Rotary Club de Itabuna premia vencedores do Concurso Literário Adelindo Kfoury

O Rotary Club de Itabuna entregou, na noite de ontem terça-feira (10), em noite festiva em sua sede no bairro São Judas, as premiações dos estudantes vencedores do Concurso Literário Adelindo Kfoury Silveira. Organizado pelo Rotary Club com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Itabuna e do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac), o concurso de redação contou com a participação de alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de 10 instituições da rede municipal de ensino.

A premiação foi idealizada com o objetivo de estimular a leitura e produção literária entre o público jovem e teve início em março deste ano. Ao todo, foram produzidas mais de 340 redações com o tema “A preservação da água e o Rio Cachoeira”, das quais foram selecionadas as 3 grandes vencedoras pela comissão organizadora do projeto.

Para a secretária de Educação de Itabuna, Nilmecy Gonçalves, a escolha do tema da redação foi uma assertiva do Rotary Club, por envolver o meio ambiente no âmbito da cidade de Itabuna e o seu símbolo natural maior, que é o Rio Cachoeira. “Estamos convictos de que esse concurso literário provocará um importante diferencial nas atividades letivas, sobretudo em Língua Portuguesa, na nossa rede”, completou.

Os três alunos autores das redações classificadas como vencedoras do concurso foram Shawanna Elane Santos e Hellen de Souza Silva, ambas alunas do Instituto de Educação Aziz Maron, e Gabriel Moreira Leite, do Centro de Atenção Integral à Criança (CAIC). O primeiro colocado ganha uma bolsa integral em curso de livre escolha no Cebrac. Já o segundo, levará um notebook. O terceiro colocado será presenteado com 1 tablet.

De acordo com o calendário rotário 2019-2020, setembro é o mês que simboliza a educação básica e alfabetização. Membro da comissão organizadora do concurso literário, o rotariano Fernando Lopes lembrou que o trabalho era realizado de maneira restrita em algumas escolas e que, neste ano, o Rotary Club Itabuna decidiu ampliar para um número maior de instituições de ensino, o que foi possível com o apoio total da Secretaria de Educação. “Esse incentivo é fundamental para contribuir na formação dos alunos. Desejamos que as escolas públicas sejam cada vez mais um espaço atrativo para os jovens e esse é um desafio que toda a sociedade pode ajudar a vencer, concluiu.

Adelindo Kfoury

O prêmio homenageou a memória do escritor e historiador itabunense, que também foi rotariano, como reconhecimento pela sua contribuição à educação e à cultura. Autor de 12 livros e de mais de mil crônicas e contos publicados em todo o Brasil e no exterior, Kfoury ocupou também a direção de emissoras de rádio e de jornais em Itabuna.

Vencedor de prêmios literários e brilhante historiador, escreveu Itabuna, Minha Terra, a obra mais completa sobre a história do município, que passou a ser, inclusive, inserida na grade curricular das escolas da cidade. Adelindo faleceu em 8 de setembro de 2012, de falência múltipla dos órgãos. Com informações do Pimenta.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *