Aliança entre Marão e PT pode implodir candidatura de Enilda Mendonça

Notinhas.

Mário Alexandre pode implodir a candidatura de Enilda Mendonça.

A sindicalista Enilda Mendonça tem agido com total seriedade diante da causa que envolve os servidores municipais (com mais de 30 anos de trabalho) afastados pelo prefeito Mário Alexandre (PSD).

Trabalhadores que beiravam a aposentadoria foram afastados do serviço público, muitos deles sem renda e sem condições de empregabilidade.

A APPI, que é presidida por Osman Nogueira, marido de Enilda, é símbolo da união de uma classe que luta de maneira corajosa contra a falta de sensibilidade e humanidade de Marão.

As campanhas de arrecadação de alimentos realizadas pela APPI sensibilizaram a desembargadora Sílvia Zarifi, em decisões favoráveis aos afastados.

Passado mais de um ano do afastamento, alguns conseguiram resolver a situação de penúria com aposentadorias modestas, alguns atuam como taxistas, motoristas de vans e outros empregos provisórios.

Porém, muitos ainda passam por dificuldades.

O papel exercido por Enilda a credencia a disputar uma vaga na Câmara de Vereadores de Ilhéus. Pelo seu trabalho de inegável valor, ela poderia almejar algo mais importante, se as condições eleitorais assim possibilitassem.

Mas por baixo dos panos, nos bastidores do poder em Salvador, ganha força a possibilidade do prefeito Mário Alexandre fazer aliança com o PT, legenda que tem Enilda Mendonça como filiada.

O senador Otto Alencar, líder do PSD, tem usado da sua influência para atrair o PT por meio de interlocutores importantes.

O crescimento do pré-candidato Valderico Junior, que hoje está no DEM, partido de oposição ao governador Rui Costa, liderado pelo prefeito de salvador ACM Neto, acendeu a luz amarela.

Se Valderico crescer ainda mais, o governador pedirá aos partidos de sua base que formem uma aliança para derrotá-lo. Sendo assim, o PT tem tudo para aderir ao PSD de Marão e Otto por uma necessidade aparentemente maior.

Se isso acontecer, a candidatura de Enilda perderá força e credibilidade perante a sua base. Muitos servidores afastados sentirão o gosto amargo do abandono.

Sabendo dessa possibilidade, alguns tem aconselhado Enilda a sair do PT.

É difícil prever que decisão ela pretende tomar diante da aliança contraditória.



3 responses to “Aliança entre Marão e PT pode implodir candidatura de Enilda Mendonça

  1. Não me importa partido. Meu voto é de Enida. Quanto ao Maroquio faço campanha contra, Ilhéus foi devastada por forasteiros.

  2. Enilda estar entre a cruz e a espada porquê vai ser realmente uma traição porquê tudo leva crê que o governador rui Costa apoiará essa governo desastroso que ai se encontra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *