“Erro de digitação”, justifica secretária sobre irregularidade na seleção de professores da Prefeitura de Ilhéus

Eliane Oliveira: vacilo na digitação. Fotos: Google/reprodução.

De acordo com a secretária de educação de Ilhéus, Eliane Oliveira, um erro de digitação possibilitou que a mesma candidata (Maisa de Goes Diogo de Almeida) fosse considerada aprovada e também fizesse parte do cadastro reserva (detalhes aqui).

Eliane disse, por meio da Secom-Ilhéus, que a seleção para professores temporários oferece possibilidade de “recurso”.

A secretária não esclareceu se a candidata foi aprovada ou se ficou no cadastro reserva.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *