Postos de Ilhéus não têm a vacina pentavalente para bebês; responsabilidade é do governo Rui Costa

Imagem ilustrativa.

O pai de um bebê de apenas dois meses entrou em contato com BG para relatar a falta da vacina “Pentavalente” em Ilhéus. Segundo ele, ao buscar atendimento para a criança na quinta-feira, 09, no posto de saúde do Banco da Vitória foi informado de que a funcionária que aplica a vacina estava de férias e só retornaria em fevereiro.

Ele afirmou que o antigo Sesp também não possui a vacina que imuniza a criança contra meningite, tétano, difteria, coqueluche e hepatite B. A vacina deve ser tomada aos dois, quatro e seis meses de vida.

O BG apurou a denúncia e constatou que a vacina está em falta desde setembro e atinge toda a Bahia. O laboratório que produz a vacina não está dando conta da demanda e não consegue produzir medicamento suficiente para atender a população. A responsabilidade pela distribuição da vacina é da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia.

Outro laboratório que também produz a vacina não passou no teste de qualidade da Anvisa. A distribuição do produto foi afetada, pois o laboratório foi obrigado a se adequar aos critérios estabelecidos pelo teste.



2 responses to “Postos de Ilhéus não têm a vacina pentavalente para bebês; responsabilidade é do governo Rui Costa

  1. Boa tarde ,

    É a mais pura verdade também tenho um filho de 1 mês e meio e não vai poder tomar a segunda dose da BCG porque não tem em ilhéus nem nos postos nem no SESP . Um absurdo pois está vacina é de estrema importância para a proteção dos bebês. ILHEUS DA VERGONHA …..RUI COSTA SÓ PALAVRAS BONITAS …..FORA PT

  2. gostaria de salientar que o problema da falta de vacina penta valente não é do banco da vitória em muito menos do cae três,é um problema nacional, em falta em todo o Brasil. e quanto a vacinadora está de ferias ,é um direito dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *