Faculdade de Ilhéus faz inscrições do Vestibular 2020.1 até o dia 20

Faculdade de Ilhéus – Fachada (Foto: Pedro Augusto)

A Faculdade de Ilhéus realizará o processo seletivo do Vestibular 2020.1 no dia 24 de novembro, com vagas para os cursos de graduação em Engenharia Civil, Odontologia, Psicologia, Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem e Nutrição. As inscrições ficam abertas até o próximo dia 20, no site www.faculdadedeilheus.com.br ou de forma presencial na secretaria  da instituição, localizada na Avenida Tancredo Neves, zona sul da cidade.

No mês de outubro, a Faculdade completou 17 anos de atividade. Ao longo desse tempo, a instituição tem consolidado um projeto pedagógico de ensino superior baseado no empreendedorismo e conquista a credibilidade da sociedade de Ilhéus e região. O que é possível comprovar pelo testemunho dos egressos dos cursos da Faculdade, que hoje estão posicionados no mercado de trabalho.

A inscrição presencial para o Vestibular 2020.1 pode ser feita no horário das 8 às 21 horas. O valor da taxa permanece 50 reais. O exame será aplicado no dia 24 (domingo), às 8 horas, na sede própria da Faculdade, situada no Km 1,5 da Rodovia Ilhéus-Olivença, no bairro São Francisco. No entanto, o acesso às salas da prova será aberto com antecedência de 30 minutos.

Além de oferecer cursos de qualidade, a Faculdade de Ilhéus disponibiliza uma infraestrutura moderna, laboratórios com tecnologia atualizada para o aperfeiçoamento do binômio ensino-aprendizagem, e um programa consistente e permanente de atividades de extensão que possibilitam a prestação de serviços à comunidade.  (mais…)

SineBahia Ilhéus oferta 18 vagas de emprego na terça-feira (12)

Sinebahia Ilhéus tem uma vaga para recepcionista de hotel.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa terça-feira, 12 de novembro, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro. Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (PCD)
Vaga exclusiva para Pessoas com deficiência
Ensino médio completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho
Apresentar laudo
01 VAGA

REPOSITOR EM SUPERMERCADO ( PCD )
Vaga exclusiva para Pessoas com deficiência
Ensino Fundamental Completo
Possuir experiência na Função
Apresentar Laudo
01 VAGA

ENFERMEIRO
Ensino superior completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho na área de emergência pediátrica e UTI
01 VAGA

 

RECEPCIONISTA DE HOTEL
Ensino médio completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho
Possuir conhecimento em informática
01 VAGA

(mais…)

“Marão é malandro e sem palavra”, detona presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus

Manoelito Puentes.

Por meio de um áudio que circula nas mídias sociais, o presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, Manoelito Puentes fez sérias críticas ao governo Marão. Ele classificou como um “governo sem rumo, não possui comando e o prefeito é sem palavra”. Manoelito afirma que os secretários não cumprem as ordens do prefeito e que a Prefeitura está cheia de “estrangeiros” que não conhecem a cidade e afirmou que é preciso mudar e escrever nova história para Ilhéus nas eleições de 2020.

Puentes demonstrou indignação com a gestão, dizendo que chegou a seguir “esse malandro, subindo morro, ouvindo a conversa ‘cuida de mim, Doutor” e na verdade ele cuida apenas da própria família e dos estrangeiros”. Ele declarou também que Marão conseguiu fazer com que Ilhéus perdesse a única deputada estadual e que não terá sucesso na reeleição.

Manoelito também criticou a saúde pública do município. “Essas pessoas não têm compromisso com a eficiência da gestão, nem com os ilheenses. Não adianta ter postos de saúde bonitos, pintados de amarelo, se o principal, que é o médico para atender a população, não existe. O atual secretário [Geraldo Magela] arrombou as Secretarias de Saúde de Teixeira de Freitas e Itabuna e agora está em Ilhéus” disse. Manoelito aproveitou e fez um alerta ao prefeito; “Acorda prefeito! Tome prumo! Tome uma posição de líder! Não penalize nosso povo sofrido com uma Saúde esculhambada desse jeito”.

Pesquisadores baianos desenvolvem estudo para degradar petróleo

O biorreator, desenvolvido na Uesc, tem potencial para degradar o óleo encontrado nas praias nordestinas (Foto: Secti).

O vazamento de óleo no litoral do Nordeste, que teve início no mês de agosto, se tornou um dos assuntos mais comentados no país. Com diversos desdobramentos, mas ainda sem uma causa ou solução clara, cientistas buscam alternativas que podem contribuir para reverter a situação. Esse é o caso dos pesquisadores João Carlos Dias e Rachel Rezende, professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), que há 17 anos desenvolvem um biorreator, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), com potencial para degradar o óleo encontrado nas praias nordestinas.

O trabalho começou em um laboratório da universidade, com o intuito de investigar micro-organismos da Refinaria Landulfo Alves, para orientar o projeto de pesquisa das alunas Bianca Maciel e Ana Santos. “Isolamos e refrigeramos micro-organismos com potencial de degradação. O objetivo era recuperar compostos do petróleo para se tornarem reutilizáveis”, explica Rachel Rezende.

A professora relata que até hoje eles alimentam o biorreator, capaz de diluir o material contaminado e ainda tornar o óleo útil outra vez. “Vale lembrar que tudo isso ainda é realizado a nível laboratorial. Com mais possibilidades de investimento, poderíamos ampliar a produção para, quem sabe, chegar a um nível industrial”, ressalta.

Devido aos recentes acontecimentos com o óleo encontrado nas praias do Nordeste, os pesquisadores decidiram testar se os resíduos poderiam ser degradados neste processo. Em quatro dias, o produto se degradou. “Um conjunto de micro-organismos atua de forma mútua utilizando estes compostos como fonte de carbono. Durante a degradação, é produzido um complexo de origem microbiana que diminui a tensão superficial entre óleo e água, tornando o óleo mais solúvel na água e facilitando para que os micro-organismos utilizem os compostos de hidrocarboneto”, destaca Raquel.

A pesquisadora vislumbra que, no futuro, os benefícios deste processo poderão ajudar a recuperar áreas ambientais que sofreram com a contaminação de resíduos. “Os micro-organismos são os únicos capazes de fazer este tipo de degradação. A gente só precisa estruturá-los”, afirma.

Além da Fapesb, a pesquisa recebeu apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Refinaria Landulfo Alves e do Plano Nacional de Ciência e Tecnologia do Setor Petróleo e Gás Natural (CT – Petro).

Óleo atinge local de desova de tartarugas no Espírito Santo

Foto: Projeto Tamar.

Fonte: Agência Brasil

Fragmentos de óleo foram encontrados ontem (10), na praia de Pontal do Ipiranga, na cidade de Linhares (ES) onde há uma base do Projeto Tamar. Esta é a segunda localidade capixaba atingida pelo produto nos últimos quatro dias.

Na quinta-feira (7), pequenos fragmentos de óleo foram recolhidos na praia de Guriri, em São Mateus (ES), a cerca de 85 quilômetros ao norte de Linhares. Ou seja, após ter se espalhado pelos nove estados nordestinos (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), o produto de origem ainda desconhecida avança pela região Sudeste em direção ao sul. A capital capixaba, Vitória, está distante cerca de 170 quilômetros de Pontal do Ipiranga.

De acordo com a Marinha, análises da substância recolhida há quatro dias em São Mateus confirmaram que se trata do mesmo óleo que atingiu praias, mangues, costões marítimos, desembocaduras de rios e outros habitats litorâneos do Nordeste.

Na praia de Pontal do Ipiranga, atingida hoje, funciona uma base do Projeto Tamar, dedicado à pesquisa, proteção e manejo de tartarugas marinhas ameaçadas de extinção. No site do Tamar consta que, “na região caracterizada por mata de restinga razoavelmente bem conservada”, são monitorados e protegidos, em média, cerca de 200 ninhos de desovas de tartarugas-cabeçuda (Caretta caretta), cujas fêmeas, anualmente, buscam a região para construir a cama onde colocam seus ovos.

“Estamos em plena época reprodutiva, que vai até março”, contou o biólogo responsável pela base, Ciro Jardel Bérgamo. “Já temos, até o momento, 206 ninhos de tartaruga-cabeçuda mapeados ao longo dos 43 quilômetros de praia. Além de uma desova confirmada de tartaruga-gigante, o que indica que algo em torno de 80 tartarugas-gigantes estão prestes a nascer”, acrescentou Bérgamo. (mais…)

Após renunciar, Evo Morales diz que teve casa atacada e que polícia tem ordem para prendê-lo

Evo Morales, pouco antes de anunciar as novas eleições, na manhã de 10 de novembro de 2019 — Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Na noite do domingo (10), Evo Morales, que renunciou mais cedo ao cargo de presidente da Bolívia, postou em rede social que um “oficial da polícia anunciou publicamente que tem instrução para executar um mandado de prisão ilegal” contra ele. “Grupos violentos assaltaram minha casa. Os golpistas destroem o Estado de Direito”, acrescentou. Evo havia renunciado poucas horas antes, após uma escalada nas tensões no país. O anúncio foi feito em rede nacional, pela televisão. O vice-presidente, Álvaro García Linera, também apresentou a renúncia.

“Decidi, escutando meus companheiros, renunciar ao meu cargo da presidência”, disse Evo. Logo em seguida, ele atacou seus opositores Carlos Mesa e Luis Fernando Camacho. “Por que tomei essa decisão? Para que Mesa e Camacho não sigam perseguindo meus irmãos dirigentes sindicais. Para que Mesa e Camacho não sigam queimando a casa dos governadores de Oruro e Chuquisaca.” Evo ainda classificou a situação como um golpe: “Lamento muito esse golpe cívico, e de alguns setores da polícia que se juntaram para atentar contra a democracia, contra a paz social com violência, com amedrontamento para intimidar o povo boliviano.” Depois de acusar a oposição de atos violentos, ele terminou: “Por essas e muitas razões, estou renunciando, enviando a minha carta renúncia à Assembleia Legislativa Plurinacional da Bolívia. Muito obrigado”.

No fim da noite, Evo postou em rede social que um “oficial da polícia anunciou publicamente que recebeu instruções para executar um mandado de prisão ilegal” contra ele. “Grupos violentos assaltaram minha casa. O golpe destrói o estado de direito”, denunciou. Evo havia dito, mais cedo no domingo (10), que convocaria novas eleições, após a Organização dos Estados Americanos, OEA, divulgar que as eleições de 20 de outubro haviam sido fraudadas. Ele lembrou isso em seu pronunciamento de renúncia: “De manhã cedo estivemos reunidos com alguns ministros e decidimos, inclusive, renunciar ao nosso triunfo para que novas eleições ocorram em toda a amplitude”. Não está claro como vão acontecer as novas eleições e nem se ele mesmo será candidato. Mais cedo, ao anunciar a nova votação, Evo disse que elas são importantes para que o povo boliviano possa eleger novas autoridades, “incorporando novos atores políticos”. (mais…)