Petrobras eleva preço da gasolina em 3,5% e do diesel em 4,2%

A Petrobras anunciou, na noite desta quarta-feira (18), reajuste nos preços da gasolina e do óleo diesel. Os novos valores passam a valer nesta quinta-feira (19) nas vendas de refinarias para distribuidoras.

O litro da gasolina foi reajustado em 3,5% e o do diesel, em 4,2%. Para o consumidor final, porém, sobre esses valores, serão acrescidos encargos tributários e trabalhistas e as margens de lucro dos postos de combustíveis.

Na última segunda-feira (16), a Petrobras divulgou nota sobre o bombardeio de refinarias na Arábia Saudita, responsável pela produção de 5% do petróleo mundial, o que gerou uma imediata elevação dos preços dos combustíveis no mundo. A estatal informou, na ocasião, que continuaria monitorando os preços do petróleo e não faria um ajuste de forma imediata.

O último reajuste da gasolina no Brasil havia sido em 5 de setembro e o do diesel, em 13 de setembro. Em sua página na internet, a Petrobras explica como funcionam o mecanismo e as decisões de formação de preços dos combustíveis por ela vendidos.

“Nossa política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”, explica, em nota, a estatal.

Segundo a companhia, a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. São os combustíveis tipo A: gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel sem adição de biodiesel. “Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis.”

Governo Marão pinta faixa de pedestres no horário de pico e causa grande engarrafamento

Foto tirada na rua Arthur Lavigne na Conquista durante o engarrafamento

No início da noite desta quarta-feira (18), os ilheenses que precisavam ir para a Zona Sul da cidade foram submetidos a um engarrafamento fora do comum. O trânsito lento se deu por conta da pintura de uma faixa de pedestres na entrada da Sapetinga, que teve início por volta das 16 h e se estendeu até o início da noite. O serviço só foi interrompido quando o trânsito estava completamente congestionado.

Os acessos para a zona sul via Terminal Rodoviário, Plano Inclinado e Rua da Linha estavam comprometidos por conta da pintura da faixa. Em contato com o Diretor de Trânsito da Sutran, Gilson Nascimento, o BG questionou se não haveria um horário mais viável para a realização da ação, que deve ser realizada, desde que não atrapalhe o andamento do trânsito. Em resposta Gilson Nascimento afirmou que a ação deveria ter sido iniciada mais cedo, mas por conta de um problema na máquina o serviço começou com atraso. Segundo ele, assim que o engarrafamento teve início a pintura da faixa foi suspensa. Muitas pessoas reclamaram do congestionamento, afirmando que passaram horas paradas no engarrafamento.

Semana de Mobilidade do Sul da Bahia discutirá região metropolitana do sul da Bahia e acessos da nova ponte de Ilhéus

A programação da Semana de Mobilidade do Sul da Bahia, promovida pelo Instituto Nossa Ilhéus, por meio do projeto MobCidades, vai promover debates e mostra de estudos e projetos sobre mobilidade entre os dias 18 e 20 de setembro, sempre às 19h, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (Avenida Soares Lopes).

Na ocasião, especialistas e representantes do poder público falarão sobre região metropolitana sul baiana e questões referentes à nova ponte Ilhéus-Pontal, entre outros assuntos pautados nos trabalhos apresentados pelos pesquisadores. A entrada é gratuita.

Nesta quarta-feira (18), 10 pesquisas científicas e projetos de intervenção sobre acessibilidade e mobilidade urbana serão apresentados na Mostra Cidade e Movimento. Os trabalhos foram escolhidos entre 23 propostas inscritas em um processo seletivo aberto em agosto.

Os trabalhos serão apresentados em formato de banner/pôster e o público do evento elegerá os três melhores. Após a exposição, será realizado um debate com a presença de um representante de cada uma das dez propostas selecionadas.

Já na quinta-feira (19) será realizado o bate-papo “Os desafios da integração regional e os caminhos para a implantação da Região Metropolitana do Sul da Bahia”. O debate terá como foco a análise do processo de desenvolvimento urbano do Sul da Bahia e os seus impactos na mobilidade da população desta região.

Serão discutidos os desafios para a criação e consolidação de instâncias de governança regionais, como a Região Metropolitana do Sul da Bahia, principalmente no que diz respeito ao planejamento e a gestão integrada da mobilidade. Os debatedores serão José Nazal (vice-prefeito de Ilhéus) e Luciano Veiga (Amurc), com mediação da Profª. Maria Cristina Rangel (UESC).

Na sexta-feira (20), o bate-papo “Os lados da ponte: apresentação e análise do projeto da Ponte Ilhéus-Pontal e seus acessos viários”, vai pautar a obra da nova Ponte Ilhéus-Pontal, que tem previsão de inauguração em fevereiro de 2020 e trará um importante impacto na mobilidade de quem mora, visita ou passa por Ilhéus. As mudanças no trânsito da cidade ainda causam dúvidas e geram divergências. Por isso, o engenheiro de trânsito da SUTRAM, George Moreno, e o arquiteto e urbanista do Núcleo de Projetos da SEINTRA, Bruno Sitta, vão apresentar o projeto dos acessos viários da nova ponte ao centro e à zona sul de Ilhéus, e os professores Peolla Paula (UFSB) e Ricardo Becker (FMT/UNIME) vão analisar a proposta com o público do evento.

O evento é resultado da parceria com a Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, Associação dos Surdos de Ilhéus – ASI, Rotary Club de Ilhéus e Associação Hernani Sá Criativo. O evento conta ainda com o apoio do Teatro Popular de Ilhéus, Associação dos Moradores do Bairro Hernani Sá, Grupo Andarilhos, CEEP do Chocolate Nelson Schaum, Grupo Franciscano da Melhor Idade, Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc, Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade – Sutram e da Indústria do Chocolate da Bahia.

Sobre o MobCidades – Desde 2017, o Instituto Nossa Ilhéus faz parte do projeto MobCidades – Mobilidade, Orçamento e Direito à Cidade”, financiado pela União Europeia e sob coordenação nacional do Instituto Nacional de Estudos Socioeconômicos (INESC). Contempla 10 movimentos da Rede Brasileira de Cidades, sendo o INI o único na Bahia. Cada movimento trabalha com mais quatro co-executores locais, em Ilhéus, são: Associação de Surdos de Ilhéus, UFSB, Rotary Club e Associação de Criativos do Hernani Sá. O objetivo é fortalecer organizações para monitorarem o orçamento público destinado à área de mobilidade urbana, por meio de incidências locais e nacional. Conheça as ações do MobCidades em Ilhéus no link: https://www.nossailheus.org.br/?s=mobcidades.

Sinebahia Itabuna oferta vagas de trabalho nessa quinta-feira (19)

Sinebahia Itabuna tem vagas para operadores de telemarketing.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nesta quinta-feira, 19 de setembro.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Fundamental Incompleto

Não exige experiência

Possuir habilidade com pacote Office

01 VAGA

 

OPERADOR DE CAIXA(PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

01 VAGA

 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

 

INSPETOR DE DISCIPLINA (MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO) (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vigilância

Possuir curso de vigilante ou bombeiro civil

02 VAGAS (mais…)

Jacques Antonio de Miranda é nomeado reitor da UFOB

Professor Jacques Miranda é primeiro reitor eleito da UFOB

O professor Jacques Antonio de Miranda foi nomeado o novo reitor da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB). O decreto que designa o docente ao cargo foi publicado nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial da União, para o mandato de quatro anos (2019 a 2023).

Atualmente vice-reitor Pro Tempore, professor Jacques foi o primeiro colocado da lista tríplice, elaborada pelo Conselho Universitário, em reunião extraordinária ocorrida em 18 de junho de 2019, com 27 votos.

Lotado no Centro das Ciências Exatas e das Tecnologias (CCET), no Campus Reitor Edgard Santos, em Barreiras, o futuro dirigente é bacharel, mestre e doutor em Química e integra o quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Química Pura e Aplicada (Posquipa) e do Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação (Profnit). Entre 2011 e 2013, foi diretor do antigo Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável, unidade avançada da UFBA que deu origem à UFOB.

As datas da cerimônia de posse do novo reitor, em Brasília, e da transmissão do cargo da reitora Pro Tempore, professora Iracema Veloso, para a futura gestão serão divulgadas nos próximos dias.

Criminosos são presos durante operação em Santa Maria da Vitória

Vinte e dois mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos na ação, que também apreendeu um adolescente, drogas e arma

Vinte e dois mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos, na manhã desta quarta-feira (18), em Santa Maria da Vitória, durante a Operação Sexto Sentido, deflagrada pela 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), daquela cidade.

Carlos Cavalcante Satélites, o Língua, Manoel Messias Moreira dos Santos Júnior, Fernando de Jesus Souza, o Nando, Jailton de Alcântara Oliveira, o “Tomém”, Evandro Couto de Oliveira, o Vando, e Anália Rosa de Alcântara, a Tata, integram a quadrilha alvo da operação e foram presos durante a ação.

Um adolescente de 16 anos também foi conduzido pelos policiais, que apreenderam com os criminosos crack, maconha, uma espingarda calibre 20, um simulacro de pistola, caderno com anotações do tráfico, celulares e computadores, já encaminhados para a perícia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A operação, que contou com o apoio de equipes das 11ª e 24ª Coorpins, sediadas em Barreiras e Bom Jesus da Lapa, respectivamente, teve como objetivo prender traficantes e homicidas. “O nome faz menção bíblica ao sexto mandamento “Não Matarás”, devido ao número de homicídios ocorridos em nossa região”, explicou o coordenador da 26ª Coorpin, delegado Alexandre Haas Pinheiro Cunha.

De acordo com o delegado, além das prisões e apreensões, os policiais também apagaram pichações feitas por traficantes nos muros de imóveis, em Santa Maria da Vitória e São Félix do Coribe.

Combate ao trabalho escravo na Bahia é tema de seminário nesta quarta

Entre 2014 e 2019, 238 trabalhadores foram resgatados em situação de trabalho análogo ao escravo no estado. Este dado é da Comissão de Erradicação do Trabalho Escravo na Bahia (Coetrae-BA), que celebrou dez anos de atuação com um seminário internacional realizado nesta quarta-feira (18), no Ministério Público do Trabalho (MPT-BA), em Salvador. O encontro promoveu debates e reuniu parceiros da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS).

“Temos que refletir que, em pleno século XXI, nós ainda encontramos este tipo de condição e por isso é fundamental que todos os órgãos envolvidos continuem trabalhando de forma integrada e conjunta. Foram dez anos de muita luta, muito trabalho, mas de fluxos muito proveitosos e, acima de tudo, de conscientizar a sociedade e empresários que este tipo de prática é muito nociva, danosa ao ser humano e ao ambiente de negócio”, afirmou o titular da SJDHDS, Carlos Martins.

Além de membros do MPT-BA, participaram representantes da Organização Internacional do Trabalho, Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Ministério Público Federal, Defensoria Pública da União e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas).

De acordo com a procuradora do MPT-BA, Manuella Gideon, a necessidade de trabalhar torna o trabalhador vulnerável aos abusos e o meio rural é onde se registra o maior número de casos. “Não é uma mera irregularidade trabalhista que faz com que haja um resgate ou a identificação do trabalho escravo. O Código Penal, artigo 149, prevê as hipóteses. Trabalho em condições degradantes, sem um mínimo de dignidade, jornada exaustiva, condições precárias de alojamento, ausência de banheiro, água potável, cama. É uma série de fatores que levam ao entendimento de que aquilo é um trabalho degradante”, explicou.

Um lavrador, que preferiu não ser identificado, foi submetido a condições de trabalho análogas ao trabalho escravo em uma fazenda na região de Vitória da Conquista. Ele trabalhava na lavoura, recebia o salário mensalmente, mas dormia em um curral sem qualquer estrutura. Ele não identificou a situação como trabalho escravo, mas a Polícia Rodoviária Federal resgatou o trabalhador em uma Força Tarefa do Coetrae-BA. “Eu não cheguei à conclusão [de que tinha alguma coisa errada] porque já tinha dois anos que eu estava lá, mas a Polícia Federal chegou, achou que tava tudo errado e parou o serviço”, contou. “Agora a gente está correndo atrás do objetivo para não acontecer mais”, completou o trabalhador.

Correios: funcionários suspendem greve

Após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidir ontem (17) que 70% dos empregados dos Correios mantivessem as atividades da empresa, os funcionários suspenderam a paralisação. Com a decisão dos empregados, os Correios vão manter as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019 até o dia 2 de outubro, data do julgamento do dissídio pelo tribunal.

De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), os trabalhadores reivindicam reajuste salarial com reposição da inflação (3,25%) e não querem cortes de direitos conquistados. Os empregados também são contra a eventual privatização dos Correios.

Em nota, os Correios afirmaram que, ao longo dos dois meses de negociação, buscaram construir uma proposta de acordo coletivo dentro das condições financeiras suportadas pelo caixa da empresa. Para os Correios, as federações reivindicam vantagens impossíveis de serem concedidas no atual momento. Ainda na nota, os Correios afirmam que, por meio do julgamento do dissídio, esperam chegar a um entendimento razoável sobre o acordo coletivo. Informações da Agência Brasil.

Uruçuca: Município ganha novo parceiro nas atividades educacionais

Uruçuca tem novo parceiro na educação municipal

 

A Prefeitura de Uruçuca recebeu, na última segunda-feira, 16, mais um novo parceiro para as atividades e formações da educação municipal. O município que já tem como parceiros colaboradores o Instituto Arapyaú e o Instituto Chapada, agora recebe o Centro de Referências em Educação Integral para fortalecer ainda mais nosso time.

O Centro de Referências em Educação Integral promove, desde 2013, a pesquisa, o desenvolvimento metodológico, o aprimoramento e a difusão gratuita de referências, estratégias e instrumentais que contribuam para o fortalecimento da agenda de Educação Integral no Brasil.

O novo parceiro foi recepcionado pelo prefeito Moacyr Leite Jr. que falou da importância dessa parceria: “Desejo boas-vindas a essa equipe tão competente que está disposta a realizar esse trabalho de transformação conosco. A nova escola será um marco para Serra Grande e para Uruçuca também. O trabalho pedagógico que está sendo construído não é apenas para esse novo complexo educacional, mas sim para toda rede municipal, por isso requer a participação e o comprometimento de todos os nossos profissionais educadores”.

A formação com o Centro de Referências em Educação Integral tem duração de três dias, com encerramento nesta quarta, com toda a equipe gestora da rede municipal.

CCZ de Ilhéus informa sobre suspensão da campanha antirrábica

Vacinação antirrábica está em falta no mundo. Sesau aguarda ministério enviar lotes ao município.

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Ilhéus comunica à população sobre a interrupção da campanha de vacinação antirrábica. De acordo com a coordenadora da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), Paula Rocha, no mês de agosto foram vacinados 3.512 animais, sendo 691 felinos e 2.821 cães.

A vigilância de zoonoses do município esclarece que interrompeu a continuidade da ação de imunização em virtude do desabastecimento mundial da vacina antirrábica animal. O Ministério da Saúde, responsável pela distribuição das vacinas, informou o desabastecimento da vacina antirrábica canina.

Diante desse fato, o CCZ realizou a ação, nos dias 14, 16, 19, 20, 21 e 22 de agosto, aproveitando o saldo de vacinas, priorizando as comunidades onde há uma maior população de cães, os bairros Teotônio Vilela, Condomínio Sol e Mar, Morada do Porto, Olivença e adjacências, Nelson Costa, Urbis, Iguape, Couto, Centro, Princesa Isabel, Banco da Vitória e Ilhéus II.

A unidade informa que aguarda a regularização do abastecimento para dar continuidade à vacinação nas demais localidades do município. Portanto, a campanha antirrábica no município será adiada até termos novas orientações do Ministério da Saúde.

Preso líder de quadrilha que matou PM em Valença

Luciano Santos estava com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas

Acusado de liderar uma quadrilha de traficantes, responsável pela morte de um policial militar em Valença, Luciano Santos, de 36 anos, foi preso, na terça-feira (17), em Eunápolis, por equipes da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede naquele município.

Localizado no bairro Pequi, Luciano de Iara, como é conhecido, estava com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas, expedido pela Comarca de Valença. Ele está à disposição da Justiça.

De acordo com coordenador da 23ª Coorpin/Eunápolis, delegado Moisés Damasceno, Luciano já estava sendo investigado por envolvimento no homicídio do PM Rogério Souza da Silva, ocorrido em dezembro de 2016.

O policial estava em serviço, acompanhado de outro soldado, que também ficou ferido. Mesmo sem fardamento, a dupla foi reconhecida pelos criminosos. Cinco traficantes envolvidos na ação morreram durante confronto com a PM