Exclusivo. Bento Lima e proprietária de empresa que vende medicamentos são indiciados

Marão e Bento Lima.

Na manhã desta terça-feira, 03, a Polícia Federal notificou o todo poderoso secretário do governo Marão, Bento Lima, e a proprietária da empresa Okey Med, Ludmila Sepulveda.

A dupla é investigada pelo Ministério Público Federal numa ação penal por conta de contratos firmados com a Prefeitura de Ilhéus para aquisição de medicamentos e insumos para a secretaria municipal de saúde. De acordo com o MPF, houve irregularidades nas licitações.

Também foram notificados: Gustavo Aurélio Seara Niella, Fábio Alves Ferreira, (advogado ligado ao grupo de Bento Lima).

Os indiciados passam por investigação. Não há decisão da justiça desfavorável aos nomes citados neste texto.

Atualizado às 16h52m

O BG cometeu um erro de apuração, e por isso, pedimos desculpas aos nossos leitores.

Os nomes citados acima foram notificados nesta terça-feira, 3, devido a compra suspeita de um carro que foi utilizado pelo ex-prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana.

O procedimento investigativo que apura compras realizadas pela Prefeitura de Ilhéus junto a Okey Med existe, porém, é sigiloso.

Ainda hoje o BG vai dar mais detalhes sobre o indiciamento de nomes importantes do governo Marão.



2 responses to “Exclusivo. Bento Lima e proprietária de empresa que vende medicamentos são indiciados

  1. Acredito que a PF aprofundando as investigações ira encontrar mais coisas, e mais gente envolvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *