Jabistas fiéis planejam estratégias para sabotar campanha de Cacá Colchões

Notinhas.

Cacá Colchões e Jabes Ribeiro: apoio enfático é abraço de tamanduá.

Alguns jabistas mais fiéis estão ao lado de Cacá Colchões a contragosto.

Antes do período eleitoral de 2016, Cacá, então vice-prefeito de Ilhéus, pediu a Jabes a exoneração de alguns nomes que, segundo ele, prejudicavam o governo e a sua candidatura. JR não o atendeu, mas a conversa vazou e todos que tiveram suas cabeças colocadas a prêmio ficaram sabendo.

Os jabistas mais fiéis sabem que não serão prestigiados num eventual governo de Cacá Colchões, por isso, planejam sabotá-lo na próxima campanha. A fogueira discreta do fogo amigo está acesa.

O primeiro passo é asfixiar a campanha por meio da falta de recursos. O segundo é vincular cada vez mais Cacá a Jabes, com a certeza de que a imagem desgastada de um impede o crescimento do outro. Vale lembrar que em 2016, a participação de Jabes em vídeos ratificando apoio a Cacá prejudicou a campanha.

As entrevistas seguidas e recentes de Jabes Ribeiro à Rádio Santa Cruz e ao amigo Vila Nova, ocasiões em que defende Cacá com muito entusiasmo, se enquadram dentro das estratégias.



One response to “Jabistas fiéis planejam estratégias para sabotar campanha de Cacá Colchões

  1. Todos já estão cansados de saber que para eleger-se prefeito em Ilhéus com o apoio dos donos do PP, os jababacas, o Cacá terá que passar uma procuração dando amplos e irrestritos poderes aos jababacas inclusive já fazendo um prévio inventário e doação integral intervivos de todos os poderes aos donos do PP. Sob o PP o Cacá jamais governara Ilhéus com seus próprios projetos e metodologias, diga-se, desenvolvimentistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *