Ubaitaba é referência na região na prevenção e tratamento de Esquistossomose

Ubaitaba. Foto: Aleilton Oliveira.

A Secretaria Municipal de Saúde de Ubaitaba, comemora os grandes feitos das ações de prevenção e redução de óbitos em casos relacionados a esquistossomose na cidade.

Devido o município ser endêmico foi implantando em 2012, o Programa de Controle da Esquistossomose (PCE) onde através dele os Agentes de Endemias visitam as casas de todos os bairros, zona rural e distritos durante um ano. Eles apresentam orientações de como prevenir e identificar a doença, deixando coletores de fezes para serem enviados e analisados laboratorialmente, trabalho esse coordenado por Alberto Gonçalves e Bruna Guimarães responsáveis pelo setor.

Em 2018 foram distribuídos 10.517 coletores para exames, 7.741 amostras analisadas e 223 casos positivos em todo município, neste mesmo ano as maiores incidências foram encontradas nas seguintes localidade: Faisqueira, Maria Olímpia, Hidelbrando Correia (Ruinha), Já 2019 foram realizados mais exames sendo distribuídos 11.213 coletores, efetuando assim 8.041 analises, tendo 285 casos confirmados da doença, assim que diagnosticado os moradores são encaminhados para tratamento adequado na rede de atenção básica, não há atualmente registros de mortes pela doença. Ubaitaba mesmo não possuindo tantos recursos atende casos de Aurelino Leal e Maraú sendo destaque na região.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *