Valério Bomfim: “governo Marão gasta R$ 94 mil em horas extras para 30 servidores”

Sindicalista afirma que os agentes de trânsito não têm água para beber.

De acordo com Valério Bomfim, agente de trânsito e sindicalista, a gestão da Sutram tem agido com irresponsabilidade e incompetência ao deixar os funcionários, que cumprem plantões de 12 horas, sem água para beber.

“De quem é a responsabilidade pela compra e abastecimento? Será que os chefes da Sutram, que ganham um salário médio de R$ 4.000,00 estão sem água de beber? Observe que eles, os chefes trabalham no ar condicionado, enquanto nós, expostos ao sol”, desabafou Valério.

Ele afirma que dinheiro não é o problema na Sutram, já que são gastos mensalmente R$ 94.000,00 em horas extras para 30 pessoas. O servidor questiona o prefeito Marão e afirma que há mais de R$ 400 mil na conta bancária do órgão, fato que não justifica o tratamento recebido pelos agentes.

Valério afirma que há perseguição política na Sutram e que a atual gestão municipal não tem capacidade para permanecer na prefeitura. “Se for pelo trabalho da Sutram e pelo tratamento dado aos seus agentes, pode arrumar a mala, ou troque as chefias, pois todos estão fazendo campanha contra a sua reeleição” disparou Bomfim contra Marão.

O servidor disse que vai protocolar denúncia na justiça na segunda-feira, 20, para ver se alguma providência será tomada.



One response to “Valério Bomfim: “governo Marão gasta R$ 94 mil em horas extras para 30 servidores”

  1. A minha indignação e o esse descaso com o dinheiro público, e não vejo justiça para isso. Tá ai um Governo Hipócrita que demite funcionários preste a aposentadoria alegando falta de recursos e os puxa sacos falando babaquice. Quero ver se tem Lei nessa cidade agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *