Conheça os benefícios dos alimentos fitoquímicos e saiba como incluí-los em sua dieta

Imagem ilustrativa.

Os fitoquímicos são elementos químicos presentes naturalmente em alimentos à base de plantas. Seus benefícios para a saúde – especialmente seu poder antioxidante e seu possível papel na prevenção do câncer – são amplamente investigados hoje pela comunidade científica.

Apesar de serem encontrados nos alimentos, os fitoquímicos não são exatamente nutrientes, nem macronutrientes, nem estão incluídos no grupo de vitaminas ou minerais. Portanto, eles não têm função energética ou nutricional mas estão presentes em certos alimentos – como na cenoura, no café e também no óleo de krill, proporcionando várias funções benéficas. Por isso, os alimentos que contêm substâncias fitoquímicas são chamados de alimentos funcionais, pois, além do componente nutricional, eles também oferecem outros tipos de benefícios à saúde.

Em uma dieta habitual e saudável, podemos encontrar uma quantidade suficiente de componentes fitoquímicos para sentir seus benefícios em nosso corpo. Da mesma forma, a combinação no mesmo alimento de diferentes compostos fitoquímicos aumenta e melhora seus efeitos, mais do que se fossem tomados separadamente ou como suplemento.

Funções dos fitoquímicos e benefícios de seu consumo

Muitos dos fitoquímicos oferecem características organolépticas ou sensoriais aos alimentos nos quais estão presentes. Estes compostos são responsáveis ​​por atribuir cor, cheiro e sabor aos pratos. Além disso, o consumo de componentes fitoquímicos presentes nos alimentos está associado a múltiplos benefícios à saúde. Este é um campo que está sob investigação e novos efeitos continuam sendo descobertos.

Os carotenóides são elementos pró-vitamina A, por isso têm funções semelhantes a essa vitamina: colaboram para manter uma visão correta, a integridade do osso e do sistema epitelial e também é importante durante a amamentação, pois colabora na produção de laticínios.

Vários fitoquímicos, incluindo flavonóides e carotenóides, têm função antioxidante, o que significa que ajudam a reduzir a inflamação e atuam como protetores em doenças cardiovasculares: ataques cardíacos, angina de peito, hipertensão arterial , arteriosclerose, etc. Um dos mais famosos atualmente é o resveratrol, cujo nome você provavelmente já ouviu associado ao vinho.

Outro dos efeitos mais divulgados das substâncias fitoquímicas é sua possível relação na prevenção de certos tumores ou processos cancerígenos. Esta função é realizada através da conversão de substâncias potencialmente tóxicas ou nocivas em substâncias não perigosas. O comportamento antioxidante também participa positivamente dessa proteção.

Como consumir mais alimentos fitoquímicos?

Os vegetais contêm centenas de fitoquímicos que atuam ao lado de nutrientes, promovendo a saúde e prevenindo doenças. Em seu estado natural, são facilmente absorvíveis e mutuamente potencializados. Além disso, os vegetais contêm uma alta porcentagem de fibras que melhoram o trânsito intestinal e podem prevenir doenças como câncer de cólon e diverticulite.

Alguns truques para aumentar o consumo de vegetais:

* Adicione frutas ao café da manhã e lanche na forma de frutas frescas ou como vitaminas

* Coma fruta como sobremesa

* Tenha sempre frutas por perto para evitar ataques de fome durante o dia e entre as refeições

* Acompanhe carnes com saladas combinando cores diferentes

* Enriqueça seu churrasco ​​com legumes grelhados

* Acompanhe frango assado ou carne com molho de maçã

* Acompanhe o macarrão com molho de tomate

* Comece suas refeições com uma entrada de legumes



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *