Hemodinâmica do Hospital Regional Costa do Cacau  atinge a marca de 1 mil de procedimentos

Foto: Ascom/HRCC.

Referência em alcançar a melhoria na qualidade de vida dos pacientes após sua intervenção, o serviço de hemodinâmica do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, atingiu na manhã de ontem (4), a marca de 1 mil procedimentos, com técnicas minimamente invasivas.

No laboratório de hemodinâmica do HRCC, além do cateterismo cardíaco e angioplastia coronariana, são realizadas angiografia cerebral, embolização cerebral, arteriografia e angioplastia de membros, implante de marcapasso provisório e definitivo, e implante de filtro de veia cava.

Paulo Vasconcelos, hemodinamicista do HRCC, responsável por cateterismos e angioplastias, ressaltou que o conhecimento hoje utilizado na unidade hospitalar é de referência, assim como nos grandes centros, como por exemplo São Paulo. “Com o avanço das complexidades em tratar as nossas intervenções, temos técnicas e procedimentos aqui no HRCC, em Ilhéus, assim como nos hospitais de referência no país”, disse.

O médico assegurou que a mortalidade decorrente do infarto, diminui abruptamente, quando tem o serviço de hemodinâmica eficaz, e os riscos posteriores aos pacientes são reduzidos. “Com nosso pronto atendimento, o índice de mortes cai consideravelmente, o paciente já chega aqui e é submetido ao estudo hemodinâmico, com desobstrução da artéria, caso esteja obstruída, reduzindo significativamente a mortalidade e os riscos futuros para o paciente”, enfatizou.

O médico Almir Gonçalves, diretor assistencial do HRCC, reforçou que a Hemodinâmica da unidade se equipara a dos grandes centros da capital e de São Paulo. “Equipe altamente qualificada e experiente agregada a aparelho sofisticado e tecnologia avançada, criam o ambiente adequado para a realização dos procedimentos com segurança e eficácia. Intervenções cerebrais, coronarianas e vasculares periféricas são realizadas com materiais de alto padrão, reduzindo o tempo do procedimento, complicações e período de internação”, assegurou.

Gonçalves destacou que “com mais de 900 procedimentos realizados com sucesso, este é mais um setor do HRCC que simboliza a elevada assistência em saúde pública praticada pela instituição, o que alicerça para novos procedimentos a serem desenvolvidos”.

A paciente Renata da Silva Araújo, moradora de Ilhéus, submetida recentemente a uma angiografia cerebral, destacou a atenção do tratamento recebido no hospital. “Fui bem recebida, o pessoal é muito acolhedor, atencioso. Em matéria de atendimento aqui é muito bom, tenho assistência boa, alimentação, remédio, está tudo bem adequado”, elogiou.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *