Uber testa recurso que deixa motoristas escolherem preço das corridas

Segundo a Uber, os testes iniciais são limitados a três aeroportos da cidade da Califórnio, nos EUA, e não representam uma versão final do recurso.

A Uber informou, nesta terça-feira (21), que começaram a testar um recurso que permite a alguns motoristas da Califórnia definir os preços de suas próprias corridas. O objetivo é que a mudança ajude a mostrar que os motoristas contratados são independentes e não funcionários da empresa.

Segundo a Uber, os motoristas que transportam passageiros dos aeroportos de Santa Bárbara, Palm Springs e Sacramento, agora poderão cobrar até cinco vezes a tarifa estabelecida pela empresa.

Além disso, a empresa afirmou que houveram outras alterações no aplicativo para preservar o trabalho flexível de seus motoristas desde que a nova lei da Califórnia, projetada para melhorar as condições para os trabalhadores por aplicativos, entrou em vigor.

A partir da próxima semana, os motoristas também poderão cobrar menos que as tarifas da Uber se a empresa aumentar seu preço em momentos de alta demanda.

Segundo a Uber, os testes iniciais são limitados aos três aeroportos e não representam uma versão final do recurso, além disso o controle dos motoristas sobre os ganhos poderão evoluir nas próximas semanas e meses com a nova modalidade.

*Com informações do Bahia.ba

SineBahia Itabuna oferta 34 vagas de emprego nesta quarta-feira (22)

Há uma vaga para soldador.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nesta quarta-feira, 22 de janeiro. A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

INSPETOR DE DISCIPLINA (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

02 VAGAS

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

01 VAGA

(mais…)

Hospital Regional Costa do Cacau amplia cirúrgicas cardíacas de alta complexidade

Imagem: Clodoaldo Ribeiro/Secom-Ilhéus.

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, já realizou mais de 50 procedimentos cirúrgicos cardíacos de alta complexidade, em um período de 11 meses. Entre março 2019 e janeiro 2020 foram implantados 38 marcapassos, e de agosto do ano passado até agora são 22 cirurgias cardíacas, sendo troca valvares e revascularização miocárdica (ponte de safena).

Pacientes com quadro clínico de angina ou infarto agudo do miocárdio, geralmente chegam ao hospital, pelo setor de Emergência, são submetidos ao cateterismo e posteriormente, com o resultado dessa intervenção, a equipe médica discute o caso, constatada a necessidade, direciona o enfermo para angioplastia, tratamento clínico ou revascularização do miocárdio.

A unidade hospitalar também atende pacientes encaminhados por meio do Sistema Nacional de Regulação (SISREG) ou Sistema de Regulação de Urgência e Emergência (SUREM). A equipe de cirurgia cardíaca do HRCC conta com dois médicos cirurgiões cardíacos, Décio Cardoso e Vinícius Augusto, anestesia sob coordenação do médico anestesista Levi Ramos e um perfusionista, Geraldo Ruas.

Além desses profissionais, o hospital dispõe também de uma equipe de cardiologia clínica, com os médicos cardiologistas Ademir Medeiros, Beatriz Setenta, Carolina Santana, Marisa Bastos e Milena Cristina Vieira. Para o médico Almir Gonçalves, diretor assistencial do HRCC, a unidade conta com estrutura de ponta, similar a dos grandes centros da capital e São Paulo, com equipe experiente e capacitada. (mais…)

Contratação de Bruno revolta mulheres, e Operário-MT perde até patrocínio

Bruno Fernandes.

A Cooperativa Sicredi anunciou na manhã de hoje a suspensão de seu patrocínio ao Operário de Várzea Grande, após o clube confirmar a contratação do goleiro Bruno Fernandes. A chegada do reforço também causou revolta em torcedoras do clube e no Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso.

Bruno foi condenado a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, homicídio e ocultação de cadáver da ex-namorada Eliza Samúdio, em 2010, e obteve autorização da Justiça de Minas Gerais viver em Mato Grosso e defender o Operário.

A suspensão do contrato de patrocínio foi confirmada pela assessoria de imprensa do Sicredi, que ressaltou que o valor é pago à Federação Mato-Grossense de Futebol e repassado aos times. A cooperativa também determinou que a logomarca não seja mais estampada nos uniformes do Operário.

O supervisor do clube, André Xela, confirmou que o nome do Sicredi será retirado dos uniformes na próxima temporada. No entanto, destacou que a diretoria do time não tem pretensão de voltar atrás na contratação de Bruno. Xela afirmou que uma coletiva de imprensa será marcada para apresentar o novo goleiro do time, no entanto, a data de chegada de Bruno à cidade não será divulgada.

Após pressão em comentários nas redes sociais, outra empresa, responsável pela produção e fornecimento dos uniformes do Operário de Várzea Grande, também se pronunciou. Em nota, a Invicttus explicou que não possui “poder para contratar jogador A ou B”, e que foram contratos exclusivamente para produzir as peças para a temporada de 2020, portanto, o acordo deveria ser mantido.

Manifestação (mais…)

UESC oferece 1.704 vagas em 33 cursos de graduação

UESC.

As inscrições para o 1º semestre de 2020 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram abertas na madrugada desta terça-feira (21). Os estudantes podem se inscrever até as 23h59min do próximo domingo (26), já que o prazo foi prorrogado após erros nas correções de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) está disponibilizando, no Sisu 1.704 vagas nos 33 cursos de graduação em Bacharelado e em Licenciatura. Em bacharelado, a UESC oferece os cursos de: Administração, Agronomia, Biomedicina, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Comunicação Social, Direito, Economia, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Física, Geografia, Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais (Lea), Medicina, Medicina Veterinária, Matemática e Química.

Em licenciatura, os cursos são: Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Pedagogia e Química

Cálculo da nota

No momento da inscrição, é possível escolher até duas opções de curso, de acordo com a ordem de preferência. Alguns cursos, no entanto, têm certas restrições. O Sisu dá liberdade para as instituições de ensino definirem como usarão o Enem. Assim, determinado curso pode exigir, por exemplo, uma média mínima no Enem – que é a soma de todas as notas obtidas nas provas do exame, dividida por cinco – ou mesmo uma nota mínima em determinada prova. Isso faz com que, dependendo da nota obtida, estudantes não sejam classificados para determinados cursos.

É possível também conferir pesos diferenciados para as provas. A nota em ciências da natureza ou em matemática pode valer mais para um curso de física ou química, por exemplo. Dessa forma, a nota do estudante pode variar dependendo do curso para o qual ele está concorrendo.

Nota de corte

O Ministério da Educação (MEC) divulga, uma vez por dia, na página do Sisu as notas de corte, que são as menores para os candidatos ficarem entre os selecionados na modalidade escolhida. A nota de corte é calculada com base no número de vagas e no total de candidatos inscritos. A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição. Ela não garante que o estudante seja selecionado.

É possível alterar as opções de curso feitas até o final do período de inscrição. O Sisu considera válida a última opção registrada pelos estudantes.

Sisu 2020: inscrições são abertas com prazo estendido; estudantes relataram lentidão em site

Alerta na página no Sisu na madrugada desta terça-feira (21) — Foto: Reprodução/Sisu

Fonte: G1

As inscrições do 1º semestre de 2020 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram abertas na madrugada desta terça-feira (21). O sistema permite que o estudante concorra a 237,1 mil vagas em universidades federais de todo o país.

Os estudantes podem se inscrever até as 23h59 do próximo domingo (26). O prazo, que antes se encerraria na sexta (24), foi prorrogado após erros nas correções de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que, de acordo com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afetou quase 6 mil candidatos, mas foi corrigido antes da abertura das inscrições do Sisu.

Lentidão
Logo após o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) liberar as inscrições no site do Sisu, estudantes relataram lentidão e dificuldades para se candidatar às vagas das universidades federais.

O G1 entrou em contato com o Inep, responsável pelo exame, para pedir um posicionamento sobre o caso. O instituto informou que os esclarecimentos deveriam ser pedidos ao Ministério da Educação (MEC). Procurado, o MEC informou às 12h que o sistema já havia sido restabelecido e que o problema era ocasionado pelo grande número de acessos simultâneos de usuários – no entanto, o G1 continuou encontrando lentidão e erro no acesso ao sistema por volta das 12h20.

Por volta das 9h, o site não estava reconhecendo a seleção do captcha, mecanismo que evita que evita o ataque de robôs. Candidatos também relataram que o site dava erro na seleção do curso. (mais…)

Ubaitaba: Samu deve ser entregue até o fim do mês

Equipe que fará parte do Samu. Foto: Ascom/Ubaitaba.

O Secretário Municipal de Saúde de Ubaitaba, José Carlos Lona confirma que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), será entregue à população até o final deste mês de janeiro.

A obra para a base do SAMU está sendo realizada com recursos próprios do município e a mesma fica localizada no fundo do hospital São Vicente de Paula. A Prefeitura Municipal informa que a obra de ampliação e criação de salas está sendo concluída para cumprir as normas da Vigilância Sanitária e Ministério da Saúde.

Para melhor atendimento no socorro às vítimas haverá uma equipe de nove profissionais que passaram por treinamento de 160 horas nas cidades de Itabuna e Ilhéus.

Servidores estaduais relatam dificuldade na realização das matrículas

Fila no Colégio CEEP Nelson Schaum. Foto: BG.

Em contato com a redação do BG, servidores da rede estadual de ensino reclamaram da dificuldade para realização de matrículas para o ano letivo de 2020.

A reclamação é geral e milhares de pessoas perderam a segunda-feira, 20, e não conseguiram fazer matrículas em toda a Bahia. Um deles afirmou que a versão do sistema de 2020 é pior do que a de 2019.

O sistema de matrículas ficou fora do ar durante muito tempo, ocasionando demora no atendimento, deixando muitos pais nervosos com a espera e sobrecarregando os servidores.

Quem optou por fazer a matrícula pela internet também não conseguiu.

Em algumas cidades, como Ilhéus, servidores informaram aos responsáveis pelos alunos que não há vagas para cursos profissionalizantes, enquanto a Governo do Estado afirma o contrário e orienta que sejam realizadas matrículas para qualquer tipo de curso, seja ele regular, médio ou profissionalizante.

Os pais aguardam em longas filas para que possam realizar as matrículas enquanto a secretaria estadual da área não se manifesta sobre uma solução.

Estudantes de Ilhéus participam de campeonato organizado pela Fórmula 1 

Alunos participarão de etapa em Salvador. foto enviada via WhatsApp.

Projetar um carro movido a gás carbônico, desenvolver um plano de negócio, estratégia de marketing e ações sociais. Esse é o desafio que a equipe Aslan, composta por 5 alunos da escola Sesi e orientada pelo professor de robótica Felipe Oliveira vai ter. Os alunos participarão do programa ‘F1 in Schools’ que desafia estudantes de 9 a 19 anos matriculados em escolas SESI a criarem empresas para competir em uma pista de corrida em miniatura.

O campeonato, que faz parte de um projeto internacional realizado pela própria Fórmula 1, reproduz desafios profissionais envolvidos em uma corrida de carros do início ao fim, desde a criação da escuderia até o enfrentamento nas pistas.

Não é só a velocidade que conta: é necessário utilizar diversos recursos tecnológicos para projetar, modelar e testar um protótipo de um carro de F1. Nessa preparação para o mundo profissional, os jovens competidores precisam pensar em marketing, patrocínio, plano de negócios e estratégias em mídias sociais. Além de desenvolver a escuderia para participar da primeira etapa estadual que será na capital, também está sendo desenvolvido um projeto social que conta com o apoio da população e de empresários da região.

A escuderia Aslan formada por alunos da escola SESI Adonias Filho estará participando da primeira etapa do campeonato ‘F1 in Schools’ nos dias 8 e 9 de fevereiro em Salvador. Até lá a equipe realizará algumas ações sociais como aulas de robótica em creches e doações de alimentos em abrigos.

Para que essas ações sociais possam ser realizadas de uma forma mais efetiva a equipe conta com o apoio de todos. Quem tiver interesse em apoiar a equipe com a doação de alimentos ou como patrocinador, pode conhecer mais sobre o projeto por meio do Intagram @eqpaslan.

Grupo desiste de construir resort em Una e Ilhéus; construção em área indígena foi a causa

Um dos empreendimentos do Grupo Vila Galé no Brasil. Foto: Reprodução.

O Grupo Vila Galé confirmou ontem (20), por meio do seu presidente, Jorge Rebelo de Almeida, que a empresa desistiu do projeto de construir um ‘resort’ entre as cidades de Una e Ilhéus. A decisão de criar uma unidade na Bahia foi anunciada publicamente em 11 de novembro de 2019.

Em outubro, políticos e ativistas das causas indígenas, protestaram contra a instalação do resort após divulgação de uma notícia no portal ‘The Intercept’, segundo a qual o projeto hoteleiro ocuparia uma reserva indígena.

Em tom de ironia, o presidente do Vila Galé confirmou a decisão dizendo que “Desistimos porque foram colocadas notícias a circular a dizer que estávamos a maltratar os indígenas. Um hotel não sobrevive a uma coisa destas. E, depois, temos tantas alternativas para fazer hotéis no Brasil…”.

A construção do resort ocuparia uma área com cerca de 470 quilômetros quadrados, e teria um investimento de cerca de 45 milhões de euros. A previsão era construir um ‘resort’ com 1.040 camas e gerar mais de 500 empregos diretos e 1.500 indiretos.

*Com informações do Jornal Bahia Online

Alagoinhas é uma das quatro cidades mais afetadas por erro na correção do Enem 2019

Ministro da Educação, Abraham Weintraub (à dir.) ao lado de Alexandre Lopes, presidente do Inep, — Foto: Reprodução/Twitter.

Fonte: G1 Bahia

O município de Alagoinhas, a cerca de 122 km de Salvador, é uma das quatro cidades mais afetadas por erro na correção da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. A informação foi divulgada pelo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes na noite da segunda-feira (20), nas redes sociais.

Segundo Alexandre Lopes, as cidades de Viçosa, Ituiutaba e Iturama, em Minas, e Alagoinhas, na Bahia, concentram 95% das situações de falha na correção do exame.

“Viçosa, Alagoinhas, Ituiutaba e Iturama, teve mais alguns casos espaços, mas 95% dos casos estão nessas quatro cidades. Nós pegamos todos os quase 4 milhões de participantes e corrigimos a prova deles com todos os gabaritos possíveis e calculamos todas as proficiências possíveis. Então olhamos todos os casos, todas as situações que poderiam ter modificações de notas”, contou o presidente do Inep.

No vídeo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub afirmou que a falha de correção do Enem atingiu seis mil provas.

“Inconsistência de menos de seis mil pessoas concentradas em quatro cidades em Minas Gerais e na Bahia, principalmente no segundo dia. O problema, basicamente, foi na hora da impressão, em que a máquina pulou. Então, foi um problema com a impressão da prova. Não foi na hora de contabilizar. A pessoa, praticamente, tem uma nota inteira da segunda prova negativada. A nota fica muito baixa”, comentou ele, antes de pedir para Lopes confirmar as cidades onde os problemas foram identificados. (mais…)

Mega-Sena pode pagar R$ 32 milhões nesta terça

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O concurso 2.226 pode pagar um prêmio de R$ 32 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre nesta terça (21) em São Paulo (SP). A aposta mínima custa R$ 4,50. Devido à Mega Semana de Verão, que acontece sempre em janeiro, os sorteios serão realizados nesta semana nesta terça (21), quinta (23) e sábado (25).

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.