculos para o aumento no número de transplantes.

“Por não conhecerem como se dá a doação, muitas famílias negam”, reforça América Carolina Brandão, coordenadora de Central Estadual de Transplantes, acrescentando que a Sesab desenvolve um constante trabalho de conscientização, buscando reduzir as negativas das famílias à doação. Durante todo o ano passado, foram registradas 133 doações de múltiplos órgãos e 518 doações de córneas. Foram feitos 49 transplantes de fígado, 206 de rim e 514 de córnea.

(mais…)